10 Atores que já fizeram parte tanto da Marvel quanto da DC (e muitos nem lembravam)

Nos últimos anos, os filmes e séries de super-heróis vêm se tornando cada vez mais populares, tomando as salas de todos os cinemas, além dos serviços de streaming. A responsabilidade disso, em grande parte, é das rivais Marvel e DC. Ambas as empresas começaram nos quadrinhos e, desde então, disputam a atenção dos fãs do segmento. Alguns atores conseguiram atuar tanto em uma empresa como na outra, muitos com papéis de destaque que vão ficar para sempre no imaginário dos fãs.

O Incrível.club preparou uma lista de atores que tiveram a oportunidade de trabalhar tanto no universo da Marvel como na DC, embora muitos não soubessem. Confira abaixo!

1. Michelle Pfeiffer em Homem-Formiga e a VespaBatman: O Retorno

Michelle Pfeiffer marcou presença nos dois universos de super-heróis. Primeiro, ela interpretou a Mulher-Gato em Batman: O Retorno, filme dirigido por Tim Burtom em 1992. A Mulher-Gato de Pfeiffer é Selina Kyle, uma das mais populares nos quadrinhos da DC. A personagem não é considerada nem vilã nem heroína; ela caminha entre essas duas vertentes em suas histórias.

Mais de 20 anos depois, Michelle voltou a brilhar em um filme de super-herói, dessa vez na Marvel em Homem-Formiga e a Vespa. No segundo filme dessa franquia, ela interpreta Janet van Dyne.

2. Tom Hardy em Venom e Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge

Tom Hardy começou no mundo dos heróis no papel de vilão em Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge. O ator encarnou Bane, personagem que faz Bruce Wayne voltar ao manto do Homem-Morcego. Para viver o vilão, Hardy precisou malhar muito: “Provavelmente provoquei muitos danos no meu corpo. Eu sou pequeno! Se continuar ganhando peso, entrarei em colapso como um castelo de cartas sob muita pressão”, disse.

Já na Marvel o ator conquistou o papel principal, desta vez como o anti-herói Venom. O simbionte se hospeda no corpo de Eddie Brock, repórter do jornal “O Clarim Diário”, que possui uma certa desavença com Peter Parker (Homem-Aranha). O primeiro filme foi lançado em 2018 enquanto o segundo ganhou as salas de cinema brasileiras em 2021, conquistando o topo da bilheteria nacional por algumas semanas.

3. Zazie Beetz em Deadpool 2 e Coringa

Zazie Beetz trabalhou na Marvel e na DC em datas muito próximas. Primeiro ela atuou em Deadpool 2, em 2018, como Dominó. A personagem é uma mutante e faz parte da X-Force, trabalhando com Wade Wilson, o Deadpool (Ryan Reynolds). Em seguida, em 2019, Zazie emplacou um sucesso de bilheteria, em Coringa, longa no qual interpretou a vizinha de Arthur Fletcher (Joaquin Phoenix), Sophie Dumond. A personagem é muito importante para entendermos o que se passa na cabeça do Coringa.

4. Jared Leto em Morbius e Esquadrão Suicida

Jared Leto é conhecido por liderar a banda 30 Seconds to Mars e também pelas atuações impecáveis em que se entrega totalmente ao personagem, muitas das vezes precisando fazer transformações gigantescas em seu corpo. Por isso, quando foi escolhido para viver Coringa em Esquadrão Suicida muitos fãs ficaram animados. Mas depois que o filme estreou, o público não ficou muito satisfeito com a sua participação, já que ele teve pouco tempo de tela.

Já em Morbius, Leto continua na linha vilão, mas dessa vez como o anti-herói Dr. Michael Morbius, um bioquímico que vira um vampiro depois de um experimento que visava à cura de uma doença sanguínea. Morbius é mais um personagem antagonista de Homem-Aranha.

5. Willem Dafoe em Homem-Aranha e Aquaman

Muitas versões de Homem-Aranha foram desenvolvidas pela Marvel, mas, da primeira, a gente nunca esquece. O vilão do primeiro filme foi o clássico Duende Verde, interpretado por Willem Dafoe. Quando não está com seu uniforme de vilão, o personagem é Norman Osborn, fundador da Oscorp.

Em Aquaman, da DC, Willem Dafoe interpreta um personagem secundário, mas que tem uma relação muito importante com o protagonista, Arthur. Vulko, personagem de Dafoe é quem treina Aquaman e o ensina sobre a vida no oceano. Para viver esse personagem o ator precisou ser rejuvenescido com efeitos especiais, já que algumas cenas são verdadeiros flashbacks.

6. Michael Rooker em Guardiões da Galáxia e O Esquadrão Suicida

Na Marvel, Michael Rooker participou de Guardiões da Galáxia interpretando Yondu Udonta, um ladrão intergaláctico e pai adotivo de Peter Quill, personagem de Chris Pratt. O ator esteve presente nos dois primeiros filmes da saga, além de ter dublado o personagem na série da Disney+ What If...?, de 2021.

Na DC, Rooker participou do filme O Esquadrão Suicida. O personagem é o alter ego de Brian Durlin, Savant, e apesar de ter sido um dos destaques na divulgação, não teve muito tempo de tela.

7. Idris Elba em Thor O Esquadrão Suicida 2

Idris Elba foi outro ator que primeiro atuou na Marvel e depois migrou para a DC, nesse caso sob a direção de Michael Hooker. Pela Marvel, Elba trabalhou em ThorVingadores: Guerra Infinita, interpretando o papel de Heimdall, protetor de Asgard e melhor amigo de Thor (Chris Hemsworth). No primeiro filme o ator teve poucas cenas, assim como em Vingadores. Mas em Thor: Ragnarok conseguiu um maior destaque.

No filme O Esquadrão Suicida, Idris interpreta Sanguinário, um vilão que possui uma história com o Super-Homem — embora isso não seja abordado no filme. O diretor do longa, James Gunn, escondeu a identidade do personagem de Elba durante toda a produção para que nenhuma informação viesse à tona; para ele, o papel era um dos mais importantes. Por isso tanto cuidado.

8. Halle Berry em X-Men e Mulher-Gato

Halle Berry esteve presente na primeira formação de X-Men para os cinemas. A atriz interpretou Tempestade, uma das mutantes mais poderosas, capaz de controlar o clima e a atmosfera. A atriz esteve presente em quatro filmes da saga.

Entre idas e vindas com seu personagem da Marvel, Berry interpretou a Mulher-Gato para a DC, em um filme solo. A personagem é considerada uma anti-heroína, já que mistura atitudes consideradas ilícitas com alguns acertos em prol de Gotham City. Todavia, Mulher-Gato não rendeu bons frutos, já que foi considerado um fracasso pela crítica e pelos fãs de quadrinhos.

9. Ben Affleck em Demolidor e Batman vs Superman

Ben Affleck começou no mundo dos heróis em Demolidor — O Homem Sem Medo, interpretando o papel principal. No filme, Affleck é o advogado Matt Murdock durante o dia e, à noite, é Demolidor, combatente do crime. O longa foi lançado em 2003 e não se saiu muito bem nas bilheterias mundiais. Além disso, o ator também não ficou muito satisfeito com o produto final.

Anos depois, Affleck teve a oportunidade de interpretar um outro herói, dessa vez na rival da Marvel, a DC. O ator obteve o papel de Batman e foi bastante criticado pelos fãs do super-herói, que não achavam que se encaixava no personagem. Todavia, sua estreia em Batman vs Superman fez sucesso nas bilheterias e conseguiu mudar o pensamento de alguns seguidores do Homem-Morcego.

10. J.K. Simmons em Homem-Aranha e Liga da Justiça


J.K. Simmons começou no mundo dos heróis em Homem-Aranha, em 2002. O ator era J. Jonah Jameson, chefe do Clarim Diário, ou seja, de Peter Parker. Na trama, ele vive brigando com o garoto e além do mais, detesta o Homem-Aranha, fazendo de tudo para que o herói seja criticado pelo jornal. A sequência com Tobey Maguire acabou em 2007, no terceiro filme. Tempos depois, outro ator que vestiu muito bem o manto do “teioso” foi o genial Tom Holland, no filme Homem-Aranha: Longe de Casa, já em 2019. E para a surpresa dos fãs, J.K. Simmons assumiu mais uma vez o papel de Jonah, causando comoção nos seguidores da saga.

Já na DC, Simmons apareceu como o Comissário Gordon, em Liga da Justiça. O homem é um dos aliados de Batman na defesa de Gotham City. Para se preparar para o papel, Simmons leu muitos quadrinhos e preferiu não se basear em interpretações passadas do personagem feitas por outros atores.

DC e Marvel podem até ser rivais, mas nos rendem ótimas interpretações de nossos personagens favoritos. Na sua opinião, qual deles é o melhor? E você é mais fã da Marvel ou da DC? Conte para nós na seção de comentários!

Compartilhar este artigo