Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Como eram as primeiras versões de objetos hoje comuns

A tecnologia vem se desenvolvendo rapidamente nas últimas décadas, e quando observamos protótipos ou versões iniciais de alguns objetos atualmente cotidianos, podemos até mesmo nem acreditar no que veem nossos olhos. São artigos que podem até parecer pouco sofisticados, engraçados ou mesmo incômodos, mas que foram importantes para preparar o terreno para as tecnologias do futuro.

O Incrível.club selecionou algumas imagens raras de produtos lançados há muito tempo, comparando-os com suas versões atuais.

12. Roupa de banho

Ainda que antigos afrescos mostrem mulheres em casas de banho gregas e romanas usando peças que lembram os biquínis atuais, as damas dos séculos 18 e 19 na Inglaterra usavam trajes até o tornozelo e meias para nadar. O costume era imposto pela castidade e para manter a pele branca.

Hoje em dia, os trajes de banho não apenas são bem menores, mas também funcionais. Em 2006, o estilista norte-americano Andrew Schneider lançou um biquíni solar com bateria integrada.

Segundo o criador, a peça pode carregar o celular da usuária após ela nadar.

11. Mouse de computador

O primeiro mouse de computador foi inventado por Douglas Engelbart durante a década de 1960, sendo batizado como "Indicador de posição X-Y para um sistema de visualização". O mouse era retangular e feio em madeira. Já o mouse atual para jogos, como o R.A.T.7, é construído em uma base de metal, conectado por USB e possui design perfeito para se adaptar à mão do usuário.

10. Carrinho de bebê

O primeiro carrinho de bebê surgiu em 1733, inventado pelo britânico William Kent. O objeto foi criado para ser puxado por uma cabra, cachorro ou pônei. No século 19, Charles Burton criou o primeiro carrinho com um design de três rodas, chamado "Perambulator". Rapidamente, tais objetos viraram artigos de luxo, com muitos enfeites da moda, feitos sob medida para aristocratas ricos.

9. Aspirador de pó

Um dos primeiros aspiradores, lançado pelo engenheiro britânico Hubert Cecil Booth em 1901, se chamava "Puffing Billy". Era movido por um motor a óleo e precisava ser transportado com a ajuda de cavalos. Em 1906, a Siemens começou a vender suas chamadas bombas de eliminação de poeira, que possuíam motor de um cavalo de força e pesavam 300 quilos.

Os aspiradores atuais funcionam como robôs limpadores, controlados por aplicativos instalados em smartphones.

8. Óculos de realidade virtual

O protótipo dos óculos de realidade virtual atuais foi feito em 1963 por Hugo Gernsback, de Luxemburgo. Os "teleyeglasses" pesavam cerca de 140 gramas e foram construídos em volta de pequenos tubos de raios catódicos que funcionavam com corrente de baixa voltagem de pequenas baterias. Os óculos tinham uma tela separada para cada olho e podiam mostrar imagens estereoscópicas. Infelizmente, o invento nunca chegou a ser produzindo em larga escala.

7. Robôs

Ainda que o brinquedo Robert the Robot não tenha sido o primeiro robô de brinquedo do mundo, foi o primeiro a conhecer a fama. Ele tinha um controle remoto que funcionava por cabo, falava e acendia os olhos. Tudo isso já em 1950.

Hoje em dia, os colecionadores estão dispostos a pagar até 1.200 dólares por um clássico do Robert the Robot.

6. Motocicletas

No século 19, cientistas e inventores perceberam que duas das criações recentes, bicicletas e máquinas a vapor, poderiam ser combinadas. Em 1867, o norte-americano Sylvester Howard Roper inventou um velocípede de dois cilindros impulsionado por vapor. Mais tarde, em 1885, a máquina a vapor foi substituída pelo motor a gasolina. Hoje em dia, mais de 200 milhões de motos são usadas em todo o mundo.

5. Microfones

O microfone da imagem à esquerda foi inventado pelo inventor alemão naturalizado americano Emile Berliner em 1876, que usou um transmissor de voz telefônico. O artefato era composto por dois contatos elétricos separados por uma camada fina de carbono. Ele foi conectado a um diafragma que vibrou quando foi atingido por uma onda sonora. Os microfones de carbono similares aos usados atualmente surgiram em 1878 e foram aperfeiçoados em 1920.

4. Aviões

O brasileiro Santos Dummont, considerado pai da aviação, realizou inúmeros testes no final do século XIX antes que conseguisse voar por 60 metros com o 14 Bis em 1906, em Paris. Ao mesmo tempo em que Dummont testava suas máquinas voadoras, vários inventores faziam o mesmo pelo mundo afora, como os irmãos Wright, nos Estados Unidos. O dispositivo na imagem é uma multilinha, introduzida por Horatio Phillips em 1907. Era seu terceiro e último multiplano, que tinha 200 asas separadas. Nessa máquina, Phillips realizou um voo a motor, não controlado, percorrendo 152 metros aproximadamente.

3. Skype

Atualmente, boa parte das pessoas usa o Skype para fazer videochamadas sem gastar muito. O estabelecimento de conexões entre telefone e televisão foi amplamente investido pela Bell Labs. O Picturephone estreou causando grande alvoroço durante a Feira Mundial de Nova York em 1956.

Visitantes selecionados podiam fazer chamadas com voz e vídeo de um stand a outro, e até se comunicar com um posto parecido instalado na Disneylândia.

11. Kindle, leitor de livros digitais

Surpreendentemente, o protótipo do Kindle foi desenvolvido já em 1922 pelo almirante norte-americano Bradley Fiske. A máquina de leitura "Fiske" era equipada com uma pequena lente e uma espécie de rolo que podia conter cartões com mais de 100 mil palavras. O dispositivo tinha o propósito de diminuir os custos de fabricação de livros, só que não fez nenhum sucesso no mercado.

12. Câmera

A maior câmera do mundo, que pode ser vista na imagem acima, foi construída em 1900. Pesava aproximadamente 408 quilos e exigia o esforço de 15 homens para ser colocada num automóvel. Esta câmera produziu as maiores imagens da época. Ela foi projetada para clicar um trem igualmente grande.

Hoje em dia, os pesquisadores vêm se esforçando para transferir qualquer superfície numa câmera de alta resolução. Por exemplo, cientistas da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, estão explorando a ideia da imagem usando uma lâmina fina, grande e flexível.

Ficou surpreso com alguma das comparações acima? Conhece outros elementos que poderiam entrar na lista? Deixe seu comentário!