Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Segredos escondidos por trás de simples copos de leite nos filmes (e que podem dizer mais do que imaginamos)

421-
12k

Nos bons filmes, aqueles pensados do começo ao fim, todo detalhe tem o seu significado. Por exemplo, os diretores costumam incorporar bebidas diferentes às suas obras para exibir algumas características marcantes dos personagens, mas que não são tão evidentes. Por exemplo, para enfatizar a brutalidade, usa-se um copo de uísque ou de outra bebida forte. No entanto, existem vários filmes que mostram personagens bebendo leite. Nesse caso específico, há até um termo, o chamado “o efeito do leite”, usado para designar um truque psicológico dos diretores para intrigar espectadores, ou dar uma dica para juntar todas as peças do caráter versátil de um personagem.

Nós, do Incrível.club, desvendamos os significados ocultos do leite em nossos filmes favoritos, para que você nunca deixe esse detalhe passar despercebido. Acompanhe!

1. Um adulto bebendo leite tende a ter alma inocente

Um dos personagens mais inesquecíveis e que adora leite é o assassino Léon, no filme de mesmo nome, do diretor Luc Besson. Há uma certa dissonância entre um assassino profissional e o seu costume de tomar leite, pois essa bebida nos lembra a infância e remete à pureza humana. Porém, essa é uma pista escondida: o protagonista ainda se sente uma criança, que tem uma alma brilhante escondida por trás de uma aparência severa.

2. Um vilão bebendo leite gosta de expor seu poder

Mais um assassino cinematográfico que prefere tomar leite é o cruel Anton Chigurh, em Onde os Fracos Não Têm Vez. O personagem não aparenta ser atraente ao espectador: ele invade a casa da sua vítima, pega uma garrafa de leite na geladeira sem pedir licença e bebe tudo enquanto está sentado no sofá. Essa cena foi elaborada para criar um ambiente ameaçador, uma vez que o leite simboliza o conforto do lar, enquanto o comportamento invasivo e agressivo do protagonista para com o domicílio da outra pessoa faz do assassino um dominador da vida da vítima. Nesse caso, o leite representa o caráter cínico e poderoso do vilão.

Outro exemplo marcante é o violento mineiro Daniel Plainview, em Sangue Negro. No final do filme, logo antes de matar o pastor Eli Sunday, ele grita: “Eu vou beber o seu milkshake! Eu vou beber tudo!” Obviamente, a cena não é sobre a bebida, mas o poder de Plainview, que despreza a sua vítima.

3. O leite pode simbolizar a destruição dos valores morais

Em Bastardos Inglórios, do diretor Quentin Tarantino, um fazendeiro francês oferece uma taça de vinho ao coronel nazista (papel interpretado por Christoph Waltz). Mas, em seguida, o vilão pede um copo de leite e bebe tudo de uma vez. Através da linguagem cinematográfica, se manifesta o poder do personagem, que acaba com certos costumes. O ato de beber leite representa a força do vilão vencendo a bondade e a pureza humana.

Em Mad Max: Estrada da Fúria, há uma cena controversa de coleta de leite materno de mulheres escravizadas. Os guerreiros bebem o leite para ficarem fortes e saudáveis por mais tempo. É bastante provocativo, já que no mundo moderno existe um tabu no que se refere a um adulto beber leite materno. Assim, o diretor ressalta a essência do mundo pós-apocalíptico imaginário, que parece totalmente diferente da vida real.

4. Apresentando um vilão bebendo leite como uma pessoa pura e inocente, o diretor pretende enganar o espectador

Vários diretores usaram o leite como um símbolo de pureza e segurança para criar um efeito controverso. Por exemplo, no filme Corra!, a vilã principal, Rose, é uma garota linda que costuma vestir um suéter branco e beber leite, uma bebida “benéfica” contrastando com seu caráter.

Por sua vez, o mestre de suspense Alfred Hitchcock, no seu filme Suspeita, fez os espectadores acreditarem que o protagonista envenenou o leite da sua esposa para adquirir a herança dela. Esse truque é realmente engenhoso: apenas um vilão ousado poderia envenenar uma bebida tão saudável. A cena fez do leite uma arma ameaçadora, embora não houvesse nenhum veneno na bebida.

5. O leite tem relação direta com a idade do personagem

Usar o leite para enfatizar a juventude e a imaturidade do personagem é o truque mais óbvio. Se o diretor quiser mostrar um personagem que aparenta “ainda não ter sido desmamado”, é fácil adivinhar qual bebida aparecerá na cena.

Em Juventude Transviada, um adolescente, interpretado por James Dean, fica bêbado, e no dia seguinte toma uma garrafa inteira de leite diretamente do gargalo, o que representa o conflito entre a maturidade e a juventude do personagem.

No filme Prenda-me se For Capaz, o jovem protagonista, interpretado por Leonardo DiCaprio, desfruta do seu charme para se passar por um piloto adulto. Porém, quando a aeromoça pergunta qual bebida lhe servir, ele diz “Leite” e, assim, revela a sua verdadeira idade.

Finalmente, no filme cult de Stanley Kubrick Laranja Mecânica os protagonistas adolescentes não bebem nada além do leite. Essa é a referência do diretor ao horror e caos provocados pelos jovens.

E você, costuma prestar atenção na comida e bebida dos personagens nos filmes? Já se perguntou sobre os significados ocultos dos alimentos que os diretores colocam como “detalhes essenciais?”

Imagem de capa Léon / Gaumont
421-
12k