Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Lindos lugares brasileiros para você conhecer e explorar assim que possível

9-63
483

Existem muitos lugares no Brasil que são tão bonitos quanto quaisquer outros no mundo. O território brasileiro é enorme, e as belezas naturais e históricas do país parecem ter saído de um conto de fadas. Por vezes, acabamos ignorando esses pontos turísticos nacionais e pensamos que uma viagem internacional será mais proveitosa e divertida.

Mas saiba que não é bem assim e por isso nós, do Incrível.club, separamos 10 lugares do Sul do Brasil que você precisa conhecer assim que possível. Confira!

1. Florianópolis

Florianópolis é uma pequena ilha localizada em Santa Catarina e conta com diversas praias espalhadas por todo seu território. Apesar de pequena, a cidade pode ser uma verdadeira caixinha de surpresas, com uma vasta carga cultural, influência europeia e comidas típicas à base de frutos-do-mar.

Originalmente dominada por portugueses — mais especificamente da região dos Açores —, a ilha catarinense possui arquitetura típica de Portugal em diversos pontos e ganhou notoriedade por suas belezas naturais, trilhas e dialeto tradicional, chamado de “manezês”.

Seus fortes, mirantes e museus são ótimas opções para quem deseja descobrir um pouco mais sobre a história do Brasil. O Palácio Cruz e Sousa, no centro da cidade, virou o principal museu da história do estado, com aposentos que relembram o estilo de vida colonial de 1800.

Para quem procura apreciar a culinária local, o Mercado Público oferece pratos como ostra gratinada, berbigão e a mais típica das comidas, disponível apenas no inverno, a tainha assada. Outras partes da ilha, como Coqueiros, possuem uma rota gastronômica com diversas opções de restaurantes e bares para todos os gostos.

Já para quem está em busca de lazer e diversão, as praias e a vida noturna são bem populares, e você pode encontrar um espaço para todas as tribos. Surfe, sandboard (surfe na areia), trilhas e até mesmo experiências de pesca podem ser praticados nas praias.

A Avenida das Rendeiras e a Lagoa da Conceição são os melhores pontos para aproveitar a noite da cidade, com bares, restaurantes e baladas espalhados pelos bairros.

2. Blumenau

Colonizada por Alemães em 1850, Blumenau era uma região habitada por tribos indígenas e algumas partes do município localizado em Santa Catarina ainda carregam traços dessa história. Com arquitetura tipicamente alemã, a cidade abriga um dos maiores eventos do Brasil, a Oktoberfest.

Mais indicada para famílias, Blumenau conta com diversos parques, restaurantes e passeios para todas as idades.

Uma das primeiras paradas que devem ser feitas na cidade é a Vila Germânica. Com um belo portal de entrada, é um pequeno pedaço perdido da Alemanha, com restaurantes, lojinhas e decorações típicas do país. O espaço também conta com um pouco da história do local e de como ela se tornou referência na Oktoberfest. A Vila Germânica é, inclusive, o principal ponto onde a festa ocorre todo ano.

Para quem deseja fazer um belo passeio em família e até mesmo um piquenique, o Parque Ramiro Ruediger é o lugar indicado. Ele pode ser usado para esportes, caminhadas e descanso após um dia intenso de caminhadas.

Outras atrações, como o Cemitério de Gatos, o Relógio das Flores e o Museu Otto Blumenau, também são indicadas para visita no município catarinense.

3. Pomerode

Considerada uma pequena Alemanha no meio do Brasil, Pomerode recebeu o título de cidade mais alemã do Brasil e impressiona até mesmo pessoas do continente europeu por sua arquitetura e preservação cultural.

O município tem grandes iniciativas para preservar os traços culturais herdados dos colonizadores e o alemão é o principal idioma local.

Com um belo roteiro para famílias, Pomerode conta com passeios, um zoológico e um roteiro gastronômico para quem deseja conhecer a Alemanha sem sair do país.

Começando pela Casa do Imigrante, turistas podem conhecer um pouco mais da história da cidade, sua fundação e lutas para preservação da cultura germânica. Outras construções, como a Casa do Escultor, a Rota do Enxaimel, o Museu do Marceneiro e o Pomerano, continuam a mostrar o trajeto dos colonizadores e contam com móveis, decorações e artefatos típicos do período.

O zoológico de Pomerode é um dos pontos principais da cidade, e o terceiro mais antigo do Brasil. Aberto em 1932, o espaço é composto por mais de 1,3 mil animais, de 250 espécies. Zelando pela preservação ambiental, mantém 20 espécies ameaçadas de extinção e promove, com frequência, eventos de conscientização do meio ambiente.

Outro lugar para quem está visitando em família é a Vila Encantada, parque temático dividido em vilas. O espaço conta com esculturas de dinossauros, insetos e outros bichinhos, com placas explicativas sobre suas histórias e origens. Algumas partes contam com fósseis reais de dinossauros, uma verdadeira aventura para quem deseja aprender um pouco mais sobre evolução.

Por fim, a comida típica não deve ser deixada de lado. São diversas opções de restaurantes, além de choperias e bares para complementar a experiência.

4. Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é amplamente conhecida por suas belezas naturais. Localizada no Paraná, a cidade atrai uma grande parcela de turistas estrangeiros, justamente por abrigar a terceira maior queda d’água do mundo. Além disso, faz fronteira com a Argentina e com o Paraguai, perfeito para quem deseja emendar e fazer uma viagem internacional.

O primeiro e mais conhecido ponto da cidade são suas mundialmente famosas cataratas. Com 82 metros de altura, estão entre as 7 maravilhas naturais do mundo e fazem parte do território brasileiro e argentino. Com mirantes para registros, pode-se chegar perto das quedas de água com passeios de barco pelo rio Iguaçu.

Outro atrativo que demonstra toda a beleza natural do município é o Parque das Aves. A instituição cria, preserva e resgata aves da Mata Atlântica e disponibiliza viveiros imersivos para contato direto com elas. Junto ao espaço existe a possibilidade de vivenciar uma verdadeira celebração indígena com comida, dança e cerimoniais.

Para completar o roteiro em Foz do Iguaçu, não se pode deixar de lado uma passadinha na Usina de Itaipu. Lá é possível conhecer o Refúgio Biológico e o Ecomuseu. O primeiro é uma unidade que realoca animais selvagens que perderam seu habitat com a construção da hidrelétrica, enquanto o segundo recria a história da cidade até o momento da construção da usina.

Outros locais, como o Porto de Canoas e o Polo Astronômico, também valem a visita.

5. Ilha do Mel

Localizada no litoral do Paraná, a Ilha do Mel é um tesouro brasileiro focado no turismo de praias. O território é preservado da presença humana e apenas 10% dele possui algum tipo de intervenção. Para chegar até lá, é necessário embarcar por Paranaguá ou Pontal do Sul, sendo uma ótima escolha para quem está passando por essas cidades e deseja explorar outros lugares.

A Ilha do Mel é uma opção para quem deseja se reconectar com a natureza. A única estrada da região leva até o farol, de onde podem ser observadas belas paisagens. A forma de locomoção na ilha é limitada a barcos e bicicletas para acessar suas partes mais distantes.

Existem algumas vilas na Ilha do Mel, dentre elas, a Nova Brasília e Encantadas. A primeira é indicada para quem deseja ir até o Farol, enquanto a segunda é mais propícia para quem quer conhecer a Gruta das Encantadas. Trata-se de uma formação natural de rochas negras. Para chegar ali é necessário fazer uma trilha, porém as visitas são permitidas apenas durante períodos de maré baixa.

6. Nova Veneza

Nova Veneza parece ter saído diretamente de uma cidade italiana. Situada no interior de Santa Catarina, próximo à Criciúma, foi fundada por colonos vindos da Itália em 1891, e trabalha todos os dias para resgatar a cultura de seus antepassados. A gastronomia é o destaque do charmoso município, bem como sua arquitetura e o ar romântico que paira no ar.

O centro de Nova Veneza é o que chama a atenção de quem chega. A praça principal é local da mais importante atração turística da cidade: a gondola veneziana. Ela veio diretamente de Veneza e qualquer pessoa pode passear nela. Ao final da visita, quem estiver com seu passaporte pode receber um carimbo de Nova Veneza.

Ainda na praça, há uma série de restaurantes, uma sorveteria tipicamente italiana, lojinhas de roupas e produtos coloniais.

Para quem prefere explorar além da região central, é possível conhecer as belezas naturais do município ao visitar o Santuário Ecológico Aguaí. Ideal para toda a família, o espaço conta com trilhas mais leves, parque infantil e passeios de barco e pedalinho.

Outro ponto de interesse é a Reserva São Francisco. Aqui ocorre a preservação da Mata Atlântica e por vezes são avistados animais selvagens como o graxaim-do-campo, o macaco-prego e o puma.

Para quem estiver em Nova Veneza durante junho, a cidade promove o Carnaval de Venezia, uma festa de máscaras ao estilo veneziano e que acontece junto a um festival gastronômico.

7. Balneário Camboriú

A cidade de Balneário Camboriú é nacionalmente conhecida por suas praias e construções de alto luxo. Localizada no litoral do estado de Santa Catarina, tem bares, restaurantes e lojas ao longo da avenida principal, junto à praia. Por ser turística, está cheia de atrações para todos de gostos e oferece uma série de atividades, seja para quem deseja curtir momentos mais agitados ou apenas apreciar um bom dia em família.

A principal atração de Balneário é a Praia Central, que recebe mais turistas em épocas movimentadas. Ela está conectada à Avenida Atlântica, onde o comércio e o tráfego de pessoas são imensos. Há ainda outras praias que podem ser acessadas pelo caminho chamado Inter-praias.

Outro ponto de interesse que vale a visita é o Oceanic Aquarium. Trata-se de um dos maiores aquários de Santa Catarina e conta com mais de 100 espécies de animais marinhos do mundo todo. O local também trabalha com a recuperação de animais feridos e resgatados. Recentemente, durante circunstâncias especiais, deixou um grupo de pinguins passear pelos corredores do espaço.

Mais um lugar que deve estar na lista de coisas a se fazer em Balneário Camboriú é o Parque Unipraias. Com uma incrível subida de 240 metros de bondinho, viajantes observam de cima as belezas naturais da Mata Atlântica e podem chegar a outras lindas praias.

8. Itajaí

Também localizada em Santa Catarina, Itajaí entra para o time de cidades com influência portuguesa. Famosa por suas praias, portos e arquitetura, possui ainda uma das maiores festas da região catarinense: a Marejada.

A visita até o município é muito indicada para quem gosta de praia e paisagens naturais e planejá-la de acordo com a principal festividade é a melhor forma de aproveitar tudo que a região tem a oferecer.

É quase impossível visitar Itajaí e não dar uma passadinha em suas praias. Entre as melhores, estão a Brava — indicada para prática de surfe -, a Atalaia e a Jeremias. Nessa última pode-se conferir uma formação natural de rochas negras, chamada de Bico do Papagaio.

Para quem gosta de observar embarcações, não se pode deixar de lado o Píer Turístico e o Porto de Itajaí. O primeiro é o único terminal exclusivo para transatlânticos do Brasil, e o único na região Sul com alfândega, enquanto o segundo é o maior porto pesqueiro nacional, com quatro berços de atracação de navios.

Por último, para quem deseja aproveitar a comida típica da cidade, o Mercado Público abriga restaurantes com culinária portuguesa e frutos-do-mar. Tem também a famosa Marejada, a maior festa de pescados do Brasil. O evento, que é realizado no Centreventos Itajaí e se realiza no mês de outubro, é aberto para todas as idades e conta com concursos gastronômicos, apresentações culturais e parque de diversão.

9. Curitiba

Capital do Paraná, Curitiba é conhecida como a “Cidade Planejada”. Muito verde, é possível encontrar parques e atrações turísticas por quase todos os seus cantos. Seu crescimento está bem ligado à forte onda imigratória do século XIX e pode-se observar esse traço por toda a sua extensão. Festas cívicas e religiosas de diversas etnias, dança, música, culinária e monumentos expressam a memória dos antepassados vindos do Japão, Alemanha, Itália e Holanda.

A cidade engloba uma grande variedade de lugares e é uma viagem que deve ser bem planejada antes. Você pode passar o tempo todo conhecendo áreas verdes, como a Praça do Japão, o Passeio Público ou o Tingui. São muitas opções, mas uma que não pode deixar de ser visitada é o cartão postal local: o Jardim Botânico. Famoso por suas estufas com diversas espécies de plantas do Brasil e do mundo, é um dos maiores parques da região. Na entrada é possível brincar no labirinto de cercas vivas e suas colinas são perfeitas para um piquenique em família.

Museus também são parte importante da capital paranaense e um dos mais importantes é o Oscar Niemeyer. Além de ser o maior de arte de América Latina, o espaço foi projetado pelo próprio Oscar Niemeyer e conta com uma parte dedicada ao arquiteto. O acervo tem mais de 7 mil obras de artistas como Tarsila do Amaral, Cândido Portinari e Andy Warhol. O local também recebe trabalhos itinerantes, e em 2014 foi palco de uma exposição sobre a vida de Frida Kahlo.

Curitiba também é famosa por seus shoppings e, caso o clima não esteja bom, dar uma passada neles pode ser enriquecedor. O Estação, por exemplo, foi construído em uma antiga estação ferroviária e conta com uma exposição sobre o assunto. Por lá pode-se aprender um pouco mais sobre locomotivas, equipamentos e tecnologias da época. Em alguns dias dá até mesmo para “dar uma volta” no trem e obter a experiência completa de outrora.

10. Penha

Penha é uma pequena cidade situada em Santa Catarina, mais conhecida por abrigar o famoso Beto Carrero World, um dos maiores parques de diversões da América Latina. Mas ela possui outros pontos turísticos interessantes e que podem complementar a experiência do viajante.

O município é repleto de belezas naturais esquecidas e quem está passando por lá deve parar para conhecer alguma de suas muitas praias, com destaque para a Alegre, da Saudade, do Quilombo e da Fortaleza.

Para os turistas que desejam algo diferente de praias, o Museu Oceanográfico Univali têm em seu acervo a maior coleção de tubarões, raias do mundo e de tartarugas-marinhas da América do Sul. São quase 10 mil espécies da vida marinha, além da maior coleção de conchas do Brasil. Isso faz do local o maior museu oceanográfico da América Latina, com milhares de informações sobre o assunto.

Por último, é claro que a maior atração da cidade não poderia ficar de fora. O Beto Carrero é um fenômeno catarinense e visitar o parque é uma experiência incrível. São duas montanhas russas com renome internacional, além da Big Tower, uma das maiores torres radicais do mundo. Com opções para todos os públicos, pessoas de todas as idades e preferências, o Beto Carrero é uma ótima viagem para apreciar em família, amigos e outros grupos.

Viajar é sempre uma delícia e conhecer as maravilhas da região Sul pode tornar as férias mais proveitosas. Comente aqui conosco qual desses lugares você já conheceu ou tem vontade ou se ficou algum de fora da lista!

9-63
483