Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Coisas que acontecem nos filmes, mas que quase nunca veremos na vida real

Muitas coisas aparentemente normais que acontecem em filmes e séries raramente ocorreriam na vida real. São cenas mostradas frequentemente no cinema e que, pouco a pouco, param de nos surpreender. No entanto, quando as comparamos com a nossa vida real, percebemos que elas não têm nada de verossímil. É como se a ficção tivesse o poder de despertar em nós um “novo normal”.

Hoje, o Incrível.club vai mostrar como algumas cenas que vemos no cinema não se parecem em nada com a forma como a maioria de nós se comporta.

1. Casos de polícia são resolvidos em tempo recorde

Em muitos filmes, os protagonistas conseguem resolver investigações criminais rápida e facilmente. Tudo sempre é decifrado sem grandes problemas e as pessoas sempre têm uma resposta para os maiores mistérios. No entanto, na realidade, os casos de polícia passam por longos e entediantes processos antes de chegarem a uma resolução.

2. A imagem vista com binóculo é nítida demais

Nos filmes, as imagens que as pessoas veem com binóculos são sempre muito nítidas, diferentemente do que acontece na vida real, em que a imagem sempre parece um pouco distorcida e distante da representação real.

3. A imagem das câmeras de segurança é sempre de boa qualidade

Em alguns filmes e séries, as câmeras de segurança parecem captar os mínimos detalhes e esse é outro aspecto que não corresponde à realidade. Na vida real, as gravações das câmeras de segurança de lojas e prédios têm uma imagem muito mais pixelada e menos definida.

4. As fechaduras abrem facilmente com um grampo

Talvez você já tenha visto alguém abrir uma porta com um grampo ou com algum outro pequeno objeto, mas o processo não é tão fácil quanto parece. Nos filmes, as pessoas abrem portas em poucos segundos, o que raramente acontece quando esquecemos a chave em algum lugar.

5. Os hackers sempre estão na escuridão

Nos filmes, os especialistas em TI e, sobretudo, os hackers costumam trabalhar no escuro e quase sempre parecem se esconder de alguém. A realidade é bastante diferente. Poucas pessoas gostam de trabalhar muitas horas em um ambiente escuro, principalmente porque a vista fica muito cansada.

6. A casa está sempre perfeitamente arrumada

É muito comum que as casas em filmes e séries estejam sempre perfeitamente limpas e arrumadas, apesar da falta de tempo dos pais e da presença de crianças. Na vida real e, sobretudo para famílias com filhos, é normal que a sala esteja desarrumada e que nem tudo esteja sempre perfeitamente limpo.

7. Os penteados e os figurinos estão sempre perfeitos no café da manhã

Você costuma sair do quarto de cabelo arrumado e sorriso no rosto? Um pouco estranho, não é mesmo? Na vida real, a maioria das pessoas toma café da manhã de pijama e com o cabelo bastante desarrumado. Nos filmes, os protagonistas costumam aparecer com um aspecto impecável no café da manhã e sem cara de sono.

8. Os jovens têm apartamentos luxuosos

A maioria dos jovens, na vida real, depende dos pais ou ganha pouco. Por isso, eles costumam viver em pequenos apartamentos, normalmente com amigos. Mas, nos filmes, a coisa é bastante diferente: os jovens raramente se preocupam com dinheiro e moram em apartamentos grandes e muito bem decorados.

9. As pessoas conversam sobre assuntos íntimos na frente de muita gente

Nos filmes em que há segredos e mistérios, os personagens costumam comentar aspectos importantes da história em lugares onde podem ser facilmente escutados. Na vida real, isso raramente acontece; as pessoas procuram lugares seguros e ao ar livre e, assim, evitam que os curiosos de plantão ouçam a conversa.

10. Os personagens quase nunca comem a comida

É bastante comum vermos mesas repletas de comida em filmes e séries. O problema é que, na maioria das vezes, elas acabam da mesma forma quando a cena termina. Na vida real acontece o oposto: assim que a comida é servida as pessoas começam a comer e conversam durante a refeição.

Você conhece outros clichês que vemos em filmes? Compartilhe nos comentários.

Compartilhar este artigo