Incrível
Incrível

Teste: você consegue identificar o peixe de cor diferente?

De acordo com uma publicação da BBC, o olho humano consegue distinguir em média um milhão de cores. Embora a percepção seja algo muito subjetivo (basta lembrar o vestido azul/preto ou branco/dourado), nunca é demais testar para saber como está nossa visão e quão desenvolvida é a nossa capacidade de distinguir tonalidades.

Por isso, o Incrível.club quer testá-lo novamente, para ver se você consegue encontrar o peixe de uma cor ligeiramente diferente. Verifique se acertou, clicando em cada imagem para ver a resposta. Prepare seus olhos, pegue seus óculos, aguce seu olhar e comece o teste...

1.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

2.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

3.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

4.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

5.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

6.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

7.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

8.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

9.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

10.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

11.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

12.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

13.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

14.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

15.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

16.

Clique na imagem para ver a resposta
Clique na imagem para ver a resposta

Você conseguiu ver todos os peixes de cor diferente? Desafie os seus amigos e compartilhe seu resultado nos comentários.

Compartilhar este artigo