Incrível

Como “adotar” um coala e duas outras alternativas para reverter seu destino rumo à extinção

----
233

Atualmente, muitas espécies de animais estão em uma situação muito crítica com perigo de desaparecer totalmente do nosso Planeta. Os coalas são um dessas espécies, mas a realidade é provavelmente um pouco mais séria para eles que para outros animais, porque os seres humanos ameaçam seu bem-estar de várias maneiras, provocando acidentes ou caçando.

A boa notícia é que todos podemos ajudar a reverter o risco de extinção desses adoráveis ​​bichinhos, e o Incrível.club quer contar como.

A situação dos coalas

A realidade dos coalas é realmente crítica. Não apenas os seres humanos ajudaram a levá-los ao risco de extinção, mas também sua natureza, que os torna propensos a certas doenças. Por isso, antes de tudo, queremos que avalie o problema que essa espécie enfrenta para se manter viva:

  • Em meados de 2019, por meio de uma declaração oficial, a Australian Koala Foundation (Fundação Australiana de Coala, na tradução livre) declarou que essa espécie está “funcionalmente extinta”, porque existem menos de 80 mil animais, um número que não consegue aumentar por si só.
  • A Austrália, país de onde são originários, construiu muitas estradas nas proximidades de seus habitats, onde ocorrem acidentes que ameaçam as vidas desses animais. Somente na Pacific Highway, em Nova Gales do Sul, mais de 50 coalas morreram entre 2014 e 2018, um número que aumenta a cada dia.
  • A clamídia, doença transmitida sexualmente, é outra ameaça enfrentada por esses marsupiais. Um coala que tem essa doença a transmite na hora do acasalamento e um espécime infectado se torna estéril e fica incapaz de se reproduzir. O assunto se torna mais sério se levarmos em consideração que, em algumas partes da Austrália, 90% dos coalas estão infectados.
  • Mais de 80% das florestas de eucalipto — a principal fonte de alimento dos coalas — na Austrália foram eliminadas. Restam apenas 20% para alimentar esses animais.
  • Os recentes incêndios florestais no país afetaram significativamente a conservação da espécie. “Essa tem sido uma situação muito trágica para os coalas. Há estimativas de que cerca de 8 mil morreram por incêndios na região de Nova Gales do Sul e cerca de 30% de seus habitats no norte do país foram afetados”, disse Chris Dickman, especialista em biodiversidade australiana da Universidade de Sydney.

Como podemos ajudar

O perigo de extinção dos coalas atraiu a atenção de muitas pessoas que desejam reverter esse problema, inclusive o governo, que embora não tenha aprovado qualquer lei para proteger essa espécie, lançou aplicativos que permitem que as pessoas registrem o local onde encontrarem um coala, para que seja protegido.

Portanto, se alguém estiver próximo desses animais, poderá usar o app, oferecer água, tanto para ajudar a espécie quanto outras, além de fazer campanha e plantar árvores, ou participar de treinamentos para se tornar voluntário, entre muitas outras coisas.

Mas o que acontece se estivermos distantes e quisermos ajudar a população dos coalas? Antes de tudo, precisamos saber que existem fundações, hospitais e organizações responsáveis ​​por proteger, ajudar e curar os coalas. Essas instituições oferecem algumas alternativas para que aqueles que moram longe consigam colaborar também.

1. Por meio de doações

Em geral, todas as organizações precisam de ajuda e da empatia das pessoas, pois grande parte de sua renda para o cuidado e a proteção dos coalas vem de doações. Se as instituições tiverem renda suficiente, mais coalas serão salvos. Abaixo, você encontra uma lista dos principais centros em que pode fazer doações. Cada um oferece opções diferentes; por exemplo, você pode dar vales-presente, doar em nome de alguém e até fazer isso em seu testamento, entre outras possibilidades.

  • WIRES (Serviço de Informações, Salvamento e Educação da Vida Selvagem): trata-se da maior organização de resgate de animais selvagens da Austrália.

  • WWF: Fundo Mundial para a Natureza, instituição presente, inclusive, aqui no Brasil e que também está ajudando no caso dos incêndios ocorridos na Austrália. Depois de controlados os focos, os integrantes da organização cuidam dos animais afetados.

  • AKF: a Australian Koala Foundation (Fundação Australiana do Coala, na tradução livre), como o nome indica, dedica-se particularmente e especialmente à preservação desses animais e é uma fundação “privada”; por isso não recebe subsídios do governo.
  • Koala Hospital: é um centro de reabilitação de animais selvagens, mas também um centro de pesquisa para melhorar a qualidade de vida dos animais na Austrália; por isso é afiliado à Universidade de Sydney, à Universidade de Tecnologia de Queensland e ao Museu Australiano.

2. “Adotando” um coala

“Adotar” um coala é provavelmente a maneira mais terna de ajudar esses marsupiais. Claro, vale a pena mencionar e esclarecer que isso não significa que você vai cuidar de um coala e levá-lo para casa, como animal de estimação. São animais muito sensíveis que não podem simplesmente mudar de ambiente sem causar repercussões. Portanto, se você decidir “adotar” um, deve saber que será apenas de maneira simbólica e que essa adoção dura um ano. Essa alternativa é oferecida pelo Koala Hospital e pela Australian Koala Foundation.

Ambas as instituições oferecem coalas de todos os tipos, desde jovens até mães com seus bebês. Além disso, antes de adotar, explicam um pouco sobre a vida do animal, de onde ele vem e se está livre ou não. Após a adoção, enviam a você um certificado de adoção impresso, informando seu nome (ou o da pessoa a quem você deseja dar de presente), mais o nome e a foto do seu coala. Os pacotes também contêm estampas de coalas, o histórico escrito do animal que você adotou e suas fotografias. Além disso, se tiver a oportunidade de viajar para a Austrália, poderá conviver com ele. Tudo o que precisa fazer é escolher o seu aqui ou aqui, fornecer suas informações, efetuar o pagamento e aguardar seu certificado.

3. Plantar uma árvore online

A Australian Koala Foundation também oferece a opção de plantar uma árvore online. Isso significa que você pagará para que algum membro da fundação plante uma árvore em seu nome. Os espécimes serão plantados em Quinlan, uma propriedade de 40 hectares que está sendo adaptada para criar o habitat ideal para os coalas.

Se você decidir plantar uma árvore, poderá optar por fazê-lo em seu nome, em memória de outra pessoa ou como presente para alguém. As 3 opções de plantio permitirão que obtenha um certificado e garanta que seu nome e/ou de quem decidir seja gravado em uma placa de aço, que ficará pendurada na parede de honra de Quinlan. Tudo o que precisa fazer é fornecer suas informações, efetuar o pagamento e aguardar a chegada do seu certificado.

Você já contribuiu, de alguma forma, para salvar vidas, espécies animais e/ou ajudou o Planeta, que está à beira da devastação? Acha que vale a pena agir? Ou sente que é uma situação distante e estranha? Compartilhe seus pensamentos nos comentários.

----
233