Incrível
Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

15+ Provas incríveis de que os animais de estimação também cuidam de seus donos

Muitos de nós nos dedicamos fielmente aos cuidados de nossos animais de estimação. Os protegemos, os alimentamos, brincamos com eles e simplesmente os amamos com todas as nossas forças. No entanto, às vezes os bichos também demonstram tanto cuidado pelo seu humano que não fica claro quem é “dono” de quem. E os pets do nosso post de hoje são mestres em tirar seus tutores de enrascadas.

Incrível.club reuniu 18 relatos de feitos incríveis de gatos, cachorros e outros animais. Confira!

  • Meu gato se chama Davey, e por algum motivo ele apenas se dá bem com cachorros de pelo curto. Um dia, seu terror por tudo que é peludo me salvou de ser sequestrada ou pior. Estava em casa de noite sem conseguir dormir — meu marido era fuzileiro naval na época e eu estava preocupada com ele. Para me distrair, decidi ir passear com o Davey. Eram 23h — um horário não muito bom para se dar um passeio, principalmente na nossa vizinhança. Em um momento percebi que estava em uma parte não muito boa da cidade, mas já era tarde demais. Um carro grande entrou em um beco e parou na minha frente, bloqueando a calçada. Então, um homem saiu, vestindo um longo casaco de pele e disse: “Entre no carro”. Respondi: “Não, obrigada”. Ele insistiu: “Agora!”, mas continuei relutante. Peguei o Davey no colo e comecei a passar a mão na barriga dele, já que ele odeia isso, na tentativa de fazê-lo rosnar e o cara se sentir ameaçado. O homem não ficou intimidado e abriu o casaco, mostrando que aquilo era a única coisa que vestia, e estendeu as mãos como se fosse me agarrar. Naquele momento, meu gato saltou dos meus braços e cravou as garras no peito do homem, abrindo cortes profundos até mais ou menos a altura da coxa. O cara saiu correndo de volta para o carro dizendo para que o motorista o levasse para o hospital. Eu saí correndo e fiquei muito grata de ter levado o Davey comigo naquela noite. © Linda Braddy / Quora

  • Minha garotinha Bella é a coisa mais fofa de todas. Ela sempre me faz sorrir com seu modo peculiar de ser. Todas as noites, sem falta, vai buscar meu pijama debaixo do travesseiro e o traz para mim. Acho que é a maneira dela dizer: “Chega de trabalho por hoje” e ganhar um carinho gostoso. E ela sempre ganha, porque é muito fofa! © Amy Fox / Quora
  • Uma vez, o meu gato Roger literalmente latiu como um cachorro para me avisar que alguém estava espreitando minha casa. Já passava da meia-noite, mas eu ainda estava acordada fazendo algumas coisas quando o notei sentado, com as orelhas em pé, olhando para a porta da frente. Ele então emitiu vários latidos curtos e altos como os de um cachorro, do tipo que eu nunca tinha ouvido vindo de um gato. Imediatamente, senti que ele estava me avisando que alguém estava lá fora, então eu disse em voz alta: “Seja você quem for, é melhor ir embora, eu vou chamar a polícia”. Então, um homem bêbado perguntou se era ali que um “cara que pega o ônibus às 6h” morava. Meu marido costuma sair para trabalhar nesse horário, mas ele estava dormindo e eu não ia acordá-lo para alguém que não sabia nem o nome. Então, reiterei: “Estou falando sério, saia daqui”. Ele resmungou e falou uns palavrões, mas foi embora. Olhei pela janela lateral e o vi subindo a rua. Depois de lhe contar sobre o incidente, meu marido descobriu que o cara era um vizinho que vive bebendo e queria pedir ajuda porque a mulher o trancou fora de casa. © Kathleen Alexandrakis / Quora
  • O mais fofo na minha gata é que ela nunca me acorda quando quer comer. Posso dormir até o jantar, ela nem mia. Em vez disso, vai esperar pacientemente até que eu saia da cama. E só depois que estou de pé que se aproxima para pedir comida. Normalmente ela faz isso subindo em algum lugar à mostra e fica olhando com olhos arregalados e tristes. © Ernest Thanh-Tam Le / Quora
  • Eu tinha um gato chamado Jeri que era bem normal e fazia todas as coisas engraçadas e malucas comuns a todos os gatos. Quando nos mudamos, ele passava a maior parte do tempo fora. Às vezes nos presenteava com pequenos presentes no tapete: cauda de um rato, um passarinho sem cabeça, coisas assim. Mas um dia fomos agraciados com um filé de peixe parcialmente grelhado! O Jeri tinha um pequeno hematoma na pata. Então, deduzimos que ele deve ter roubado da churrasqueira de algum vizinho. © Ricardo Caetano / Quora
  • Eu tinha uma quedinha por um amigo, e como toda apaixonada checava meu telefone milhares de vezes por dia, na esperança que ele me escrevesse. Mas ele nunca escrevia. Uma noite, eu estava digitando e apagando mensagens para esse crush como de costume, em mais uma tentativa de iniciar uma conversa, mas eu era muito tímida para enviar as mensagens. Ansiosa e irritada de encarar a tela por tanto tempo, decidi me forçar a parar, já eram 2h da manhã. Estava cansada demais para brincar com meu gato, que estava ronronando e tentando desviar minha atenção do meu telefone a noite toda. Então apaguei a luz e fui para a cama. Na manhã seguinte, levantei-me e verifiquei meu celular como de costume, sem esperar nenhuma mensagem dele, mas então fiquei chocada! Ele enviou uma mensagem! E disse: “É impressão minha ou a imagem está escura?” Fiquei totalmente confusa, eu não tinha mandado aquela foto. Estava tentando encontrar uma explicação. Eu tinha trancado minha porta quando fui para a cama. Minha colega de apartamento não teria mexido no meu celular e enviado uma mensagem para ele usando meu celular... e não sou sonâmbula... então há apenas uma explicação... Meu gato, a única outra criatura em meu quarto, desbloqueou meu telefone, abriu o Messenger, tirou uma foto (o que explica porque está totalmente escuro) e mandou para o meu crush! © Anonymous / Quora
  • Não é minha gata em si, mas uma resgatada que estava na minha casa enquanto não aparecia alguém para adotá-la. Ela pegou um resfriado e estava espirrando muito. Tanto que tive que limpar o nariz dela com lenços de papel. Mas, quando fingi espirrar na frente do seu rosto, a gatinha pareceu surpresa e colocou a pata dianteira na direção do meu nariz. Provavelmente tentando imitar o que eu fazia quando ela espirrava. © Natasha Abdullah Sani / Quora
  • Quinze anos atrás, adotei dois gatos de rua e, como quaisquer outros, eram muito hiperativos e brincalhões um com o outro. Um dia, um mês depois da morte da minha mãe, tive um grande colapso nervoso e chorei como um bebê no meu sofá. Não havia chorado uma única lágrima no funeral e assim tinha me mantido até aquele dia. Enquanto soluçava colocando meu rosto contra uma pequena almofada, percebi que a casa de repente havia ficado quieta. Meus gatos pararam de correr perseguindo um ao outro. Me senti estranho, enxuguei minhas lágrimas e, assim que levantei o rosto, vi os dois sentados bem na minha frente, me olhando com o olhar mais adorável como se dissessem “não fique triste, estamos aqui e amamos você. Tudo ficará bem”. © A. Shabudin / Quora
  • Sempre que minha família se senta para conversar alguma coisa, minha cadela começa a latir para nós, especialmente quando são assuntos sérios. Talvez ela esteja tentando nos dizer que estamos administrando nossa vida financeira de maneira totalmente errada. © Nick Sweet / Quora
  • O nome da nossa gata é Minx, que talvez seja a criatura mais corajosa do mundo. Especialmente quando se trata de proteger minha noiva. Certa noite, estávamos relaxando, assistindo a um filme em nossa sala, quando ouvimos um rosnado do lado de fora de nossa porta. Aparentemente era um coiote (descobri que havia alguns na área na manhã seguinte quando liguei para o serviço de controle de animais). Nossos outros dois gatos saíram correndo escada acima e se esconderam. A Minx se posicionou entre a porta e minha noiva. Ela estava agachada, rosnando com o rabo para cima todo arrepiado, pronta para enfrentar o que quer que estivesse lá fora, e tudo para proteger sua “mamãe”. © Matt Taylor / Quora

  • Após uma consulta ao veterinário, minha cadela mais velha, que estava com a coleira um pouco folgada, se soltou assim que saímos da clínica e disparou correndo para uma área de construção. Tentei chamá-la, mas ela me ignorou. Então, sem pensar duas vezes, apenas me sentei na calçada em frente ao veterinário e a deixei brincar. Acontece que o veterinário e duas enfermeiras me viram no chão, pensaram que eu estava passando mal e foram verificar meu estado de saúde. Mas quando minha cadela os viu inclinados sobre mim, veio correndo e derrubou o médico e as duas enfermeiras no chão para proteger o pai dela do terrível veterinário. © Tom Lukenich / Quora
  • Toda vez que toco violão, meu cachorro Bruno se senta ao meu lado e fica observando. Quando paro de tocar, por algum motivo ele gentilmente pega minha mão com a boca e a coloca de volta nas cordas. O Bruno é o mais fiel ao meu talento musical. © Anonymous / Quora
  • Certa vez, quando eu e meu marido éramos recém-casados, estávamos discutindo na cozinha. Nossa gata pulou no balcão, enfiou a cabeça dentro de uma sacola e saiu correndo como uma maluca. Ela fez isso de propósito para parar a discussão? Certamente pareceu que sim. É impossível continuar discutindo enquanto sua gata está correndo com um saco na cabeça. © Sara Booth / Quora
  • Minha gata Nikita me faz escovar seus dentes com uma escova elétrica. O veterinário sempre ficou impressionado como eles são brilhantes. Portanto, no nosso banheiro há uma escova separada com a etiqueta “Gato”. © Mark Farley / Quora
  • Quando acordei e coloquei a mão no meu peito, senti algo úmido: um filé de peixe grande. Um dos meus gatos conseguiu roubá-lo da cozinha enquanto ainda estava congelado e o colocou, como um presente, sobre o meu peito enquanto eu dormia. Não senti nada por que estava com um pijama bem grosso. © Carlo Sirna / Quora
  • Não tenho certeza se isso pode soar estranho para todos, mas para mim, sim. Eu moro em um condomínio fechado e minha gata rosna para os jardineiros quando eles estão cuidando do jardim e ficam a menos de 5 metros de nossas janelas. Ela é uma gata muito amigável e não faz isso nem para outros gatos. © Diane Larkin / Quora
  • Eu tinha um rancho de cavalos antes de me aposentar. A égua preta que costumava montar era excepcionalmente inteligente. Uma vez, enquanto voltava para os estábulos à noite, ela inesperadamente deu um pulo para o lado, quase me derrubando. Naquele momento, um carro em alta velocidade passou voando por nós! Se ela não tivesse nos tirado do caminho, estaríamos com problemas. © Raquel Diaz / Quora
  • Um dia, meu cachorro me avisou que tinha uma cobra cascavel no jardim. Ele começou a se mover de maneira estranha, latindo e olhando fixamente para algo na grama. © Andy Alden / Quora

O seu bichinho de estimação já salvou você de alguma enrascada? Conte seu relato na seção de comentários.

Compartilhar este artigo