Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15 Animais e suas gestações, que podem durar de 29 dias a 4 anos

O tempo de gestação dos humanos tem uma média de duração de 9 meses, mas a gravidez de outros animais pode durar ou muito mais ou muito menos, variando de 29 dias a 4 anos. Algumas espécies não precisam de muitos dias, mas outras demoram bastante tempo. Além disso, entre as espécies também existem muitas maneiras de dar à luz, e é justamente essa variedade toda que torna o nosso mundo tão bonito e interessante.

Hoje, o Incrível.club traz detalhes sobre a gestação e o parto de 15 tipos de animais. Confira agora mesmo e veja como nós, humanos, somos apenas um entre muitos exemplos.

1. Coelho (de 29 a 35 dias)

O período de gestação das coelhas é um dos mais curtos de todo o reino animal e pode variar de 29 a 35 dias. Elas preferem um clima quente para dar à luz e imediatamente após o parto já estão prontas para voltar a se reproduzir.

A maturidade sexual dos coelhos é precoce e a quantidade de filhotes por gravidez costuma ser muito grande. Por isso, em alguns países há superpopulação de coelhos, e eles acabam sendo tratados como verdadeiras pragas.

2. Coala (35 dias)

O tempo de gestação dos coalas é de somente 35 dias. Quando os filhotes nascem, eles medem apenas 2 centímetros e pesam nada mais que um grama. Isso acontece porque eles são marsupiais e terminam de se desenvolver dentro da bolsa da mãe. Mais ou menos 6 meses depois, o desenvolvimento é completado e durante esse período eles são aquecidos e amamentados pelas mães.

Em média, os coalas esperam 2 anos entre cada gestação, o que significa que uma fêmea pode ter de 5 a 6 crias durante a fase adulta. Por isso e pela perda do habitat natural causada pelos incêndios na Austrália, os coalas são considerados uma espécie funcionalmente extinta.

3. Cachorro (63 dias)

A gravidez das cadelas dura uma média de 63 dias (pode durar apenas 58 dias ou chegar aos 68) e costuma gerar 6 filhotes.

As fêmeas entram no cio duas vezes por ano, quando seus órgãos estão preparados para a gestação. Como os óvulos sobrevivem e podem ser fertilizados vários dias após a ovulação, é possível que uma cadela cruze com mais de um cão. Por isso, é comum ver cães de uma mesma cria com aspectos diferentes uns dos outros.

4. Gato (de 62 a 67 dias)

As gatas ficam prontas para outra gravidez após 4 ou 5 meses do parto. A gestação dura normalmente de 62 a 67 dias, ou seja, de 9 a 10 semanas. As gatas geralmente são autossuficientes e instintivas e quase não precisam de ajuda na hora de parir.

Quando o processo começa, ela corta o cordão umbilical e começa a limpar cada um de seus filhotes. Se necessário, ela consegue reanimá-los e estimular sua respiração. Em geral, cada ninhada tem de 3 a 6 filhotes e, assim como os cachorros, eles podem ser de diferentes pais.

5. Lobo (de 62 a 75 dias)

O tempo de gestação de uma loba varia de 62 a 75 dias e acontece apenas uma vez ao ano. Ao nascer, o filhote pesa de 300 a 500 g e sua capacidade visual se ativa mais ou menos duas semanas depois.

Existem certos aspectos dos lobos que são semelhantes aos seres humanos. Por exemplo, quando um novo membro da manada nasce, todo o grupo se responsabiliza por protegê-lo. Além disso, o casal de pais respeita a monogamia e se mantém unido durante toda a vida. A substituição acontece apenas em caso de morte.

6. Urso-negro americano (de 6 a 7 meses)

A gestação das ursas-negras americanas dura entre 6 e 7 meses e o desenvolvimento do embrião começa 10 dias após o cruzamento, o que é conhecido como implantação diferida (isso evita que o nascimento aconteça no outono). Normalmente, os filhotes nascem em janeiro ou fevereiro. O mais comum é que as ursas tenham um ou 2 filhotes. Quando nascem, medem de 15 a 20 cm e pesam entre 200 e 450 g. Eles nascem sem pelos, com olhos azuis e sem poder enxergar.

Os animais se alimentam de leite materno (a mãe fica sentada enquanto amamenta) durante o inverno. Quando saem ao mundo exterior, apenas na primavera, e deixam o período de lactância, a sobrevivência depende de a mãe ensinar os filhotes a caçar. Além disso, as mães ensinam seus filhotes a subir em árvores para escapar de predadores e, curiosamente, os pais não participam do processo.

7. Vaca (9 meses)

O tempo de gestação das vacas é o mais parecido com o nosso: costuma durar 9 meses (ou 280 dias, com uma variação de 276 a 283 dias). Após esse período, o bezerro já está pronto para nascer.

A primeira fase do parto tem uma duração máxima de 24 horas e começa quando também se inicia o processo de dilatação. Uma vez alcançadas as condições necessárias, o bezerro pode nascer. As vacas mais “experientes” não precisam de ajuda, mas as “iniciantes”, sim. Geralmente, as vacas têm apenas uma cria por parto e as mais saudáveis podem chegar a ter 6 filhotes durante toda a vida adulta.

8. Cavalo (11 meses)

O tempo médio de gestação da égua é de 11 meses, mas pode acontecer de durar 10 meses ou um ano. Quando o nascimento acontece antes dos 300 dias de gestação, o filhote é considerado prematuro e tem poucas possibilidades de sobreviver. Na maioria das vezes, nasce apenas um filhote.

Como a produção de leite materno começa antes do parto, é comum que as éguas liberem um pouco de leite. O potro consegue ficar em pé alguns minutos após nascer, para se alimentar. Durante os primeiros 6 meses de vida os filhotes tomam apenas leite materno. Após esse período, eles passam a ingerir alimentos sólidos.

9. Bicho-preguiça (11 meses e meio)

Esses lentos animais costumam viver em árvores, cruzam uma vez ao ano e têm apenas uma cria. Quando a época de acasalamento começa, a fêmea solta ruídos estridentes. A gestação dura 11 meses e meio e os filhotes costumam ser muito dependentes, é por isso que durante 25 dias eles ficam grudados com a mãe. Após os primeiros dias, a cria se separa e por volta de 8 meses depois ela consegue viver sozinha.

As fêmeas alcançam a maturidade sexual aos 3 anos e os machos aos 5 anos.

10. Peixe-boi (12 meses)

A cria do peixe-boi nasce embaixo da água e a gestação dura uma média de 12 meses. A mãe ajuda o recém-nascido a subir até a superfície para respirar pela primeira vez, e apenas uma hora após o nascimento, o pequeno já pode nadar ao lado da mãe. Na maioria dos partos, nasce apenas uma cria, mas há casos em que nascem 2.

A amamentação dura de 12 a 18 meses e o pai não participa dos cuidados, já que não se estabelecem relações estáveis entre macho e fêmea. Quando um filhote morre após o nascimento, a fêmea costuma demorar 2 anos para engravidar de novo. O período entre cada gestação varia de 2 a 5 anos.

11. Girafa (de 13 a 16 meses)

A girafa é o animal mais alto do mundo e tem um longo período de gestação, que varia de 13 a 16 meses. Os partos das girafas são bastante particulares, já que elas têm crias em pé, o que pode ser perigoso. Uma vez no chão, a mãe ajuda o filhote a ficar em pé.

Uma girafa recém-nascida mede 1,80 metro de altura e pode se movimentar com bastante agilidade. No entanto, durante as primeiras semanas de vida ela fica ao lado da mãe.

12. Morsa (de 15 a 16 meses)

As fêmeas atingem a maturidade sexual entre 4 e 6 anos, mas não costumam se reproduzir até os 10 anos. A gestação dura por volta de 15 ou 16 meses. O óvulo se divide e para de crescer para se manter flutuando no útero por 4 ou 5 meses. Depois, ele se implanta na parede do órgão e continua o seu desenvolvimento.

Geralmente, as fêmeas dão à luz apenas uma cria, mas já houve casos em que nasceram 2. Elas costumam pesar entre 45 e 75 kg e sabem nadar por instinto. A composição do leite materno apresenta a seguinte característica: 10% de proteína, 30% de gordura e 60% de água, o que faz com que a cria fique forte em poucas semanas.

13. Orca (de 15 a 18 meses)

O período de gestação das orcas é bastante longo e pode durar até 18 meses. O nascimento pode acontecer em qualquer época do ano, mas é mais frequente no inverno. As fêmeas dão à luz apenas uma cria e o intervalo entre os nascimentos varia de acordo com a localização geográfica e costuma durar de 3 a 10 anos. Houve casos em que isso aconteceu mais rapidamente, mas porque o filhote havia morrido.

As fêmeas são muito protetoras e ficam ao lado de suas crias até que elas possam se defender sozinhas. Durante esse período, as pequenas orcas aprendem a caçar e a se defender. Os machos mais uma vez não participam do processo.

14. Elefante (de 22 a 23 meses)

Com uma duração de 22 a 23 meses o elefante é o animal terrestre com o maior período de gestação. Dentro do ventre materno uma cria pode chegar a pesar 120 kg e a medir 1 metro, uma das razões para o longo período. Além disso, a gestação é longa para que o cérebro do animal se desenvolva, oferecendo a ele inteligência suficiente para sobreviver e viver com o resto da manada.

O parto, contudo, é bastante rápido, dura apenas uma hora, e acontece em pé. Logo após o nascimento, o filhote consegue ficar em pé para poder mamar. O processo de amamentação, por outro lado, demora algumas horas.

15. Tubarão (de 12 a 42 meses)

A gestação do tubarão demora 12 meses para algumas espécies e 42 meses para outras — caso do tubarão-cobra, por exemplo. Ou seja, a gestação pode demorar quase 4 anos, um recorde no mundo animal.

Existem 3 formas de trazer os filhotes ao mundo: uma delas é um parto normal em que o tubarão nasce e já é completamente independente da mãe; outras espécies põem ovos e os escondem embaixo de mantas protetoras; há também os ovovivíparos, que nascem de ovos alojados dentro do corpo da mãe.

É impressionante como a natureza é sábia, complexa e bela. Qual dessas espécies mais o surpreendeu? Que parto você achou mais curioso? Compartilhe a sua opinião nos comentários.