Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Animais que confirmam que o rosa é uma das cores mais belas do mundo

----
642

Com certeza você já ouviu a expressão “fulano vive em um mundo cor-de-rosa” — referindo-se a um lugar perfeito e idílico. E embora seja impossível comprovar se existe mesmo esse tal “mundo cor-de-rosa”, existem, isso sim, diversos animais dessa cor, colorindo e embelezando o Planeta.

No Incrível.club pesquisamos e criamos uma lista com algumas espécies que foram premiadas pela “loteria biológica” com a deslumbrante cor rosa. Acompanhe!

1. Colhereiro-americano

O colhereiro-americano, também conhecido como platalea ajaja, vive entre o sul dos Estados Unidos e a América do Sul. Essa bela ave, parente das garças, chega a medir 71 centímetros, possui um bico longo e plano, semelhante a uma colher, que usa para escavar a lama nas margens dos rios e lagos e obter o seu alimento.

A cor da sua plumagem é resultado da sua dieta, já que consome invertebrados ricos de pigmentos carotenoides. Enquanto ainda não atingem a maturidade, têm a cor branca com alguns tons rosados, ganhando uma cor rosa mais forte à medida que crescem. Aqui no Brasil, podem ser encontrados sobretudo no Pantanal.

2. Mariposa-elefante

Esses insetos pertencem à família Sphingidae. Eles são encontrados principalmente na Europa e na Ásia, mas foram vistos também no Canadá e em outras regiões da América do Norte. Crescem entre cinco e sete centímetros e, se não fosse por suas belas cores, certamente causariam medo, devido ao seu tamanho.

3. Boto-cor-de-rosa

Também conhecido como boto-vermelho, boto-malhado ou uiara esse cetáceo é amigável e curioso. Habita a bacia do Rio Amazonas, mas também pode ser encontrado na do Orinoco e na parte superior do Rio Madeira, na Bolívia.

Embora o motivo da sua cor seja desconhecido, uma das teorias aceitas é a de que esses animais nascem acinzentados e ficam rosados na fase adulta, com o desgaste da pele.

4. Axolote

Esse animal impressionante é uma espécie de anfíbio da ordem Caudata, da família das salamandras. Mede cerca de 15 centímetros e, a olho nu, tem a aparência de um grande girino com patas e cauda.

É endêmico de lagos próximos à cidade do México, ou seja, não é encontrado em nenhum outro lugar do mundo. Atualmente, esses animais estão em perigo de extinção por várias razões, como a perda do seu habitat natural, a introdução de peixes exóticos, a superexploração, a contaminação e seu consumo como alimento.

5. Flamingo

Essa elegante ave, com longas pernas e pescoço, pode medir entre 90 e 140 centímetros. Existem cinco espécies e elas podem ser encontradas na América do Sul, no Caribe, na África, na Índia, sul e sudoeste da Ásia e na Europa. Todas as espécies têm plumagem rosa, mas de intensidade diferente, dependendo da sua dieta. Por exemplo, o flamingo europeu é quase branco; já a ave que vive no Caribe é da cor salmão.

6. Louva-a-deus orquídea

Também conhecido como louva-a-deus orquídea malaia ou louva-a-deus rosado, esse inseto habita as florestas tropicais e subtropicais da Malásia, da Indonésia, da Tailândia, da Birmânia e de Sumatra e prospera principalmente em regiões mais quentes e úmidas. Devido à sua cor, que varia entre o branco, o magenta e às vezes o amarelo, e ao formato de suas quatro patas, semelhante a pétalas, consegue se mimetizar facilmente entre as flores. Isso permite que engane a sua presa e a capture.

7. Lagartixa de luto

espécie pertence à família dos gecónidos, répteis escamosos que podem ser encontrados em climas temperados ou tropicais ao redor do mundo. A lagartixa de luto tem a pele rosa e macia, quase translúcida, deixando visíveis suas veias e artérias. Além disso, tem um apelido muito fofo: em certas regiões do México, como Jalisco ou Colima, é conhecida como “besucona” (“beijoqueira”, em português), pois produz um ruído muito semelhante ao beijo de um ser humano.

8. Cacatua Galah

Essa bela ave habita quase toda a Austrália e é a espécie mais comum no país. Ela prospera em áreas agrícolas de produção de grãos, mas também é encontrada em regiões pouco arborizadas e na savana australiana. A ave possui a crista e o bico brancos, as asas e a cauda cinzentas e a barriga, o peito e a cabeça cor-de-rosa. Assim como boa parte das aves da família dos papagaios e araras, os casais permanecem juntos durante a vida toda, dividindo os cuidados dos filhotes.

9. Pichiciego-menor

Esse curioso mamífero vive na região central da Argentina e é o menor da família dos tatus, medindo entre sete e 11 centímetros. Seu corpo é rosa pálido e ele tem pelos brancos na barriga. Embora pareçam fofos, agarrar um deles para fazer carinho é muito difícil; eles são ariscos e, quando se sentem ameaçados, rapidamente escavam o chão e desaparecem completamente.

10. Cavalo-marinho-bargibanti

Esse animal raro é uma das menores espécies de cavalos-marinhos do Planeta, uma vez que não chega a dois centímetros. Possui uma das camuflagens de maior sucesso no reino animal, a tal ponto que a espécie só foi descoberta durante uma análise de um tipo de corais chamado gorgônia, onde ele se hospeda e se mimetiza.

Nem todos, no entanto, são rosados, pois isso depende do tipo da colônia de corais que habitam. Por exemplo, os que se hospedam na de espécie Muricella plectana são das cores cinza ou roxa.

O que você achou da seleção de animais rosa que mostramos no post? Esquecemos de mencionar algum? Conte para nós na seção de comentários.

----
642