10 Sinais de que não vale mais a pena salvar um relacionamento

Estar em um relacionamento em que há mais brigas do que bons momentos é muito cansativo e pode causar sérios problemas de depressão. No entanto, lutar sozinho para recuperar um relacionamento em vias de acabar é ainda pior, principalmente quando as duas pessoas sabem que a relação já está desgastada demais. Quando percebemos que estamos em um ciclo de brigas e de desgaste, o melhor a fazer é parar e pensar se vale a pena continuar lutando.

O Incrível.club encontrou 10 sinais que podem ajudar uma pessoa a decidir qual é o melhor destino para o seu relacionamento.

1. O seu companheiro evita passar tempo com você

Se o seu parceiro nunca consegue encontrar tempo suficiente para você, mas está sempre pronto para sair com os amigos, encare isso como um sinal de que ele não está muito interessado na relação. Quando você realmente quer estar com alguém, encontra tempo para que isso aconteça.

2. Você sente que é uma pessoa completamente diferente do que era antes

Quando você realmente ama alguém, aceita a pessoa como ela é. Querer mudar os hábitos do outro é sinal de que alguma coisa não está certa. Nós nunca devemos desistir de nossos interesses ou sentir algum tipo de culpa por fazer algo que o nosso parceiro não aprova. Se você era mais feliz e mais livre antes e agora se sente em uma espécie de jaula, talvez tenha chegado a hora de repensar o seu relacionamento.

3. A intimidade entre vocês não é mais a mesma

A comunicação é a chave para um bom e longo relacionamento. Se você está achando difícil se abrir com seu parceiro e só gosta de conversar com outras pessoas, algo pode não estar funcionando.

4. As conversas sempre viram brigas

Quando toda conversa se transforma rapidamente em uma discussão é sinal de que algo não está certo. É normal as pessoas expressarem seus pensamentos e sentimentos, o que não é normal é quando um casal briga o tempo todo por qualquer coisa.

5. Você não vibra mais quando pensa no seu parceiro

Todo mundo sabe que à medida que o tempo vai passando aquela chama toda do começo do namoro se transforma e o entusiasmo acaba diminuindo. No entanto, isso não significa que tudo precisa acabar. Se você não fica feliz quando pensa no seu parceiro, talvez tenha chegado a hora de pensar em terminar.

6. O seu parceiro só recebe, mas não dá nada em troca

Para que um relacionamento funcione é importante que as duas pessoas estejam presentes. Se você fica o tempo todo se esforçando para que as coisas funcionem e o seu parceiro se mostra indiferente ao seu esforço, algo não está certo.

7. O relacionamento perdeu a graça

A vida de um casal não precisa ser uma história de cinema, mas isso não significa que ela deva ser chata. Duas pessoas podem encontrar prazer até mesmo nas pequenas coisas do dia a dia, como cozinhar e caminhar. Mas para que um relacionamento se mantenha vivo é preciso que o casal se esforce.

8. Você não cresce com a relação

O desenvolvimento é um aspecto muito importante em qualquer relacionamento, tanto pessoal quanto do casal. Boas relações fazem as pessoas crescerem juntas. Se você sente que o relacionamento não o leva a lugar algum, ou que seu parceiro sempre o coloca para baixo, é melhor refletir se vale a pena continuar.

9. Você não está entre as prioridades do seu parceiro

Ser a prioridade do nosso parceiro não é um sentimento realista e muito menos saudável. No entanto, é fundamental que sempre estejamos entre as prioridades da pessoa com quem nos relacionamos. Portanto, é importante sentir que a outra pessoa está disposta a nos ouvir e a nos ajudar, ou pelo menos fazer um esforço para saber como estamos.

10. Você não se sente amado nem desejado

Amor e companheirismo são elementos essenciais para um relacionamento. Se tudo que você faz é chorar por causa do outro, chegou a hora de repensar sua relação. As brigas e os problemas conjugais afetam a nossa saúde. Ou seja, pense se compensa continuar e aprenda a se respeitar.

Você já esteve em um relacionamento que não valia mais a pena continuar? O que você fez? Compartilhe a sua história nos comentários.

Compartilhar este artigo