Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Melhore seu relacionamento em quatro etapas com o método psicológico “H-E-A-L”

Muitas pessoas adorariam ter um relacionamento como o de Diário de uma Paixão. Mas sabemos que o amor dos filmes geralmente existem apenas nas telas. A vida a dois, como a maioria das pessoas sabe, tem momentos bons e épocas difíceis. Mas, mesmo que os problemas sejam graves, para a psicóloga Melanie Greenberg, sempre existe a chance de uma solução. Ela é a criadora da técnica “H-E-A-L” (“Sanar”, em inglês), que pode ajudar a salvar um relacionamento em apenas quatro passos: “H” de hear (ouvir), “E” de empatia (identificar-se com o outro), “A” de agir e “L” de love (amar).

No Incrível.club, contaremos mais a respeito dessa técnica e mostraremos que sempre é possível recuperar a chama da paixão.

Passo 1: ouvir

Sempre que você e seu parceiro tiverem uma discussão séria (ou uma “DR”, como se diz por aí), procure se concentrar no que está dizendo. Tente eliminar qualquer preconceito e tenha em mente que não é hora de se defender. Trate de ouvir com atenção, não apenas o que o outro diz, mas como diz, com as palavras e com o corpo.

Preste atenção aos sinais de seu parceiro. Identifique a emoção em seu tom de voz ou em seus olhos: é raiva ou tristeza? “Leia” sua linguagem corporal: ele deseja se aproximar ou se proteger de você? Tente entender qual a necessidade do outro: é possível que não se sinta amado, respeitado ou compreendido. Não se esqueça de que o objetivo é deixar claro que você o ouve atentamente, compreende o que lhe faz falta e está disposto a fazer algo a respeito.

Passo 2: criar empatia

Tendo compreendido, de fato, o que o seu parceiro sente (primeiro passo), é hora de criar a empatia. Primeiro, preste atenção àquilo que ele demonstra em relação ao seu comportamento na discussão. Pode ser que mostre preocupação, tristeza ou medo.

Agora, procure se conectar com ele emocionalmente: sinta o que ele percebe e mostre compaixão. Se tem medo, tente sentir isso também. Se demonstra temor em relação à solidão, pense em como você se sentiria sem companhia. Se está sofrendo, trate de experimentar a sua dor. Quando você divide as emoções negativas com seu par, elas não apenas ficam menos pesadas, como o outro se sente acolhido.

Passo 3: hora de agir

O próximo passo é crítico: comprometer-se de verdade com novas atitudes para melhorar o clima. É hora de agir. Cada casal tem seus problemas e, portanto, possíveis ações para resolvê-los. Pode ser lavar os pratos após o jantar, melhorar a gestão do orçamento familiar para minimizar as preocupações financeiras e até avisar que chegará tarde para o jantar.

Para o seu companheiro, essas ações serão um sinal de que você ouviu, identificou-se e levou a sério as preocupações dele. Não se surpreenda se o comportamento dele em relação a você começar a ser mais positivo. Esse deverá ser o resultado de se sentir mais amado e respeitado. E mais importante: a mudança de comportamento deve ser algo definitivo, e não provisório. Mesmo que você nem sempre dê conta de tudo, a tendência é de que ele o entenda e perdoe pequenos deslizes. O que vale, afinal, é o compromisso.

Passo 4: amar

Reserve um espaço em sua rotina para resgatar ou renovar o amor que sente por seu parceiro. Deixe de lado qualquer pensamento negativo que intoxica a relação e causa feridas. Lembre as qualidades que fez com que se apaixonasse por ele. Seu parceiro é divertido, inteligente, honesto? Pense nos sonhos que tiveram juntos: talvez possam resgatar alguns ou ajustá-los à situação atual. Busque encontrar o modo de perdoar seu parceiro e se perdoar pelos erros cometidos. Por último, tente traduzir seu amor em uma ação. Escreva uma carta de amor, mande flores ou prepare um jantar caprichado.

Você acrescentaria algum passo ao método que mostramos? Quais truques funcionaram ou funcionam na sua situação? Compartilhe sua sabedoria conosco nos comentários!

Ilustrado por Marat Nugumanov exclusivo para Incrível.club
Compartilhar este artigo