Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

7 Frases que podem acabar com sua imagem num piscar de olhos

Segundos psicólogos, apenas alguns segundos são suficientes para formar a primeira impressão, que dificilmente muda depois de algum tempo. Por outro lado, acontece que mesmo as pessoas que convivem em um ambiente por muito tempo tendem a se afastar com o passar dos anos. Esse fato não é de se surpreender, tanto que muitos discursos são repletos de frases capazes de acabar de vez com quaisquer relações, sejam corporativas ou amorosas.

Desta vez, a equipe do Incrível.club deseja compartilhar uma lista de atitudes que podem ajudar a identificar relações tóxicas. Confira!

1. “Não quero magoá-lo, mas...”

A pressão e a vontade de aumentar sua autoestima podem se manifestar de formas diferentes, mas certamente não são a melhor maneira de impressionar os outros. Se um dia você sentir que está prestes a cair nessa armadilha, defenda sua opinião: não dê desculpas, mas discuta sem baixar o nível.

2. “Que legal! Mas comigo aconteceu o seguinte...”

Focar nas diferenças para manter uma conversa fluindo e se apresentar como um interlocutor interessante não é uma boa ideia. Tal estratégia dificilmente dará certo em um ambiente novo e desconhecido. Quanto à comunicação com velhos amigos, também é melhor prestar atenção às suas semelhanças. Por exemplo, quando seu amigo conta uma história que considera importante para compartilhar (“...E depois nós andamos a cavalo e subimos uma montanha”), mas que parece insignificante para você, é melhor evitar monopolizar a conversa (“Que legal! Mas comigo aconteceu o seguinte...”). Esse tipo de frase desvaloriza a experiência e as emoções do interlocutor. É aconselhável recorrer a formas mais educadas de dizer que você possui interesses diferentes.

3. “Pessoalmente, eu não compraria isso”

Opinar de forma categórica significa acabar com seu círculo de amizade. Isso não se trata das conversas típicas entre pais e filhos, por meio das quais os adultos normalmente estabelecem certas regras pelo bem das crianças, mas da atitude egoísta que não envolve aceitar as contestações. Tal maneira repugnante de conversar é considerada uma demonstração de superioridade e um gesto de desrespeito.

4. “Coloque-se no meu lugar”

Fazer alguém sentir pena de outra pessoa é um dos tipos de manipulação. É melhor pensar duas vezes antes de continuar a relação com quem tende a fazer pedidos se fazendo de vítima. Colocar-se no lugar do outro e compreender o problema alheio não é tão simples como parece, e pedir ajuda descaradamente deixa a situação ainda mais complicada. Afinal, nada nos impede de dizer abertamente: “Preciso de sua ajuda”.

5. “Eu sei o que é melhor para você”

O comportamento abusivo disfarçado de amor e carinho é o mais perigoso. A pessoa pode causar uma boa impressão e parecer só ter boas intenções, mas, na realidade, acaba “sobrecarregando” o interlocutor com suas preocupações e complexos psicológicos.

6. “Eu falei!”, “Eu sabia!”, “Eu avisei!”

Insistir dizendo que tinha razão é definitivamente um passo para trás. Dessa maneira, manter uma conversa agradável e envolvente se torna uma missão impossível. Agir feito um sabe-tudo é uma estratégia duvidosa para estabelecer uma relação de confiança.

7. “Bem-vindo ao meu humilde lar!”

A falsa modéstia é uma maneira controversa de apresentar sua casa aos convidados. É aconselhável não abusar das regras de etiqueta, ultrapassando os limites da humildade, para evitar criar a sensação de que o anfitrião gastou todo o seu dinheiro para impressionar a visita, que provavelmente se sentirá constrangida.

Você já ouviu uma frase dessas? Quais réplicas constrangedoras você acha as mais difíceis de aturar? Comente!

Compartilhar este artigo