10 Frases que é melhor evitar dizer ao chefe, caso contrário, qualquer um será promovido, menos você

No trabalho, especialmente se tivemos um dia difícil ou uma situação estressante, podemos inadvertidamente nos exceder com nosso gerente ou simplesmente nos expressar errado. Mas há certas frases que é melhor evitar, mesmo que você esteja a ponto de “explodir”. Afinal, elas podem prejudicar sua promoção e, às vezes, levar à demissão.

Nós, do Incrível.club, decidimos perguntar aos profissionais o que não se deve dizer ao seu chefe e a melhor forma de responder, em determinadas situações. E nossos maravilhosos ilustradores nos ajudaram a visualizar tudo isso.

1. “Eu não posso trabalhar com ele / ela”

Há ocasiões em que ficamos tão insatisfeitos com nosso colega que somos tentados a discutir o assunto com alguém. Mas reclamar no local de trabalho é nada profissional. Se um colega com quem você está em conflito ou do qual simplesmente não gosta não cometeu uma violação grave na política da empresa, ou qualquer erro grave em seu trabalho, guarde suas queixas pessoais para si. É improvável que o gerente queira saber que você está brigando com alguém, e ainda mais que não pode trabalhar com essa pessoa. Presume-se que você consegue ir além dos conflitos pessoais, focado exclusivamente em obter excelentes resultados. E se não for assim, é improvável que da próxima vez você seja encarregado de um projeto importante.

Melhor a dizer: nada.

2. “Não posso”

Se de repente você recebe uma nova tarefa que parece difícil porque ainda não enfrentou uma parecida, não se assuste nem se apresse a tentar se livrar dela. É improvável que o chefe lhe passe uma tarefa que você não possa cumprir e, muito provavelmente, seja responsabilidade sua. Dizendo categoricamente “Não posso”, você automaticamente assina uma ausência de motivação para aprender e encarar desafios, além da falta de vontade em fazer algo.

Melhor a dizer: “Agora vai ser difícil, porque... Mas a gente pode fazer assim...”

3. “Este não é o meu trabalho”

Seu chefe pode lhe atribuir uma tarefa sem relação alguma com sua atividade principal. Mas mesmo que essa solicitação seja inadequada, é melhor não responder, duramente, não ser da sua responsabilidade. Ele pode perceber tal resposta como um insulto pessoal, suspeitar da sua falta de espírito de equipe e dedicação à causa comum. No futuro, é claro, isso o poupará de trabalhos desnecessários, mas também pode atrapalhar no crescimento profissional. O que não significa que você precise realizar tarefas realmente extravagantes do chefe, basta aprender a dizer “não” com tato.

Melhor a dizer: “Eu gostaria de ajudar, mas não tenho como agora”; “Estou pronto para assumir responsabilidades adicionais, mas temo que essa tarefa não seja meu ponto forte, e não quero decepcioná-lo”; “Eu ficaria feliz com novas tarefas, mas vamos discutir a quem confiar alguns dos meus afazeres atuais simples, para que o resultado não seja prejudicado.”

4. “Eu vou tentar”

A frase “eu vou tentar” implica a possibilidade de fracasso. Portanto, quando em resposta ao pedido do chefe para fazer algo dentro de um determinado tempo você responde dessa forma, automaticamente, por assim dizer, foge da responsabilidade. Além disso, não deu uma resposta específica, o que pode ser irritante. Se tem certeza de que completará tudo no prazo, diga-o, se não estiver seguro de poder fazê-lo, explique ter tarefas a cumprir primeiro e, se necessário, peça ajuda ou para adiar.

Melhor a dizer: “Será feito”; “Para fazer tudo na hora, vou precisar...”

5. “Mas sempre fizemos desse jeito”

Um bom gestor certamente apreciará a capacidade de seus subordinados de serem flexíveis, ajustando-se facilmente às mudanças no fluxo de trabalho. Mas se, após ouvir o anúncio da inovação, você responder que sempre fez tudo de uma certa maneira e por que mudar algo, automaticamente mostra estar preso ao passado e não completamente pronto para acompanhar os avanços.

Melhor a dizer: “Esta é uma ideia interessante. Como funciona?”; “Esta é uma abordagem diferente. Podemos discutir os prós e os contras?”

6. “É impossível, não há nada que eu possa fazer”

Ao cometer um erro no trabalho e dizer ao seu chefe que nada pode ser feito, você lhe mostra sua visão passiva e até pessimista do problema. É improvável que essa abordagem seja apreciada no trabalho. Em vez disso, tente sugerir soluções para o problema, ou explique por que ele não pode ser corrigido.

Melhor a dizer: “Vamos discutir o que pode ser feito nessas circunstâncias”; “Agora posso fazer...”

7. “Posso estar errado / errada, mas ... / “Talvez esta não seja uma ideia inteligente, mas ...”

Ao proferir tais frases, você mostra não ter certeza sobre sua ideia, o que reduz a importância e o valor daquilo que deseja dizer. O chefe provavelmente entenderá apenas que você oferece algo estúpido mesmo.

Melhor a dizer: defenda sua ideia começando com a frase “Eu acredito”; “Tenho certeza”; “Eu recomendo.”

8. “Você está errado”

É melhor não dizer ao seu chefe abertamente que ele está errado, especialmente na frente de outros funcionários, mesmo que ele realmente esteja. Você enfraquece a autoridade dele com essa frase. A crítica aberta e a observação de que ele pode estar errado tem potencial de ter como consequência você simplesmente não ser chamado para a próxima reunião, ou suas sugestões serem ignoradas. Se o chefe cometeu um erro sem importância no trabalho, é melhor não dizer nada e, se for significativo, vale a pena escolher as palavras com sabedoria e falar em tom benevolente.

Melhor a dizer: “Talvez eu tenha entendido algo errado, mas...”; “A questão é que tenho outras informações. Deixe-me verificar novamente e logo retomamos a discussão.”

9. “Eu fiz tudo que pude”

Isso parece uma desculpa, mesmo que você tenha realmente feito o possível para salvar a situação. Se cometeu um erro no seu trabalho, tente consertá-lo, diga o que mais pode fazer na situação atual e, se nada puder ser feito, diga que da próxima vez fará tudo certo.

Melhor a dizer: “Vamos discutir o que mais pode ser feito nessa situação”; “Ficaria feliz em tentar novamente”; “Da próxima vez farei tudo certo.”

10. “... ou vou me demitir”

Os ultimatos são uma péssima ideia em quase todas as situações. A frase “Se você não fizer isso, eu me demito” soa como uma ameaça e, em geral, não é profissional fazer tais declarações. Muito provavelmente, depois disso, o gerente começará imediatamente a procurar um substituto para o seu lugar, considerando-o um funcionário pouco confiável que recorre à chantagem. Se você disser essa frase ao seu chefe, esteja preparado para sair.

Melhor a dizer: nada.

Você já disse essas frases para o seu chefe? Quais foram as consequências? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar este artigo