Incrível
Incrível

21 Leitores do Incrível que encontraram a felicidade em si mesmos

Há quem acredite que ser solteiro é sinônimo de infelicidade, frustração, encalhado, entre outros sinônimos que não cabem aqui, mas a verdade é que não ter um parceiro pode ser o oposto do que muitos pensam. Estar fora de uma relação com outra pessoa significa autoconhecimento, busca do amor-próprio e de valorizar a si mesmo.

Hoje, o Incrível.club decidiu reunir alguns relatos dos nossos leitores que descobriram o verdadeiro significado da felicidade na solteirice. Não deixe de conferir!

  • As pessoas deveriam perder essa mania de procurar a sua metade da laranja e entender que elas mesmas podem ser a laranja completa. Estou levando isso para a minha vida depois de um relacionamento de 21 anos extremamente infeliz. Entendi que eu não preciso de ninguém para me completar, EU SOU COMPLETA. E final feliz nenhum depende de casamento. © Zeinab Ramos / Facebook
  • Amo ser solteira. Se relacionar é muito chato, cansativo, estressante, ter que lidar com o jeito do outro, as manias, decepções como traição. Minha felicidade está na solteirice, não nasci pra ter alguém. E gasto MUITO menos sozinha, pois aprendi a investir meu dinheiro. Relacionar-se gasta demais, o outro quer lanchar fora, etc... além de querer ter planos que você não quer. Ser solteiro é viver feliz. © Natasha Borboni / Facebook
  • Olha, depois de um relacionamento de 10 anos, onde só fui sugada (emocionalmente e financeiramente, mesmo o digníssimo ganhando 3X mais), me sinto bem melhor agora e reconstruindo minha vida sozinha. Era pra estar bem melhor financeiramente, se não fosse meu ex, que só frustrou os meus sonhos. © Ana ML / Facebook
  • Melhor morar em uma casa que goteja do que com uma pessoa briguenta; melhor ser solteira do que estar num relacionamento desgastante, que suga suas energias; antes só do que mal acompanhada. Amo fazer o que eu quero. © Mariane Salgado / Facebook
  • Acho que o problema é o rótulo criado sobre as pessoas sozinhas. Parece ser alguém inferior, encalhado ou com algum problema por não ter uma pessoa ao lado. Não precisamos estar com a companhia de alguém para ser normal, ter alguém é uma opção de vida. Só precisamos olhar para a frente e pensar como será o futuro. © Monica Lima / Facebook
  • Sou solteira há 5 anos e nunca fui tão feliz. Só tenho a agradecer a mim mesma por essa descoberta. Realmente sem amigos não posso ficar sem, mas relacionamentos amorosos não são necessários, porque antes de você ficar bem com alguém, você deve ficar bem consigo mesmo. Eu nunca pensei que fosse possível ser tão contente, mas não é que é? © Claudia Leite Ribeiro / Facebook
  • Hoje tenho 51 anos, e já tive relacionamentos longos, inclusive morei junto. Tenho uma enteada que amo de paixão, mas eu já percebi que a liberdade não há preço que pague. Saio a hora que quero; volto a hora que bem entendo; se eu quiser trabalhar até tarde ou durante o fim de semana de semana, trabalho, pois sou livre. Claro que eu tenho uns rolinhos, ninguém é de ferro, né? © Daniel Tata / Facebook
  • Está sendo muito bom esse tempo em que estou solteira. São pequenos prazeres como acender a luz de madrugada e ficar perambulando na casa sem dar explicações. Vou onde quero, demoro o tempo que quero; saio pra comer sozinha e me acabo; viajo quando eu quero, não enfrento a insegurança e ciúme do parceiro; fico lendo o tempo que eu bem entendo sem ser cobrada de dar exacerbada atenção e muitas outras coisas. Estou curtindo minha paz! © Michele Arruda / Facebook
  • Quando a gente separa, vemos como é muito libertador correr atrás dos nossos sonhos. Crescemos juntos com os nossos filhos e fazemos muito mais por eles, pelo menos foi para mim. Eu era dependente do meu ex, era cobrada pelo que eu não fazia. O divórcio é doloroso, principalmente quando se tem filhos — mas é compensador quando a gente se liberta totalmente, corre pra lutar contra o tempo e vence todos os obstáculos. Conclusão: hoje posso fazer tudo o que eu quero e posso. Sim, é bom ser solteira. © Verinha Maciel / Facebook
  • Olha, confesso que estou bem mais feliz agora solteira. Não abro mão da minha paz e amor próprio. Pode ser que me relacione novamente, mas será bem diferente, o amor próprio estará em primeiro lugar, sempre. © Vanessa Alves / Facebook
  • Adoro estar solteira. Quanto me questionam sobre a solidão, respondo que estou super bem. Acho que quem se sente só, é a pessoa que não consegue ficar sozinha consigo mesma. Não é egoísmo a gente se amar, e outra, alguém que entra na nossa vida não pode ser um estorvo. Nós solteiros também temos nossos momentos de chamego. © Maria Alice Barbosa / Facebook
  • Só quem viveu acompanhado pode ter uma ideia muito clara dos prós e contras de viver sozinho. Eu já estive em um relacionamento e agora estou solteiro. O sentimento de liberdade e independência é incrível. Às vezes, tenho alguns encontros com alguém, mas uma união permanente está totalmente posta de lado. Não dependo de ninguém. Não sou manipulado por ninguém. Sou só eu e faço o que quero e o que me apetece quando eu quiser. © Carlos Branco / Facebook
  • Felicidade é uma dádiva e alegria, uma construção unitária para ser disseminada aos quatro ventos e para os demais, não há necessidade de holofotes, mas sim de maestria própria! Quando a gente não tem mal humor e empatia fruindo, a nossa alma se torna um legado de paz interior e com ela, a união é perfeita com as pessoas, além das relações externas! Então não somos obrigados a estar em pares para que sejamos felizes, basta nos permitir ir e vir com liberdade e boa vontade! © Sandra Abou Dehn / Facebook
  • Eu precisei desse tempo de solteirice durante 5 anos, que me ajudou a me encontrar. Porém, quando aparecer a pessoa correta eu encaro o desafio. Hoje, me sinto completamente diferente, pois aprendi a me valorizar e percebi que eu mereço muito mais. © Luana Neves / Facebook
  • Fui casada durante 20 anos e estou solteira há 8. Depois de algum tempo, cresci tanto financeiramente quanto como pessoa. a liberdade não tem preço em todos os aspectos da palavra. Só sei que é assim que quero permanecer. © Betty Amorim / Facebook
  • Estou solteira há 11 anos! Depois do fim de um casamento de muitos anos, ainda tentei ter alguns relacionamentos... não dá! Depois que se conquista a liberdade após anos de opressão, desprezo, descaso e vivendo uma solidão a dois, ficar com alguém parece cada vez mais difícil. © Rosane Lopes / Facebook
  • Eu amo minha vida de solteira. Adoro viajar sozinha, conhecer pessoas sem precisar me prender a nada nem a ninguém. Amo fazer tudo sozinha ou com minhas amigas. Só preciso aprender a parte de economizar, pois acho que gasto por três pessoas. © Letícia Guimarães / Facebook
  • São questões de prioridade, nesse momento eu não quero conhecer ninguém, e isso vai demorar uns anos para mudar. Todas as minhas energias nesse momento estão concentradas em mim e eu me tornei uma pessoa mais seletiva no quesito de maturidade emocional. É um momento da minha vida em que estou muito mais experiente e com possibilidades razoáveis de ver algo que sempre quis muito se concretizar. Eu estou adorando isso. Não ter que dar satisfação de nada, estar focado no que é importante para mim e não para dois. © Leandro Domingues / Facebook
  • Eu amo estar sozinha; adoro minha liberdade; não tenho gente me importunando; não preciso dar satisfação para ninguém sobre como eu gasto meu salário; viajo e aproveito a minha vida. Tudo isso acontece, pois eu amo minha própria companhia. © Fabiana Ferrante Medeiros / Facebook
  • Eu sou solteiro, me sinto muito bem assim e muito feliz. Já fui casado e não atribuo a minha felicidade ao fato de ser solteiro, pois, durante o tempo que fui comprometido, estava feliz. Então, atribuo a mim, por me completar e me amar, pelo meu desejo de ser feliz. © Ednaldo Xavier / Facebook
  • Depois de 5 casamentos, estou muito, mas muito solteira e toda aquela ansiedade acabou. Estou em paz finalmente. Se vier mais alguém, vai ter que ser alguém muito especial e parecido comigo, para me tirar dessa paz que estou sentindo. © Juliana Carvalho / Facebook

Você acha possível ser feliz sem ter um companheiro? Qual a sua opinião sobre os relatos acima? Comente! 😉

Incrível/Mulher/21 Leitores do Incrível que encontraram a felicidade em si mesmos
Compartilhar este artigo