Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20 Histórias sobre as perguntas mais estranhas que brasileiros já ouviram dos gringos (parte II)

Quando se é apresentado a novos lugares, novas pessoas e novas situações, é comum ficar assustado com tudo que é diferente da segurança do ambiente familiar. Com o tempo, claro, muitas coisas são aprendidas, que acabam se tornando habituais. Mas até que isso aconteça, boas risadas e histórias fantásticas se acumulam.

O Incrível.club já tinha feito um post sobre o assunto, mas a participação foi tanta, que decidimos reunir mais algumas experiências e histórias marcantes de alguns brasileiros com estrangeiros (e até mesmo com outros próprios brasileiros). Confira só!

  • Eu moro na Alemanha há alguns anos e já me perguntaram de tudo, inclusive se a minha casa no Brasil era perto de uma floresta! Eu respondi que sim, que via o Tarzan e a Jane com frequência. 😂😂😂😂😂 ©️Lorena Herz/ Facebook
  • Lembro que logo no início da Internet e dos blogs de conversação comecei a falar com uns gringos para treinar meu inglês. Uma vez me perguntaram se nós tínhamos pontes aqui no Brasil. Eu brinquei dizendo que não. Que a gente tinha que pegar um cipó para atravessar os rios. ©️Suzana Moreira/ Facebook
  • Conversava com um colega de Moçambique, ele fazia o mesmo curso de mestrado que eu, e era a primeira vez que íamos ver o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro (fizemos uma excursão saindo de Minas Gerais). Aí ele me falou: “Mas tu moras no Brasil e não conheces o Cristo?!” ©️Iracema Snitram/ Facebook
  • Ano passado fomos, meu pai e eu, para a Coreia do Sul. Estávamos no metrô conversando quando um coreano parou nossa conversa do nada e falou: “Bom dia, boa tarde, boa noite”. Depois de falar isso em português, claro, ele começou a puxar assunto em espanhol e falou que tinha um amigo no Equador (??????)... Do nada???? Meu pai e eu demos uma “trelinha” para ele e logo descemos na nossa estação. Aquilo foi tão aleatório que vou me lembrar para sempre. ©️Aline Bianca/ Facebook
  • Moro fora do país e uma vez me perguntaram se na minha cidade eu via muita anaconda 🤣🤣🤣🤣. Eu disse que sim, que a gente tinha que parar os carros para deixar que elas atravessassem. 🤣🤣🤣 ©️Oliveira Gisela/ Facebook
  • Eu já tive um amigo alemão que perguntou se eu sabia sambar e se gostava de caipirinha. E ele ficou chocado quando respondi que não gostava de nenhuma das duas coisas. Kkkkkk ©️Lorena Medeiros/ Facebook
  • Um italiano me perguntou se eu morava em uma floresta e se eu trabalhava só de biquíni! Eu lhe disse que sim! Ele implorou por uma foto! Kkkk ©️Sueli Vitoria/ Facebook
  • Uma vez, conversando com um amigo de outro país, ele me perguntou em qual continente ficava o Brasil. Eu disse que era no continente americano, aí ele: “Ah, por isso seu nome é Inglid Mary!” 😒 ©️Inglid Mary Martins/ Facebook
  • Meu marido é americano. No dia em que conheci minha sogra, ela me perguntou que idioma nós falamos no Brasil. Eu disse que falávamos português e ela em seguida disse: “Eu adoro comida portuguesa!” Deixei minha sogra na inocência dela, não quis explicar muito... Mas daí meu marido disse na sequência: “Lógico que eles falam português no Brasil, mãe! Mas Daisy, me fala uma coisa: a Shakira é brasileira?” 🤦🏻‍♀️ ©️Daisy Zigue/ Facebook
  • Quando meu filho viajou para a Argentina e as pessoas de lá souberam que ele era de Manaus/Amazonas perguntaram como ele chegou lá. Então, tranquilamente, ele respondeu que chegou de canoa. ©️Oneide Paz/ Facebook
  • Moro em São Paulo e uma vez um gringo me perguntou como era morar em uma floresta cheia de árvores. (Quem me dera!) ©️Daniela Lopes/ Facebook
  • Gente, nem precisa sair do Brasil para ouvir essas pérolas. Sou do Pará e morei um tempo em São Paulo. O povo ria do meu “OXENTE”, “MINHA IRMÔ, “BORAIMBORA”. Perguntavam se aqui tinha telefone, se tinha asfalto, se eu via muito macaco, que meus dentes não tinham presas por causa da farinha... isso é só um resumo! E olha que eu só mudei de estado, viu. ©️Lilianne Leite/ Facebook
  • Quando eu trabalhava no aeroporto de Fortaleza, certa vez uma senhora de Brasília comentou comigo que achava que as pessoas no Ceará andavam nas ruas montadas em jumentos!
    ©️Lilian Pires/ Facebook
  • Sou do Rio Grande do Sul e fui para Salvador. Lá, eles se confundiam com o meu sotaque. Para piorar, ficaram na dúvida se éramos espanhóis ou portugueses. E uma moça mostrou o valor da mercadoria com os dedos, tipo, 2 reais com 2 dedos. 😂😂😂 ©️Lenira Zago/ Facebook
  • Trabalhava em uma agência de turismo em Brotas (São Paulo) e recebíamos muitos turistas. Uma vez recebemos um grupo de coreanos. Eles olhavam para mim e para as minhas amigas de trabalho (a maioria, mulata) e gritavam: “SAMBAAAAA! SAMMMMBAAAA!” E daí “sambávamos” daquele jeito... Nossa, eles iam à loucura! 😂😂😂😂😂 ©️Jessica Nave/ Facebook
  • Em Portugal me afirmaram que todos os rios do Brasil eram poluídos. Óbvio que não!!! Perguntei o motivo da afirmação e o português me deu como exemplo o rio Tietê. ©️Douglas Torres Cm/ Facebook
  • Quando eu morava na Irlanda, uma vez um cara lindo me disse: “Nossa, adoro o Brasil! Já fui umas duas vezes para lá, mas sempre vou para a capital, Buenos Aires... é extremamente lindo ali, não é mesmo?” Eu, toda educada, só sorri e deixei o cara ’no ar’. Também já aconteceu o contrário: chegando no aeroporto do Brasil, uma mulher me perguntou: “De onde a senhora está vindo?”. Respondi: “Venho de Ibiza, sou residente”. A policial me respondeu: “Senhora, como estão as coisas lá? Fiquei sabendo que as coisas estão muito difíceis nos EUA...” Eu, paciente, expliquei que Ibiza é uma ilha no Mar Mediterrâneo e que faz parte da Espanha! Ela ficou chocada com a informação... e eu também, por ela trabalhar no aeroporto, na imigração e não saber. ha ha ha ©️Rafaela Scandolo/ Facebook
  • Trabalhei em um navio de cruzeiros que fazia a rota Brasil/Argentina. Quando chegamos no porto do Rio de Janeiro, uma argentina me perguntou: “Ali é a ponte de Niterói?” Respondi que sim! Daí ela pergunta novamente: “E depois dela, é Brasil????” Oiiii???? Hahahahaha ©️Suzana Costa/ Facebook
  • Quando eu disse que na minha cidade (Curitiba) fazia muito frio, um italiano me perguntou: “O que usa no frio: Tanga de pelúcia?” ©️Larissa Alas Mayer/ Facebook

O que achou das histórias? Já passou por alguma situação semelhante? Compartilhe conosco nos comentários. 😉