10 Erros nos cuidados com a pele que, sem perceber, cometemos todos os dias

Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), apenas 50-60% das pessoas no mundo sabem lavar as mãos corretamente. Embora seja do conhecimento da maioria que esse procedimento higiênico reduz significativamente a probabilidade de contaminação por vírus e bactérias.

Nós, do Incrível.club, estudamos quais erros nos cuidados com a pele cometemos diariamente e como podemos corrigi-los. E compartilhamos as respostas com você no nosso artigo de hoje.

Não secar o umbigo após o banho

Conforme as pesquisas, o umbigo de uma pessoa pode abrigar 67 espécies diferentes de bactérias, que vivem e se multiplicam nessa área de difícil acesso. Sobretudo, quando se trata de ambiente úmido. Portanto, segundo os especialistas, é importante secá-lo após o banho. Além disso, para limpá-lo, é aconselhável usar um disco de algodão com álcool. Deve ser dada atenção especial ao piercing no umbigo: você pode higienizar o local com uma solução salina.

Não hidratar a pele das axilas faz com que escureçam

A irritação causada pela depilação pode provocar a produção excessiva de melanócitos (células responsáveis ​​pela pigmentação da pele). Como resultado, as axilas podem escurecer. É possível restaurar sua cor natural: os dermatologistas recomendam usar produtos à base de vitamina D que reduzem o número de células pigmentares da pele.

Não limpar regularmente os locais com percing

Os especialistas recomendam limpar regularmente a região em volta dos piercings com antissépticos pouco agressivos ou sabonete antibacteriano. Porém, é melhor evitar produtos perfumados. Além disso, e necessário limpar os piercings com bastante frequência. Isso ajuda a se livrar da sujeira e a evitar a corrosão do metal, o que possibilita o surgimento de infecções. Você pode limpar as peças com uma solução salina, sabão comum ou um produto especial para limpeza do metal específico. Em nenhuma circunstância se deve usar álcool e peróxido de hidrogênio: podem causar irritação da pele e das membranas mucosas.

Não cuidar da pele da região peitoral

cuidado adequado com as mamas não consiste apenas em consultas regulares com o mastologista. De acordo com dermatologistas, a pele dessa região tem menos glândulas sebáceas e um número limitado de melanócitos, por isso é mais sujeita a alterações que outras áreas do corpo humano.

Para reduzir a inflamação e remover as toxinas da pele ao limpar a região, use produtos ricos em aminoácidos. Em seguida, é preciso hidratar com um creme ou soro. Aliás, a forma de aplicar os produtos cosméticos também é importante: para não danificar a pele, espalhe o hidratante em movimentos circulares do centro para os ombros, e depois da base do pescoço até o queixo.

Outro erro comum que prejudica a condição da pele nessa região é usar roupa íntima inadequada. Cerca de 80% das mulheres usam o sutiã errado, o que provoca flacidez. Um top esportivo apertado também pode ser um problema, pois, muitas vezes, causa assaduras.

Não cuidar das mãos e tirar as cutículas

A pele das mãos é muito fina, portanto, com cuidados inadequados, tende a envelhecer muito cedo. Os dermatologistas recomendam o uso diário de cremes para as mãos. Pelo menos uma vez por semana, use um esfoliante suave, de modo a se livrar das células mortas da pele. Além disso, não tire a cutícula: ela protege as unhas contra infecções.

Não desobstruir poros da pele

Os poros obstruídos na pele do nariz são geralmente compostos de células mortas e sebo que se acumulam nos folículos capilares. Os dermatologistas aconselham esfoliar a cútis várias vezes por semana e usar cremes que contenham magnésio e zinco. Eles ajudam a restaurar o equilíbrio nos níveis de água e óleo, o que reduz os poros. Além disso, é importante sempre usar protetor solar.

Prejudicar a pele das costas ao usar mochilas

Em quase 50% das pessoas que apresentam acne, esse problema afeta precisamente as costas. Na verdade, é o resultado do acúmulo de células mortas da pele e sebo nos poros, combinado com bactérias que causam uma reação inflamatória. Evite usar produtos à base de óleo nas costas, eles podem piorar a acne. Além disso, os dermatologistas aconselham optar por aqueles rotulados como “não comedogênicos”, o que significa serem menos propensos a bloquear os poros.

Além disso, os especialistas não aconselham o uso de mochilas: com elas, as costas tendem a transpirar mais. Na sua lista de recomendações estão o uso roupas limpas, banhos regulares e a proteção contra os raios solares.

Usar creme para os pés onde não é necessário

O cuidado diário com os pés, aconselhado por dermatologistas, inclui o uso de creme hidratante. Porém, é importante salientar que não se deve passar o produto entre os dedos, pois, isso pode causar uma infecção. Para tratar essa área do pé opte por um sabonete antibacteriano que também irá ajudá-lo a evitar a transpiração excessiva e os maus odores.

Hidratar a área dos olhos com creme facial

A pele ao redor dos olhos requer cuidados especiais: dermatologistas acreditam que ela precisa de cremes formulados especialmente para a área. Os soros e hidratantes faciais podem conter componentes ativos, como ácido retinóico, muito concentrado para a pele fina. Aliás, a forma de aplicar o creme ao redor dos olhos também merece atenção. Com a perda de gordura subcutânea na pálpebra, torna-se muito fácil ferir ou esticar a pele dessa região. Portanto, os produtos devem ser aplicados com o dedo mindinho, dando batidinhas leves.

Não proteger as tatuagens do sol

Quando a tatuagem é recente, ela parece vibrante e nítida, mas com o tempo começa a desbotar. Para retardar esse processo, é importante cuidar da pele na região tatuada: hidratar com cremes e passar protetor solar.

Qual ou quais desses erros você também já cometeu? Deixe seu relato nos comentários!

Compartilhar este artigo