Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

O jovem que cruzou o país para ver pessoalmente uma amiga que conhecera em um jogo online

Dizem que os jogos on line não criam apenas conexões entre jogadores, mas conseguem também criar laços de amizade.

Hoje, vamos compartilhar uma história muito bonita que demonstra que idade, raça, distância (física) ou mesmo diferentes maneiras de pensar não são nenhum impedimento para uma verdadeira amizade.

No verão passado, Spencer Sleyon, um jovem de Nova York, começou a jogar o famoso Words With Friends. Sem nenhuma expectativa, ele acabou encontrando uma companheira com quem debateu mais de 300 sessões. No final, após muita conversa, eles perceberam que haviam construído uma grande amizade, ao ponto de que ela se transformou em sua conselheira pessoal.

A melhor parte disso tudo é que a outra pessoa é Rosalind Gutman, de 80 anos de idade. Ela vive em Palm Beach, na Flórida. Duas pessoas aparentemente muito diferentes que foram unidas por alguma razão.

Após algum tempo jogando, Sleyon decidiu parar, já que havia deixado muitas outras atividades 'em espera'. Antes, porém, ele pediu uma ajuda para a amiga, que sempre o aconselhou a seguir o sonho de virar produtor musical.

Pouco tempo depois, ele conversou com uma amiga, a filha de uma reverenda chamada Amy Butler, da igreja de Riverside. Sheyon disse a ela que sua melhor amiga era uma “mulher branca de 80 anos que vivia em uma comunidade de aposentados na Flórida”. Imediatamente, com a ajuda da mãe, a jovem decidiu fazer o possível para juntar os dois amigos.

Essa foi a primeira foto compartilhada por Amy Butler e Spencer nas redes sociais. Os dois parecem realmente muito emocionados!

E foi assim que Spencer Sleyon foi de Nova York para a Flórida para conhecer a sua grande amiga Rosalind. O encontro, como era de se esperar, foi super emocionante.

A senhora Gutman levou o amigo para almoçar no seu restaurante favorito, passearam, falaram de seus sonhos, da família e deram conselhos um ao outro, como se nunca tivessem parado de se comunicar.

Qual é a sua opinião sobre os jogos online? Acha que amizades realmente podem surgir? Compartilhe sua opinião nos comentários!