Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20+ Pessoas que há muito tempo perderam a vergonha e o respeito pelo próximo

Lamentavelmente, às vezes há indivíduos com excesso de arrogância entre nossos parentes, colegas, vizinhos e conhecidos. Essas pessoas são capazes de descaradamente violar regras de conduta e padrões morais em seu próprio benefício. Furar a fila, visitar sem ser convidado, ficar pedindo eternos favores e se instalar na casa dos outros por dias a fio são só alguns exemplos do que elas são capazes. Já as educadas, devido ao atrevimento alheio, ficam sem palavras no calor do momento, mas não perdem a oportunidade de desabafar na Internet.

Depois de ler várias histórias, o Incrível.club concluiu que algumas pessoas sem noção parecem sentir prazer na audácia. Acompanhe a seguir casos reais.

1.

De vez em quando, como bônus de pagamento do meu trabalho, eu ganho uma cesta cheia de peixes frescos (como bacalhau, sardinha, camarão, etc.). Como não dá para comer tudo de uma vez só e não fica tão bom se congelar, então cozinho uma parte e levo o resto para minha vizinha, que é uma vovozinha com quem fiz amizade.

Uma vez, como ela não estava em casa, resolvi dar a cesta de peixes para os donos de uma pizzaria (com quem também tínhamos amizade) ao lado de nossa casa, até porque eles poderiam preparar e comer diretamente no próprio estabelecimento. No dia seguinte, a vovozinha foi reclamar comigo, perguntando por que eu dei o peixe DELA para a pizzaria. Eu e meu marido ainda estamos chocados com a audácia. © Ficodindia / pikabu

2.

Estava no metrô já tarde da noite, cansado e cochilando, quando, de repente, meus fones foram arrancados do meu ouvido. Abri os olhos e ao meu lado estava uma senhora que enfiou meus fones nas orelhas dela e disse: “Não consigo cochilar com todo esse barulho”. Na hora eu não entendi direito o que estava acontecendo, mas depois disse: “Se quiser eu alugo os fones de ouvido por 7 reais, e 14 reais com música”. Ela ficou muito brava, me culpando pela insensibilidade, falta de educação e grosseria, dizendo que nunca tinha visto alguém assim antes... © Bill_Cipher / AdMe

3.

4.

Eu dava carona para uma mulher que trabalha comigo, porque moramos na mesma região. Uma vez avisei que teria um compromisso depois do serviço e que não voltaria para casa, para que ela não me esperasse. Então ouvi dela uma ordem como resposta: “Leve-me embora primeiro e depois você vai para onde quiser”. Depois disso, nunca mais dei carona e agora ela volta sozinha para casa e de ônibus. © type59 / pikabu

5.

Temos uma horta no sítio, onde todo fim de semana plantamos, regamos e fazemos tudo o que é necessário. Também temos uma grande plantação de diferentes variedades de morangos. Num fim de semana, fui olhar os moranguinhos e vi uma vizinha nossa já de idade colhendo as frutas e colocando-as em dois baldes de dez litros já cheios, e ainda havia dois vazios. Cumprimentei-a para que ela notasse minha presença e fosse embora, mas a mulher continuou pegando como se nada tivesse acontecido. Então perguntei: “Você não está cansada ou com dor nas costas depois de colher tanto assim?”. Ela então saiu e gritou ao marido para que recolhesse os baldes. Quando o senhorzinho veio buscá-los, os entreguei vazios...

Para se vingar, a velhinha ainda foi às escondidas até a nossa plantação e colheu todos os morangos verdes para que não sobrasse mais nenhum.

Depois, não satisfeita, ainda veio se queixar conosco, dizendo que nossos morangos são azedos e que os dos outros vizinhos são muito mais doces e saborosos. E comentou que teve de gastar um monte de açúcar para conseguir fazer uma geleia com os morangos. © Nadyusha / AdMe

6.

Uma conhecida que vi duas vezes na vida me ligou e disse que estava procurando uma editora para sua nova revista. Ela sabe que eu trabalho como editora há muitos anos, por isso decidiu me oferecer a vaga. Recusei a oferta, já que estou engajada em outro projeto e o tema da nova revista não é muito a minha praia. Então ela me pediu para recomendar alguém. Respondi que se lembrasse de algum profissional, com certeza entraria em contato com ela. Nos despedimos e até aí ok. Depois de três horas, essa mulher me liga nervosa, gritando comigo e me chamando de ingrata, falando que eu a decepcionei por ter prometido encontrar alguém para a vaga de emprego e que já era fim de expediente... © EUPHORIA / AdMe

7.

8.

Minha amiga tinha uma ótima relação com uma família que morava na vizinhança dela. Ela sempre levava comida e doces para eles, além de ensinar inglês de graça para a menininha. Como morava sozinha, os vizinhos também sempre a ajudavam, retribuindo com bolos e até levando remédio quando ela ficava doente.

Um dia, minha amiga teve de viajar a trabalho e deixou as chaves do apartamento com essa família, para que eles regassem as plantas. Quando retornou, trouxe presentes para os vizinhos e os convidou para um café da tarde. Durante a conversa, a vizinha deixou escapar: “Verônica, acabei encontrando, sem querer, as correspondências do seu namorado que estavam dentro de sua cômoda. Ele é tão romântico e carinhoso. Ficamos chocados com tantas palavras lindas”. Obviamente, minha amiga ficou ainda mais chocada do que eles... © Ольга Воронина / AdMe

9.

Meu marido é fotógrafo e já perdi as contas de quantas ofertas ele recebeu para fotografar o evento de alguém em troca de doces e bebidas. As pessoas acham que isso é entretenimento e não trabalho. Tipo, elas pensam que se oferecerem comida e bebida para ele na festa, então não custa nada tirar algumas fotos de graça. Essas pessoas deveriam saber que a gente não paga as contas com pedaços de bolo. © Александра / AdMe

10.

Eu ia fazer uma viagem de negócios e ficaria fora por quase um ano. Meu primo soube disso e pediu para morar no meu apartamento, junto com sua esposa e filho pequeno, enquanto eu não voltasse. Acabei deixando, já que eles moravam em uma república.

Quando voltei, vi que as paredes e móveis foram todos desenhados e arranhados pela criança, mas relevei a situação. Depois de um tempo, descobri que eles não pagaram as contas de água e luz por um ano! Liguei para tirar satisfação com meu primo e ele respondeu: “Então você também me deve dinheiro por termos cuidado e protegido seu apartamento enquanto estava fora!” © chochinga / pikabu

11.

12.

Uma vez, tivemos nossa casa inundada pelo vizinho do apartamento de cima, porque o cano de água dele estourou. Acontece que, antes disso, ele achou que conseguiria trocar sozinho o cano quebrado e consertar as coisas.

Não vou ficar descrevendo o pesadelo que foi a situação toda. Só temos a agradecer que os outros cômodos não foram inundados, apenas o banheiro e o corredor. Assim que tudo aconteceu, de manhãzinha corremos para avisar o vizinho e simultaneamente chamamos um encanador profissional. Como resultado, o fornecimento de água foi cortado até a hora do almoço, mas depois retornou para todo o prédio, menos para ele que morava no último andar.

À noite, o vizinho que causou toda essa confusão bateu na nossa porta pedindo grosseiramente para deixá-lo usar o banheiro, já que ainda estava sem água. Quando perguntei por que deveríamos fazer esse favor, ele simplesmente respondeu: “Porque foi por sua causa que minha água foi cortada. Se você não tivesse corrido para chamar o encanador, eu teria resolvido tudo sozinho e minha água não teria sido cortada”. © Anastomus / AdMe

13.

Moro no litoral e sempre recebia visitas dos parentes com muitas crianças para passar as férias na praia, como se minha casa fosse um tipo de acampamento infantil. As coisas pioraram quando alguns dos familiares começaram a trazer seus amigos. Até que a ficha deles caiu e começaram a recomendar aos que queriam passar férias na minha cidade para ficarem hospedados em um hotel. Por causa disso, somos os vilões da história. © pushmasterforce / Pikabu

14.

Eu vendia adereços para ensaio fotográfico infantil e em nosso anúncio tinha uma criança dentro de um carrinho de bebê segurando os enfeites. Uma mulher escreveu para mim, dizendo que precisava urgentemente da decoração, que tinha muitos filhos e que não tinha muito dinheiro. Então fechamos negócio.

Ela veio buscar os adereços dirigindo um carro bom, roupas de grife e o mais recente iPhone nas mãos. Entreguei a sacola de enfeites e ela me olhou indignada, dizendo:
— Onde está o carrinho?
— Que carrinho? Eu só vendo adereços...
— Tinha um carrinho de bebê na sua postagem. Você deu para outra pessoa, né? Achei que já tínhamos combinado!
— Pera lá, o post dizia que eu só vendo os enfeites para a sessão de fotos.

A mulher inconformada, antes de ir embora, ainda me disse:
— Perdi dinheiro por sua causa! Já tinha arrumado uma cliente para este carrinho, o que vou dizer para ele agora? Enganadora!

Depois disso ela se virou com raiva e foi embora. Fiquei tão em choque que não soube o que dizer. © Виктория Грегор / AdMe

15.

Isso aconteceu quando os celulares ainda eram de botões e praticamente ninguém costumava bloqueá-los com senhas. Um belo dia, deixei o meu em cima da minha mesa no trabalho e saí. Quando voltei, vi um colega olhando minhas fotos no celular. Ao me ver, ele disse: “Você foi para a praia no fim de semana? Gostei do maiô!” © Бутербродик / AdMe

16.

17.

Quando eu estava com seis meses de gravidez, uma vizinha veio nos visitar. Ela esperou até que minha mãe fosse para a cozinha e foi na ponta dos pés para o cômodo onde eu estava trabalhando. Depois, veio por trás de mim em silêncio e colocou as mãos na minha barriga, dizendo: “Só quero tocar”. Eu levei um susto imenso e saltei gritando: “Não toque em mim!” Que tipo de gente é essa que invade o espaço pessoal dos outros sem permissão? © Forat Love / AdMe

18.

Assim que comprei um apartamento na capital, surgiram imediatamente vários parentes do interior, que eu não via há muito anos. Tratavam-me como se fossemos próximos e amigos de longa data, mas, na verdade, eram completos estranhos. Durante os 14 anos em que vivi na mesma cidade que eles, nunca me chamaram para evento algum. Segue a lista do que já me pediram de favor depois da minha mudança:
— Nós (quatro pessoas) vamos a trabalho para a capital, poderíamos ficar uma semana aí com você?
— Minha filha passou na universidade e precisa de um lugar para ficar por duas semanas. Deixe ela ficar no seu apartamento, daí você aproveita para lhe mostrar a cidade.
— Me empresta 10.000 reais?
— Dá para você ir atrás de alguns produtos para mim e me dizer o preço deles? © TTPOKYPOP / pikabu

19.

Uma amiga viu um anúncio na Internet de um homem que vendia fraldas por um preço baixo. Tinha até fotos no site, mostrando um monte de pacotes de fraldas. Então ela ligou para ele e perguntou intrigada para saber por que as fraldas eram tão baratas e de onde elas vinham. O homem respondeu calmamente que sua esposa trabalhava em um orfanato... Indignada, ela brigou com ele e depois desligou o telefone. © “Подслушано” / Ideer

20.

Divido apartamento com uma amiga e decidimos trocar a pia da cozinha, porque a que tínhamos era muito velha. Quando os encanadores chegaram, os levamos para a cozinha e fomos para o quarto. Depois de um tempo, resolvi ver como estava o andamento do serviço, mas me deparei com eles comendo nossa melancia, que estava sobre a mesa. © “Подслушано” / Ideer

21.

Tenho meu próprio restaurante e, às vezes, me reúno com amigos e ofereço tudo por minha conta. Até que um dia uma colega apareceu toda contente, dizendo que iria casar e queria comemorar o casamento no meu estabelecimento. Então conversamos sobre o menu e depois eu disse o preço final com desconto. Ela imediatamente fechou a cara para mim. Acontece que ela achou que, como éramos amigas, eu faria tudo de graça. © “Подслушано” / VK

Você já teve algum problema parecido antes por causa de pessoas folgadas? Conte sua história para a gente nos comentários!