Incrível
Incrível

20+ Pais que sempre têm um motivo de orgulho de seus filhos

Pais e mães amorosos sempre têm um motivo para se orgulhar de seus filhos. O pequeno usou o penico pela primeira vez? Muito bem. Aprendeu a amarrar os cadarços? Que menina inteligente. Sabe a tabuada de cor e salteado? Uma criança prodígio! Infelizmente, acontece que esquecemos de alguns desses momentos alegres com o tempo. Mas os pequenos, às vezes, fazem coisas que depois se tornam as memórias mais valiosas dos pais, guardadas em seus corações por muitos anos.

Nós, do Incrível.club, acreditamos sinceramente que toda criança merece ser elogiada e estamos felizes em compartilhar histórias de pais e mães que tiveram um motivo especial para ter orgulho de seus filhos. Confira!

  • Todas as manhãs e todas as noites, eu e meu filho de 4 anos passeamos com o nosso cachorro. Eu disse que cada dono deve limpar as fezes de seu animal, argumentando que, por exemplo, a gente não faz o número 2 no chão do banheiro da nossa casa. Esta manhã, no parque, ele viu uma mulher que deixou as fezes de seu cachorro na calçada e gritou para ela: “Você também faz cocô no chão da sua casa e não limpa?” A mulher ficou vermelha de vergonha. Estou orgulhosa do meu pequeno! © Palata № 6 / Vk

  • Outro dia, flagrei a minha filha de 6 anos roubando punhados de feijão verde da mesa. Ela ignorou completamente um saco cheio de doces que estava ao lado da geladeira. Tenho orgulho dela, apesar de que esse seu comportamento parece um pouco errado! © NailPolishIsWet / Reddit

  • Meu filho tinha 8 anos quando foi acampar nas montanhas com sua turma da escola. Lá, eles encontraram lesmas. Meu filho adora todo tipo de moluscos. Quando voltou para casa, me disse: “Mãe, uma delas era tão linda, rastejando sobre o meu braço. Eu queria tanto colocá-la em um pote e trazê-la para casa... Mas se um gigante me pegasse, me colocasse em um pote, me chamasse por um nome desconhecido e jogasse comida horrível para mim, eu me sentiria mal. Então, pensei naquela lesma novamente e a deixei na sua própria casa”. Sinceramente, meus olhos se encheram de lágrimas. Foi então que percebi que posso não ser a mãe perfeita, mas estou definitivamente no caminho certo. © Constance Pomuran / Facebook

  • Minhas filhas são o meu orgulho. Minha filha mais velha é uma mãe maravilhosa para os meus três melhores netos do mundo, tem dois empregos e ainda consegue cuidar da casa. Respeito-a por sua coragem e força. Minha filha mais nova nunca tirou notas abaixo de 10. Ela terminou o Ensino Médio um ano adiantado, entrou na faculdade de Enfermagem, formou-se com honras e agora trabalha em uma UTI. Tenho muito orgulho das conquistas delas. © Jessica Stringer / Quora

  • Hoje, meu filho de 9 anos viu que uma senhora esqueceu sua bolsa em cima do caixa eletrônico e saiu do banco. Ele gritou para mim: “Mãe, aquela senhora esqueceu a bolsa dela, vou alcançá-la”. Após dez segundos, acompanhada do meu filho, a mulher voltou correndo para o prédio. Ela explicou que havia perdido duas pessoas próximas no último mês, por isso estava tão distraída. Ela tentou remunerar seu benfeitor, mas ele disse: “Estou passando o bastão do bem para você”. As palavras dele me deixaram extremamente feliz. O pequeno pegou a minha mão e concluiu tranquilamente: “Mãe, vamos, nosso trabalho por aqui está feito!” © LadyCh / Pikabu

  • Uma menina com autismo começou a estudar na turma da minha filha Hana. O professor perguntou às crianças se alguém poderia ficar com ela durante os intervalos, mostrar a cidade para menina, ficar de olho nela, etc. Ninguém levantou a mão, mas a minha filha sim. Tenho orgulho da minha pequena porque ela se importa com os outros. © Carly McPherson / Quora

  • No jardim de infância do meu filho, houve um dia em que os pais substituíram os professores e, um depois do outro, passaram um tempo com as crianças. Eu fiquei com a turma até a hora do café da manhã. Brincamos com jogos ativos, fizemos exercícios físicos e nos divertimos um pouco. Em algum momento, mudamos de sala e acabamos em uma com carpete. Todas as crianças tiraram os sapatos, exceto uma menina com paralisia cerebral. Então o meu filho de 5 anos se ajoelhou, ajudou a menina a tirar as sandálias e continuou brincando, como se nada tivesse acontecido. Nem eu pensei em ajudá-la na hora, e ele mesmo se ofereceu. Estou orgulhoso dele. Espero que se torne uma pessoa gentil e prestativa. © LordDrako / Pikabu

  • Meu filho mais velho tinha uns 8 anos quando estava brincando no parquinho e um garoto mais velho, de cerca de 12 anos, começou a atirar pedras nele. Uma das minhas filhas gêmeas de 4 anos, uma menina pequena e magrinha, se aproximou do valentão e gritou: “PARE DE ATIRAR PEDRAS NO MEU IRMÃO!” Depois ficou parada encarando o garoto até que ele ficou envergonhado e foi embora. © OpusThePenguin / Reddit

  • Um pouco antes do Natal, eu disse à minha filha de 4 anos: “Vamos escrever uma carta para o Papai Noel. Qual presente você quer?” A pequena respondeu: “Quero que os meus pais tenham uma vida longa e saudável. Não preciso de brinquedos, porque já tenho muitos”. Meu marido e eu ficamos emocionados. Ela disse o mesmo ao Papai Noel do jardim de infância e deixou todos os adultos pensativos... Tenho três filhos e tenho muito orgulho deles! © Irina Dremlyugina / Facebook

  • Tenho um filho de 5 anos, um menino bem pequeno e magrinho. Certa vez, no metrô durante o horário do pico, eu estava de pé, e o meu filho, sentado. Entrou uma senhora de idade e ninguém cedeu um lugar a ela, como se não tivessem notado a mulher. Já o meu filho começou a se levantar, mas o puxei para trás para ele se sentar, senão ele iria ser esmagado pela multidão. O pequeno me olhou seriamente, cedeu o lugar e disse baixinho: “Não me envergonhe, sou homem”. Fiquei pasma com as palavras do meu filho de 5 anos. Não pensei que ele fosse tão sério e capaz de tomar decisões que, acima de tudo, eram certas. Tenho orgulho do meu homenzinho e espero que ele se torne uma boa pessoa! © Palata № 6 / Vk

  • Uma menina nova começou a frequentar o jardim de infância do meu filho. Ela usa o mesmo aparelho de correção para as pernas que o Forrest Gump. Recentemente, o professor deles começou a reclamar do meu filho, dizendo que ele batia em outras crianças. Quando perguntei ao pequeno por que estava se comportando assim, ele respondeu: “Mas por que os outros incomodam e magoam a minha amiga?” As crianças a empurravam, e o professor só reagia quando ouvia gritos. Elogiei o meu menino por sua honestidade e generosidade. © Kiraussr / Pikabu

  • Minha filha mais nova se casou com um homem divorciado muito legal. Ele tem dois filhos pequenos do primeiro casamento, com os quais se encontra nos finais de semana e nas férias. Minha filha felizmente assume o “papel de mãe” durante esse período e se dá muito bem com as crianças. Ela as vê como um acréscimo, e não um peso. Isso me deixa muito orgulhoso. © David Austin / Quora

“Vera, Nikita, Eva, Alena, Maxim, Pepino”

  • Alguns anos atrás, quando o meu filho estava com cerca de 6 anos, o pai dele e eu estávamos brincando de luta, mas o pequeno pensou que estávamos brigando de verdade. Ele se aproximou de seu pai, empurrou-o com toda a força e gritou: “Não se atreva a bater na minha mãe, não se atreva!” Tenho o meu próprio guarda-costas. © cherryberrygirl / Reddit

  • Minha filha toca flauta. Em seu primeiro recital, ela estava tocando lindamente. Depois errou uma nota, mas continuou tocando como se nada tivesse acontecido. Apenas ela, sua professora e eu sabíamos que ela havia errado. Fiquei muito orgulhosa dela porque muitas crianças teriam parado e saído correndo do palco com lágrimas nos olhos. © Sally Hopping Riley / Quora

  • Os idosos adoram o meu filho. Quando pequeno, ao entrar em um ônibus lotado, ele perguntava em voz alta: “Mas onde é que eu posso sentar?” Porém, as nossas conversas sobre boas maneiras deram resultado. Agora ele costuma ceder o lugar até em ônibus meio vazios, cumprimenta todos, sempre pergunta aos idosos sobre a saúde deles, puxa conversa falando sobre suas notas na escola e ajuda a carregar suas malas. Além disso, ele também me ajuda muito. Tenho orgulho do meu pequeno. Ele não é uma celebridade nem atleta, mas um garoto gentil. Isso significa muito. © Katerina Bondareva / Facebook

  • Eu estava na parada de ônibus com o meu filho de 5 anos, que estava chorando muito alto. Como muitas vezes acontece, uma senhora de idade se aproximou da gente e disse: “Ai-ai-ai, se você não se acalmar, vou te entregar para o velho do saco”. Respondi pacientemente: “Obrigada pela preocupação, mas somos contra esse método de educação e vamos resolver a situação sozinhos”. Depois disse ao meu filho que o amo muito e não iria entregá-lo a ninguém. A senhora começou a me dar um sermão, e o meu filho respondeu calmamente: “Sou eu quem vai entregar a senhora para o velho do saco se não parar de incomodar a minha mãe!” Tenho orgulho do meu filho. © Podsluschano / Vk

  • Nosso filho se formou na escola neste ano. Ele tirou boas notas nas provas finais, o que deixou a nossa família e os professores dele agradavelmente surpresos. Já ele apenas disse que tinha trabalhado seus pontos fracos. Recentemente, ficou claro como o milagre aconteceu. Algum tempo atrás, o meu filho perguntou:
    — Pai, posso dar o meu laptop de presente à minha amiga Aline? Ela começou a estudar com a gente há um ano e meio e é órfã. Acho que você lembra.
    — Acho que sim. Mas por que você quer dar a ela esse presente?
    — É que foi ela que me ajudou a tirar uma pontuação tão alta nas provas finais da escola. Estudei com a Aline quase todo fim de semana na casa dela.
    — Mas você não vai precisar do laptop?
    — Vou distribuir panfletos nas férias e guardar dinheiro para um novo. A família da Aline não tem muita condição, e ela dificilmente vai juntar o suficiente para um laptop.
    Depois da nossa conversa, deixei o meu filho dar seu laptop para a garota. E sabe, amanhã eu mesmo vou comprar um novo aparelho para ele. Estou muito orgulhoso dele! © kapitan066 / Pikabu

  • Hoje, eu estava conversando com o meu filho de 8 anos. Ele me contou que se apaixonou por uma colega de turma chamada Christina. Quando eu disse que gosto mais de sua colega Tamara, ele se aproximou, me abraçou, me beijou e respondeu: “Mamãe, te amo muito, mas sou capaz de cuidar da minha própria vida pessoal!” Qual foi a minha reação? Fiquei orgulhosa dele. Um homem de verdade está crescendo! © Palata № 6 / Vk

E qual foi o motivo de orgulho que o seu filho já lhe deu? Deixe seu relato nos comentários!

Imagem de capa Podsluschano / Vk
Incrível/Histórias/20+ Pais que sempre têm um motivo de orgulho de seus filhos
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos