Incrível
Incrível

16 Pessoas que aprenderam na pele que a primeira impressão nem sempre é a que conta

Parece que os famosos conselhos de “não julgar um livro pela capa” e “não julgar uma pessoa pela roupa” têm algum fundamento. Porém, muitas vezes, julgamos os outros pela primeira impressão que causam — a partir da aparência. Só é importante lembrar que ela pode estar errada.

Nós, do Incrível.club, encontramos histórias em que a realidade não apenas surpreendeu, mas também provou que talvez não seja a melhor ideia tirar conclusões precipitadas baseando-se apenas na primeira impressão. Confira!

  • Eu tinha 17 anos. Estava em uma viagem de trem de longa-distância, as pessoas entrando e saindo, e havia apenas lugares para sentar, as camas estavam todas ocupadas. E o meu percurso duraria 2,5 dias. Então, à noite, acordei com um homem estranho me cutucando. Ele disse: “Moça, vou sair agora. Vá deitar na minha cama para você, pelo menos, dormir um pouco”. Fiquei tão grata a ele. © Anna Kiriak / AdMe
  • Uma corretora de imóveis me contou isto. Um senhor malvestido, com camiseta furada e chinelo apareceu no escritório e acabou comprando um apartamento no centro da cidade em um dos melhores condomínios. Ele levou o dinheiro em uma sacola. © Bulatovasa / Pikabu
  • Meu chefe me repreendeu por eu ter ignorado uma cliente bem-vestida e que tinha “potencial” para dar atenção a um homem que “parecia um fazendeiro de roupa suja”. Ele, na verdade, era um homem de negócios local: trabalhava com cavalos, por isso a roupa suja. Por fim, aquela senhora “com potencial” comprou apenas uma blusa na promoção, e o homem encheu nossa caixa registradora. © Lara / Quora
  • Trabalho no ramo de joalheira e posso afirmar que nunca devemos julgar alguém pela aparência. Homens de aparência desleixada já compraram comigo os presentes mais caros a suas esposas, portanto nada mais me surpreende. Sou educada com todas as pessoas. © Anna Abramova / AdMe
  • Certa vez meu amigo veio me visitar, e ele estava vestido assim: calça com lama até os joelhos, casaco cheio de furos. Então, fomos ao mercado. Primeiro, notei o olhar de suspeita da funcionária; depois, o de surpresa — quando meu amigo tirou um bloco de dinheiro do bolso. O que acontece é que ele tem um escritório de geodésia, e seu motorista o havia levado diretamente dos campos de trabalho. O bloco de dinheiro era o salário dos seus funcionários. © Hikawasan / Pikabu
  • Uma vez, num concerto de piano, vi uma participante um tanto quanto diferente. Ela era uma espécie de adolescente rebelde, com jeans rasgado, botas de exército e cabelos ruivos. Em meio a princesas clássicas do piano, ela sobressaía. Mas então ela começou a tocar a valsa de Chopin: mesmo com erros, havia sinceridade na apresentação. A garota realmente amava música clássica, mas talvez só não lhe avisaram sobre o traje do evento. © Nadejda Aytan / Facebook
  • Eu precisava fazer uma viagem de trem à noite. Entrei no vagão vazio, a mesa estava suja de restos de comida e lixo por toda parte. Então, dois homens de uns 35 anos entraram. Fiquei um pouco nervosa. Resultado: ao me verem, os homens se desculparam e começaram a limpar tudo. © Aneta / AdMe
  • Um homem entrou na loja de eletrodomésticos onde meu marido trabalha. A aparência dele não era nada polida, mas o homem comprou uma máquina de lavar roupa bem cara. Ele pediu para entregarmos em casa e apresentou seu documento para confirmarmos sua identidade. Descobrimos, assim, que ele era um ator famoso! Nunca mais julgue um livro pela capa. © Jodie-Beth Galos / Quora
  • Jantávamos em um restaurante. O rapaz ao lado não parecia estar se dando bem com sua namorada. Ele não parava de falar, e ela mal sorria de volta. Pensamos que podia ser um encontro às cegas. Então, depois, o rapaz levantou e ajudou a garota a se sentar na cadeira de rodas. Ela devia ter sofrido algum acidente, por isso sorria pouco. © Thomas Barnidge / Quora
  • Havia uma menina quietinha no nosso grupo. Ela sempre usava calças largas, suéter folgado e óculos. Pensávamos que ela não queria socializar com ninguém, mas depois pudemos conhecê-la melhor. Descobrimos que era dançarina. Na verdade, era uma garota muito inteligente e bonita, mas preferia esconder seu corpo no dia a dia. © Lyra Burns / Quora
  • Eu estava em um set de gravação no inverno. A fome que eu estava sentindo era descomunal. Não pude esperar a equipe preparar o lanche e fui ao restaurante mais próximo. Entrei do jeito que estava vestida: com chinelo, casaco velho e um chapéu espalhafatoso. Fui recebida com certa surpresa nos olhos, mas me serviram normalmente. Depois, acabei conversando um pouco com o garçom. Ele riu e disse: “Assim que você entrou, pensamos que ou você era indigente ou era milionária”. © 11ore11 / Pikabu
  • Sou estudante e estava à procura de vídeos para estudar. Então, me deparei com a gravação de um menino que parecia um modelo. Não dei atenção a ele e continuei procurando. Mal sabia eu que esse rapaz era um especialista no ramo de engenharia aeroespacial e que tinha até diploma de mestrado. © Jayshri / Quora
  • Fui ao mercado com uma camiseta velha, barba malfeita e fisionomia de cansado. Na fila, duas típicas blogueiras do Instagram: “Você está no meu caminho! Saia da frente!” Porém, quando viram minha carteira cheia de dinheiro, a expressão no rosto delas mudou imediatamente e pareciam estar mais interessadas em mim do nada. © geroinu4 / Pikabu
  • Comprei um presente para minha esposa no nosso aniversário de casamento. Eu trabalho com obras e fui à loja logo após ensinar os novatos como trocar o asfalto. A vendedora me olhou e começou a me mostrar os anéis mais baratos. Depois que viu minha carteira com dinheiro, começou a trazer as opções mais lindas e caras. E ainda me ofereceu sorvete enquanto eu escolhia — um mimo para os clientes preferidos. © vbv82 / Pikabu
  • Eu estava jantando em um clube privado. Na mesa ao lado, um cara que parecia um produtor de cinema: acima dos 50 anos, bronzeado, terno impecável. Com ele, uma modelo de uns 20 anos, que usava um vestido aberto por trás. “Aham, já entendi que tipo de homem é esse”, pensei. Então, a garota soltou: “Papai, quando mamãe voltar, vamos comer aqui de novo?” © Thomas Barnidge / Quora
  • Minha amiga levou a filha ao parquinho. Então, apareceu uma mãe com fisionomia e roupas desgastadas com seu filho. Enquanto as crianças brincavam, minha amiga já se preparava para o pedido de dinheiro. A aparência da mulher era gritante. A surpresa foi quando essa mãe entrou em um carro conversível e foi embora. Aparentemente, ela possuía imóveis por todo o país. © Vladivosto2001 / Pikabu

E você já foi julgado ou julgada por conta de estereótipos? Ou, talvez, você mesmo tenha julgado alguém de forma errada? Compartilhe conosco!

Incrível/Gente/16 Pessoas que aprenderam na pele que a primeira impressão nem sempre é a que conta
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos