Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

16 Frases de crianças que mostram o quanto elas são geniais

5--3
48k

Já reparou que muitas crianças são mestres natos de diálogos? Às vezes, dá vontade de andar com um papel e uma caneta para anotar as pérolas que elas dizem. Não fica claro se esse talento está relacionado com o fato de que elas ainda não pensam “como adultos”, ou se depende diretamente da capacidade extraordinária das crianças de criar fantasias. Mas uma coisa é certa: muitas vezes aqueles pequenos falam cada coisa que fica difícil não cair na gargalhada quando estamos perto.

Nós, do Incrível.club, já apresentamos a você histórias sobre a imaginação infantil. Mas isso é um tesouro tão lindo que simplesmente não conseguimos parar de escrever sobre o assunto.

  • No metrô. Menina de 5 anos com sua mãe.
    Mãe: “Olha, meus olhos são azuis como o mar. E os seus?”
    Menina: “Os meus são castanhos. Como...”
    Mãe: “Como chocolate!”
    Menina: “Como barro!” © _UNESCO_K / Twitter

  • “Eu gostaria de governar o mundo”, — disse meu filho de 5 anos com uma voz triste, — “mas, provavelmente, eu vou crescer e virar um tio velho chato, que trabalha em alguma loja ganhando pouco dinheiro”. Essa foi minha deixa para criar uma conta no Twitter para ele. © lessprit / Twitter

  • Uma colega do trabalho me contou esta história. Ela estava na van com um garoto de uns 3 anos e meio sentado sozinho. De repente, entrou um homem velho um pouco bêbado e sentou ao lado do menino. Ele olhou para a criança e perguntou:
    — Ei, garoto, qual o seu nome?
    — Igor!
    O homem sorriu e depois novamente perguntou:
    — E quem você quer ser quando crescer?
    O menino olhou para o homem como quem estivesse sem paciência:
    — IGOR!!! © My Story / ВКонтакте

  • Estava sentada em um café, à espera de uma reunião de negócios. Entrou uma mulher de uns 60 anos com uma criança de 6-7 anos. Eles se sentaram perto de mim, e eu pude escutar o diálogo deles:
    — Dani, a mochila está pesada?
    — Não.
    — E a escola está difícil?
    Com os olhos tristes e cabisbaixos, Dani respondeu:
    — Vó, viver com a sua filha é muito mais difícil de aguentar do que essa mochila, tabuada e escola juntos. © Палата № 6 / ВКонтакте

  • Estava no trabalho quando recebi uma ligação do meu filho de 10 anos: “Mãe, você não morreu?” Até me engasguei com o chá.
    — Não, — respondi, — o que aconteceu?
    — Nada, você só não me ligou hoje. © nuJazheGovorila / Pikabu

  • Meu filho tem 4 anos. Comprei uma vassoura nova para casa, e meu filho corre com a vassoura todas as manhãs para varrer algo. Uma das manhãs, eu levantei, e ele estava sonolento varrendo a cozinha, quando o escutei dizer: “Caramba, como queria ir ao banheiro, mas preciso trabalhar...” © Палата № 6 / ВКонтакте

  • Estava sentada com meu marido quando, de repente, entrou na sala nosso filho (7 anos) e disse: “Mãe, pai, eu tenho algo para mostrar a vocês”. “Mostra” — respondemos. Ele colocou seu álbum de desenho sobre a mesa, pegou seu lápis, abriu a primeira página e, apontando com o lápis, mostrou o que estava escrito: “Eu quero virar um gato. Apresentação”. Depois a folha seguinte: “Por que eu quero virar um gato:
    1. Gatos comem muito.
    2. Gatos dormem muito.
    3. Gatos não vão às aulas.
    4. Gatos não pagam aluguel.
    5. Gatos têm serventes de duas pernas.
    6. Gatos são fofos.”
    Terceira página: “Fim”.
    “Então, mãe, pai, eu mostrei para vocês minha apresentação. O que vocês têm para me dizer? Posso virar um gato e não ir para a escola amanhã?” © Палата № 6 / ВКонтакте

  • Minha mulher tinha chegado em casa do salão. Eles cortaram o cabelo dela, digamos, curto demais, e ela estava chateada e nervosa:
    — Como eu vou trabalhar ASSIM?!
    Nossa filha de 5 anos, com uma expressão séria e calma, disse:
    — Mãe, não se preocupe! Eu tenho uma máscara de coelhinho! © My Story / ВКонтакте

  • Levei meu filho para a cama e, perto dele, na parede, tinha uma aranha vermelha do tamanho de uma caixa de fósforos. Eu perguntei:
    — Você se incomoda de dormir assim, filho?
    — Não consigo, mãe, tira a aranha dali.
    E assim começou a operação “forças armadas” para a liquidação de um inseto no quarto do meu filho. Busquei uma vassoura enquanto meu filho abria a janela o máximo possível. Bati com a vassoura cautelosamente na parede e derrubei no chão a violadora do sono. Meu filho estava bem longe nessa hora. Depois, cobri com um pano e joguei a aranha pela janela, no meio da noite. Depois de um segundo, escutamos um barulho de queda (como se uma pessoa tivesse caído do telhado). Nós dois ficamos em choque. Meu filho, então, disse: “Mãe, da próxima vez você pode dar uma bofetada direto nela.” © 123mi / Pikabu

  • Ontem foi aniversário da minha sogra. Marcamos de visitá-la no final de semana, mas, por enquanto, minha esposa dava os parabéns à sua mãe por telefone. Nosso filho mais velho fazia trabalhos da escola com o amigo, que era nosso vizinho.
    Perguntei ao meu filho:
    — Não quer dar parabéns para sua avó no telefone?
    — Não, dê você parabéns. Se eu atender o telefone, ela vai me desejar mil coisas como se o aniversário fosse meu, e vamos ficar no mínimo 30 minutos falando.
    Nessa hora, o amigo complementou:
    — Sempre que é aniversário de alguma avó minha, eu escrevo algum poema lindo e recito no telefone. Eles sempre começam a chorar rapidamente e desligam o telefone. © 31sulim99 / Pikabu

  • O filho de um amigo está na quinta série. Ele recebeu a nota mais alta na aula de desenho. A professora ficou surpresa com a quantidade inesperada de detalhes no desenho e perguntou:
    — Daniel, alguém te ajudou a fazer o desenho?
    Daniel foi sincero:
    — Sim, ajudaram.
    — Quem te ajudou: mamãe ou papai?
    — Não, foi minha irmã.
    E quantos anos tem sua irmã?
    — 6. © Speranskaya / Pikabu

  • Minha filha pediu para eu comprar uma mochila. Ela é ainda bem pequena, mas já está uma mocinha. Eu não entendi nada da mensagem e tive de ligar. © wylsacom / Twitter

  • Meu amigo contou esta história. A seguir as palavras dele:
    “Meu filho tem 5 anos. Levei ele para o kickboxing. Esperava sentado no corredor até a aula terminar. Bateu o horário e a aula terminou. A porta se abriu e meu filho apareceu correndo com os olhos vermelhos, chorando, mas sorrindo ao mesmo tempo.
    Eu: ‘O que aconteceu?’
    Filho: ‘O treinador gritou comigo. Eu disse que você estava no corredor e que iria bater nele’
    No treinador. De kickboxing.
    E foi nesse momento que eu decidi que era hora de ensinar o meu filho que conflitos devem sempre ser resolvidos de forma pacífica. Sim, por meio de diálogos”. © ashatkin / Pikabu

  • Na escola, perguntaram para um aluno do segundo ano: “Com o que sua mãe trabalha?” Ele respondeu: “Eu não sei direito como essa profissão se chama, mas, em geral, ela desce com homens para o subsolo de prédios”. A mãe trabalha com manutenção de condomínios. © My Story / ВКонтакте

  • Eu sempre soube que meu filho era mais maduro para sua idade. Mas quando fui buscá-lo no jardim de infância e o escutei dizendo para os amigos: “Galera, tudo uma grande mentira: eu vi a barba do Papai Noel na garagem do meu pai”, — eu entendi que ainda tinha tempo de aproveitar a infância dele. © Палата № 6 / ВКонтакте

  • O filho de uma amiga não falava nada até os 5 anos. Ele dizia somente “sim” e “não”. Uma vez, no parquinho, as crianças mais velhas roubaram a bola dele. Ele ficou claramente chateado e quase enfurecido e se aproximou de sua mãe. A mãe perguntou: “Por que você não pegou sua bola de volta? É a sua bola e você precisa proteger as suas coisas!” Nisso, o menino respondeu em alto e bom som: “Tô com medo”. © Палата № 6 / ВКонтакте

Qual foi a última pérola que você escutou de alguma criança? Compartilhe!

5--3
48k