Incrível
Incrível

14 Histórias de pessoas que sabem como esconder seus tesouros nos lugares mais inesperados

Desde os tempos mais primórdios, as pessoas escondem seus objetos de valor para protegê-los de possíveis furtos ou perdas e, também, a fim de preservá-los para gerações futuras. Porém, às vezes, o destino prega peças cruéis: os donos de tais “tesouros” podem se mudar ou simplesmente se esquecer de onde exatamente os haviam escondido. Assim, tais relíquias ficam à espera dos seus herdeiros, ou de apenas alguém que as encontrem — talvez por puro acidente, por exemplo, durante uma reforma.

Nós, do Incrível.club, adoramos ler sobre histórias de raridades e heranças familiares encontradas após muito tempo. Os usuários da seleção de hoje provaram, mais uma vez, que há sempre espaço para mais mistério na vida. Não deixe de conferir abaixo!

  • Meu falecido avô sempre foi muito ativo e viveu uma longa vida. Mas, então, chegou a idade, e ele acabou nos deixando. O apartamento dele ficou vazio por um longo tempo. Foi decido, depois, que antes de vendê-lo, precisaríamos nos desfazer dos itens da casa. Meu pai e meu marido começaram a desmontar a cama e, ao levantar o colchão, caíram alguns envelopes. Descobrimos, assim, que vovô havia economizado uma boa quantia de dinheiro, que mais tarde dividimos igualmente entre os familiares. Com esse dinheiro, pudemos fazer uma boa obra em casa, e meu pai até comprou um carro. Sempre me lembro do vovô com gratidão, por ter nos deixado uma “herança” dessa. © Milamanik / Pikabu
  • Meus pais compraram um apartamento. Os antigos proprietários viajaram para fora do país, por isso deixaram inúmeras coisas. Passada uma semana, após meus pais se mudarem, de repente, alguém batia à porta. O ex-dono entrou e disse que havia esquecido de pegar uma coisa. Ele se aproximou da porta do quarto, retirou a camada superficial e, por dentro, havia um pequeno cofre, preso a um ímã. Dentro, um saquinho com moedas de ouro. © giorgicuda / Pikabu
  • Alugo uma casa que pertencia aos avós dos meus amigos. O avô era um alfaiate profissional, até encontrei um monte de tecidos vintage no armário. A avó era uma pintora e colecionadora de louças de porcelana e bugigangas. Porém, a maior surpresa foi encontrar uma alta quantia de dinheiro escondida em um envelope embaixo do tapete. Dei todo o dinheiro à família deles. © spazberryjam / Reddit

“Encontrei esse anel na parede junto de um colar de pérolas”.

  • Eu conhecia uma família que se mudou para uma casa nova. Isso foi há muito tempo, nos anos 70. Em um belo dia, a campainha tocou. Do outro lado, estava uma mulher, que disse que aquela era a casa dos seus antepassados e pediu para entrar e relembrar as memórias. Eles a deixaram entrar, ela começou a olhar ao redor, foi até a cama do quarto e tirou, da parte de baixo da cama, um saquinho escondido com joias. Explicou que seus parentes lhe haviam deixado essa “herança” há muito tempo, mas só agora pôde ir buscá-la. Por fim, a mulher ofereceu à família de presente alguns brincos e foi embora. © Xoroshistka / Pikabu
  • Cerca de um ano após nos mudarmos para nossa casa nova, decidimos demolir a lareira e a chaminé. Escondidos entre os tijolos, encontramos envelopes datados de 1912 — a data em que a casa foi construída. Também encontramos outras coisas aleatórias, mas a melhor descoberta foi um anel de diamantes. Minha mãe decidiu que esse foi um presente da casa e o guarda consigo desde então. © Niceguy12834 / Reddit
  • Fui contratado para limpar e arrumar uma casa antes de ela ser vendida. Meu empregador disse que eu poderia ficar com o que encontrasse lá. Minha escolha foi a cômoda, que eu pensei em dar de presente ao meu genro. Porém, para minha surpresa, em uma das gavetas, encontrei dinheiro enrolado em papel alumínio. Muitas cédulas novinhas em folha. Liguei para meu chefe e lhe informei o que havia encontrado. Ele me agradeceu pela honestidade e disse que eu poderia ficar com o dinheiro. © Rich Keyes / Quora

“Essa moeda de 1866 foi encontrada na parede da minha antiga casa enquanto fazíamos obras”.

  • Meu sogro comprou um carro usado há cerca de 18 anos e precisou dirigir até outra cidade. Ele dormiu na casa de conhecidos e, depois, foi ao posto de gasolina para encher o tanque antes de partir para a viagem. Então, ele estava sentado no veículo quando alguém, de repente, bateu na janela. Era o vendedor do dia anterior, acenando. Ele abriu a porta, saiu, e o rapaz entrou no carro, levantou o tapete embaixo do volante e tirou de lá um bloco de dinheiro. O que aconteceu foi que ele e o amigo foram vender seus carros juntos no dia. O amigo vendeu o dele e acabou escondendo o dinheiro no automóvel do outro. Agora, como eles conseguiram se encontrar nesse posto de gasolina, ainda permanece uma incógnita. © Arkadash / Pikabu
  • Minha ex-colega de classe e seu marido compraram um apartamento de dois quartos no financiamento. Ainda não havia dinheiro para reforma, pois eles tinham duas crianças para cuidar. Assim, combinaram com o proprietário que ele deixaria os móveis por um primeiro momento até que eles conseguissem se ajeitar. Eles logo se mudaram após assinarem o contrato, mas ao chegarem, parecia que um furacão havia passado pelo imóvel: levaram embora até as lâmpadas e as maçanetas. Mas quando meus conhecidos levantaram o tapete velho, encontraram um saquinho com joias de ouro. Venderam as joias, e o dinheiro arrecadado foi suficiente para fazer uma obra completa na cozinha e comprar até alguns móveis simples. © katerinad / Pikabu
  • Meu amigo ajudou a remover tubos e cabos em uma casa que seria demolida. Lá, ele encontrou três potes dentro da parede com moedas de prata, assim como uma caixa com cédulas antigas de dinheiro. © BishopofBling / Reddit
  • Certa vez, eu estava na biblioteca da cidade e vi uma mesa cheia de livros indesejados: qualquer pessoa poderia pegar o que quisesse. Escolhi um clássico de literatura. Não o li, mas esse livro ficou guardado na minha estante por uns três anos. Então, há pouco, o abri e encontrei um bolo de dinheiro.
  • Durante uma chuva forte, surgiu uma mancha molhada no teto da sala. Fui até o sótão descobrir de onde vinha o vazamento. Encontrei o buraco em um local que era de difícil acesso, por isso comecei a remover o isolamento que estava embebido em água. Então, nessa hora, notei algo brilhante reluzir contra a luz da minha lanterna. Entre duas vigas de madeira, havia um frasco escondido. Mexi as vigas um pouco e vi que havia mais dois similares. Eles estavam cheios de moedas e, em um deles, havia diversas cédulas de dinheiro amassadas. © Patrick Robinson / Quora
  • Minha mãe e eu decidimos vender nossa garagem: papai não estava mais conosco, e nenhuma de nós dirigia. Então, isto ocorreu no Dia dos Namorados. Mamãe separava as coisas quando encontrou um buraco na parede. Lá, havia um saco com joias. Primeiro, ela pensou que eram bijuterias sem valor, mas depois reconheceu o relógio de ouro da vovó. Meu avô e meu pai sempre diziam que minha avó tinha joias de alto valor e ouro, mas ninguém nunca encontrou nada. Então, 25 anos mais tarde, o tesouro da vovó foi finalmente encontrado, e mamãe acha que foi o papai que deu esse presente a ela pelo Dia dos Namorados.

“Isso estava escondido na janela do porão da nossa casa nova”.

  • Comprei uma casa, e minha filha estava me ajudando a pintar as paredes. Então, começamos a desatarraxar e remover os interruptores. Foi aí que notamos que eles não eram de verdade. Quando os removemos, vimos uns compartimentos escondidos e, neles, havia moedas antigas de ouro e duas barras de prata. Aquele dia foi ótimo. © Celeste Dorado Cox / Quora
  • Minha neta e seu marido compraram um apartamento bem barato, sucateado, mas pelo menos era deles. Então, chamaram um caminhão para tirar de lá alguns móveis quebrados e tralhas. Mais tarde, a antiga proprietária ligou e perguntou se eles haviam feito alguma obra. Ao ouvir que não, ela disse que havia esquecido algo lá e pediu para ir buscar. No dia combinado, a senhora apareceu no apartamento junto de seu filho e pediu para que ficassem os dois sozinhos. Saí para a varanda e, após eles irem embora, notei um esconderijo na parede sob um dos aquecedores centrais. Preferi não dizer nada à minha neta, mas não paro de me perguntar: o que será que tinha lá dentro? © poechali / Pikabu

E você, ou algum amigo, já encontrou algum “tesouro” antigo escondido em casa? O que foi? Conte para a gente! Estamos curiosos!

Imagem de capa katerinad / Pikabu
Incrível/Gente/14 Histórias de pessoas que sabem como esconder seus tesouros nos lugares mais inesperados
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos