Incrível
Incrível

14 Fatos sobre a vida na Finlândia que mudarão completamente seu jeito de ver esse país

O número de habitantes, a superfície territorial, os países vizinhos, o sistema de governo e algumas outras características geográficas são dados que geralmente aprendemos sobre um país quando o estudamos na escola ou fazemos uma rápida pesquisa. No entanto, por trás desses números e dados um tanto rígidos se esconde o que realmente torna qualquer país fascinante: sua cultura, seus hábitos, seus costumes e seus habitantes... Muitas vezes, muito diferentes de nós, o que nunca deixa de nos surpreender ao ler suas histórias a milhares de quilômetros de distância e em frente a uma tela.

No Incrível.club acreditamos que conhecer realmente um lugar é aprender sobre sua cultura. Por isso, hoje decidimos trazer 14 curiosidades sobre a Finlândia que você dificilmente encontrará em um livro de geografia ou em um guia de viagem. No final, dois bônus esperam por você com mais algumas surpresas. Confira!

1. Os finlandeses adoram sauna

Nas casas, nas empresas, nos edifícios diplomáticos e até amarrados a um carro, os finlandeses veem na sauna um hábito extremamente benéfico, por isso as constroem até nos lugares mais inusitados. Existem mais de 3 milhões de saunas em todo o país; considerando que a população da Finlândia é de apenas cerca de 5,5 milhões de pessoas, trata-se de um número mais que significativo.

Mais do que uma atividade, a sauna é um ritual de milhares de anos completamente enraizado na cultura finlandesa. Os casais a usavam antes do matrimônio para purificar suas almas e as mulheres, para dar à luz. Hoje se estima que cerca de 90% dos finlandeses vão à sauna ao menos uma vez por semana. É, sem dúvida, um hábito completamente incorporado ao dia a dia.

2. As futuras mamães recebem um presente do governo finlandês


O serviço de segurança social finlandês oferece às futuras mamães uma caixa de maternidade. Trata-se de um kit com 64 itens com tudo o que é necessário para a mãe e o recém-nascido, como roupa infantil, roupa de cama, fraldas, gaze, guia para os pais, produtos de puericultura e até um moisés para o bebê dormir nos primeiros meses.

Para receber esse kit, oferecido no país há mais de 50 anos, as mães devem se inscrever em um exame de saúde antes do quinto mês de gravidez. Também podem optar por receber o valor em dinheiro, embora a maioria opte pela caixa.

3. Têm seu próprio personagem de conto de fadas

Como muitos outros países nórdicos, a Finlândia também tem seu personagem de conto de fadas. Os belgas têm o Tintim, os dinamarqueses, a pequena Sereia e os finlandeses, os Moomins. Com sua história escrita e desenhada por um finlandês, essas criaturas míticas habitam um lugar arborizado conhecido como Moominvalley.

Seu personagem principal é Moomintroll, uma criatura branca e peluda muito parecida com um hipopótamo. Nas casas da Finlândia não é raro ver a entrada sendo guardada por um Moomin de neve, ou encontrar uma xícara de café fumegante adornada com sua figura fofa na mesa.

4. O espaço pessoal é sagrado

Quer caia chuva ou neve, você nunca verá pessoas amontoadas sob o teto de um ponto de ônibus. Em vez disso, notará uma nítida fila, na qual cada pessoa está a três metros de distância uma da outra. Mesmo quando entram no ônibus, os finlandeses preferem se sentar sozinhos ou esperar por outro do que dividir o assento com outra pessoa.

Os finlandeses mostram sua predileção pela distância também em outros aspectos. Em geral, não se cumprimentam com um beijo no rosto quando conhecem alguém; se for uma situação formal, homens e mulheres apertam as mãos, já se for um encontro informal, basta um aceno com a cabeça.

Diferentemente de outras culturas inclinadas a iniciar uma conversa banal com estranhos em qualquer espaço público, para os finlandeses isso não é uma opção, assim como cumprimentar um estranho com quem cruzar na entrada de um prédio ou fazer contato visual. Além disso, o finlandês valoriza a solidão. Os bancos individuais da praça são um exemplo muito claro disso.

5. É um dos melhores lugares do mundo para observar a aurora boreal

É um fenômeno luminescente que pode ser percebido à noite, geralmente nas regiões polares. É comum testemunhar essa maravilha? Claro que não, a menos que estejamos na Finlândia. Lá, a aurora boreal é visível em aproximadamente 200 noites por ano ou a cada duas noites, se estiver na Lapônia. Requisitos? Uma noite escura, com céu limpo... E um pouco de sorte.

6. Adoram leite

Na Finlândia se consome a maior quantidade de leite per capita do mundo. Eles tomam a bebida não apenas no café da manhã ou no lanche, mas também no almoço e no jantar e até das maneiras mais improváveis. Aliás, existe um prato tradicional preparado com chouriço e geleia de mirtilo. Sim. Esse prato também é servido com leite.

Esse gosto pelo leite se estende aos laticínios em geral, que fazem parte da cultura do país desde a antiguidade. Leite azedo, leite coalhado, leite fermentado, queijo caseiro e pão de queijo... é comum encontrá-los em qualquer casa finlandesa e ver as crianças os consumindo desde cedo.

7. Concurso de arremesso de botas de borracha

Todo verão, a Finlândia parece ganhar o prêmio pelas competições esportivas mais excêntricas. O Campeonato Mundial de Arremesso de Botas de Borracha é uma delas, assim como outras não menos doidas, como o concurso de se sentar em formigueiros, carregar esposas, arremesso de celulares e o campeonato de matar mosquitos.

Esse evento também é comemorado na Rússia, Suécia e Estônia. No entanto, a primeira Copa Mundial de Arremesso de Botas ocorreu na Finlândia, em 1992. No início, a regra era apenas lançar botas de borracha de fabricação finlandesa, mas depois foram escolhidas botas italianas como o calçado oficial para ser lançado pelos ares. Quem ganha neste concurso, com participação de homens e mulheres? Aquele que jogar a bota mais longe, é claro.

8. São grandes inventores

Muitos dos produtos e serviços usados hoje e que facilitam nossas vidas foram inventados por finlandeses. Estamos nos referindo a coisas muito difundidas, massivas e extremamente necessárias para a sociedade atual, como o SMS, o primeiro navegador de Internet, o celular Nokia, o escorredor de pratos e a famosa tesoura Fiskars.

O escorredor de pratos realmente conseguiu simplificar o processo de lavagem. As máquinas de lavar louça costumavam ser muito caras e volumosas, mas, no escorredor, a louça se seca sozinha, poupando tempo, dinheiro e espaço. O mesmo aconteceu com a famosa tesoura Fiskars, cujo cabo de plástico quase sempre laranja substituiu o ferro pesado que foi usado até o momento do lançamento desse modelo no mercado.

9. Não há alimentos doces no café da manhã

É incomum na Finlândia geleia ou outros alimentos doces, como bolos ou cereais açucarados, no café da manhã. Em vez disso, é provável encontrar manteiga, queijos, frios e legumes em cima de um sanduíche aberto, feito com pão de centeio. Algo obrigatório, além do copo de leite: os legumes.

10. Não são adeptos de perfumes

Ao contrário de outros europeus, os finlandeses não gostam de perfumes, cujo consumo quase não aumentou desde a década de 1990. Enquanto as demais marcas de cosméticos nacional crescem no mercado do país, marcas famosas como Dior, Chanel e Boss sabem que perderam a batalha nesse território. Isso porque o orçamento dos finlandeses não parece se destinar às fragrâncias. Eles preferem aromas naturais ou produtos sem perfume.

11. São grandes recicladores

Um hotel finlandês tem esse tipo de lixeira para reciclagem em todos os quartos

Na Finlândia, a população é muito consciente da importância da reciclagem como um meio de cuidar do meio ambiente e promover a economia circular. Na maioria das residências, e mesmo em hotéis, o lixo é separado antes de ser colocado nas lixeiras.

Papel e papelão, vidro, metal, plástico, resíduos mistos, resíduos perigosos, os considerados perigosos, equipamentos elétricos e as baterias são classificados separadamente. Dessa forma, tudo pode ser reaproveitado para a fabricação de novos produtos.

12. No ensino fundamental, as crianças não são avaliadas com notas

Os professores e pais finlandeses não esperam que seus filhos ou alunos frequentem a escola para competir pelas melhores notas. Além disso, afirmam que cada criança aprende em velocidade muito diferente em seus primeiros anos e que, portanto, dar uma nota encobriria essas diferenças naturais. Por isso, as crianças não recebem nota por suas provas antes da quinta série.

A abordagem educacional da Finlândia difere da educação tradicional de várias maneiras. Não acordam cedo, as aulas começam às 9 horas da manhã, não há uniforme escolar e os alunos se dirigem aos professores pelo primeiro nome. Todo o ambiente é mais descontraído e familiar, longe das solenidades e da rigidez tão típicas das escolas tradicionais.

13. Alimento grátis nas florestas da Finlândia

Três quartos do país são cobertos por florestas. De quase qualquer lugar é possível chegar a um deles caminhando de 5 a 10 minutos. Há uma característica muito especial nesses locais: todos podem colher alimentos que encontrarem enquanto caminham. Bagas, cogumelos, ervas. Tudo é para todos.

Isso tem a ver com o direito finlandês de usar a natureza, independentemente de quem seja o proprietário da área. Nesse mesmo sentido, também é permitido acampar, estacionar um veículo ou um barco durante a noite, mesmo que o terreno pertença a outra pessoa.

14. Cartola e espada para quem obtém o doutorado

Na Finlândia, o doutorando recebe uma espada e uma cartola durante uma cerimônia de premiação. O presente simboliza a liberdade de pesquisa e a luta pelo que é bom, justo e verdadeiro. Tal é a importância dada a essa cerimónia que ali, mesmo que alguém tenha obtido o doutorado e tenha seu certificado, não é considerado um doutor de verdade até receber sua cartola e sua espada.

Bônus 1. Pizza expressa no meio da neve

Máquina de venda automática de pizza 24 horas por dia, sete dias por semana na Finlândia

Bônus 2. Quanto mais dinheiro tiver, maior o valor das infrações de trânsito

  • A maioria das multas das infrações se baseia no que o infrator poderia gastar em um dia, de acordo com sua renda. Quanto mais grave for a infração, maior o valor da multa, o que pode fazer com que um milionário receba multas por excesso de velocidade de mais de 100 mil dólares. ©Colosso95 / Reddit

Você acha a maneira de agir no seu país muito diferente da Finlândia? Quais coisas são semelhantes e quais são totalmente diferentes?

Incrível/Fotografia/14 Fatos sobre a vida na Finlândia que mudarão completamente seu jeito de ver esse país
Compartilhar este artigo