Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Modelo do Sudão recebeu proposta de clarear a pele e sua resposta inspirou várias mulheres

Nyakim Gatwech é uma modelo negra do Sudão do Sul, que possui uma pele de uma tonalidade incrível. Aos 14 anos, ela se mudou com a família para os EUA, fugindo de um campo de refugiados africano. Parecia que tudo de ruim tinha ficado para trás, mas justamente depois de chegar ao país, a autoestima da menina teve de passar por muitas provas. Por causa da provocação por parte de seus colegas de classe, Nyakim esteve prestes a deixar de lado seu precioso sonho: tornar-se modelo. Ela não podia se amar e se aceitar como era e, ao mesmo tempo, entrar para a indústria da moda.

O Incrível.club convida você a conhecer um pouco mais da história da forte e linda Nyakim.

Sua aparência a ajudou a se destacar, já que parecia muito diferente quando comparada às demais modelos. Aos 24 anos, possui mais de 350 mil seguidores no Instagram, em que publica imagens de seus trabalhos para marcas conhecidas como Calvin Klein, Fashion Nova, Aldo e Cosmopolitan. No entanto, o caminho da garota até o sucesso não foi nada fácil.

Nyakim passou sua infância em campos de refugiados africanos. Sua mãe foi forçada a fugir do Sudão durante as guerras civis no país; sua irmã mais velha morreu e seu irmão foi salvo milagrosamente, mas conserva uma cicatriz de uma facada como lembrança amarga desses tempos. Quando sua família se mudou para os EUA, a vida da futura modelo se tornou mais tranquila e confortável, mas não no âmbito psicológico.

As crianças americanas de sua escola costumavam zombar da adolescente, pois ela era muito diferente. Nyakim ouvia que tinha de tomar banho sempre, porque sua pele estava muito suja, ou que precisava sorrir para que pudessem enxergá-la.

A garota ia dormir chorando e até pensou seriamente em clarear a pele, como muitos imigrantes do Sudão fazem e sua irmã acabou fazendo. Quando Nyakim falou sobre essa ideia com a irmã, a resposta foi surpreendente: a garota respondeu que não permitiria que ela fizesse isso, lamentando a própria decisão, pois considerava que não só tinha se livrado da cor de sua pele, mas também de suas raízes.

Em algum momento Nyakim pensou: "Essas crianças não me consideram bonita. Eu não estou destinada a ser modelo". Mas ela se livrou a tempo dessa ideia e passou a se amar como é.

Nyakim já era uma modelo conhecida, quando se viu metida em uma situação constrangedora: um motorista de Uber perguntou se ela clarearia a pele em troca de 10 mil dólares. A garota simplesmente deu uma risada como resposta, mas decidiu perguntar ao motorista por que ele achava que ela deveria fazer isso. Ele disse a ela que, com a pele mais clara, seria mais fácil encontrar um namorado e conseguir um emprego. Nyakim terminou a conversa com a seguinte frase: "Mesmo que uma pele mais clara facilitasse a minha vida, eu continuaria no caminho difícil".

Nyakim até recebeu o apelido de Queen of the dark (chamada no Brasil de "A rainha da melanina"), que aceitou com alegria.

"Me perguntaram como me sinto ao ser chamada de Queen of the dark. Respondo que gosto. A cor escura não deve ser associada à dor e à morte. Eu sou a Queen of the dark, que leva luz e amor para aqueles ao seu redor".
Nyakim Gatwech

Nyakim, com sua beleza e personalidade forte e iluminada, inspirou muitas mulheres ao redor do mundo a se aceitarem e a valorizarem a singularidade. Mas o fato mais importante é que essa garota valente levou suas admiradoras a se amarem e a sentir respeito por si mesmas, superando todas as zombarias e abusos. No final, é preciso lembrar de que cada um é perfeito à sua maneira!

Compartilhar este artigo