Incrível
Incrível

Aos 76 anos, Diane Keaton revela por que nunca quis se casar e por que decidiu ser mãe solo

Durante cinco décadas a atriz Diane Keaton construiu uma sólida carreira no cinema. Um de seus papéis mais conhecidos foi no filme Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, sucesso que lhe rendeu um Oscar de Melhor Atriz apenas sete anos após sua estreia na telona. Mas ao mesmo tempo que encantava a crítica e o público, Diane não parecia ter uma vida amorosa que chamasse muita atenção.

A equipe do Incrível.club admira muito o trabalho de Diane Keaton e por isso separou alguns detalhes interessantes sobre sua personalidade e sobre a forma como ela lida com a fama, com a família e com o fato de nunca ter se casado.

Diane sempre gostou de atuar

Diane Keaton nasceu em Los Angeles em 5 de janeiro de 1946 e recebeu o nome de Diane Hall. Diane era pequena quando sua mãe, Dorothy, ganhou um concurso para donas de casa. O caráter bastante teatral do concurso foi fundamental para inspirar Diane a lutar pelo sonho de trabalhar como atriz. Ela participou de grupos de teatro na escola e mais tarde decidiu mergulhar profissionalmente na carreira.

Nasce uma estrela

© Lovers and Other Strangers / American Broadcasting Company (ABC), Image supplied by Capital Pictures/EAST NEWS

Em 1968, Diane substituiu a protagonista feminina no musical Hair, na Broadway, e alguns meses depois conseguiu um papel na peça Play It Again, Sam, de Woody Allen. No ano seguinte, a jovem atriz estreou no cinema no filme As Mil Faces do Amor. Nessa época, ela conseguiu também alguns papéis menores, além de comerciais de desodorantes.

Em 1972, Diane Keaton foi escalada para o filme O Poderoso Chefão, de Coppola, para interpretar Kay Adams, papel que ela também desempenhou nas duas partes seguintes da trilogia. O Poderoso Chefão venceu o Oscar de Melhor Filme, se tornou um enorme sucesso de bilheteria e fez com que a carreira de Diane, ainda aos 26 anos, já deslanchasse.

Alguns anos depois, Diane protagonizou o filme Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, dirigido por Woody Allen, e venceu o Oscar de Melhor Atriz. Ela havia conhecido o diretor alguns anos antes e os dois começaram a sair. O romance durou pouco tempo, mas a parceria artística durou muito mais e eles trabalharam juntos em oito filmes.

Romances com outros atores de peso

Embora Diane Keaton nunca tenha se casado, ela viveu uma série de romances com atores da indústria cinematográfica. Após o término da relação com Woody Allen, ela namorou Al Pacino, com quem trabalhou em O Poderoso Chefão, e Warren Beatty, com quem estrelou Reds.

Uma atriz versátil e bem estabelecida

Everett Collection/Everett Collection/East News

Os anos 70 provaram ser uma década de muito sucesso para a carreira de Diane, mas não pense que ela mostrou sinais de cansaço nos anos 80 e 90. A atriz interpretou a esposa de um diretor de prisão no drama histórico Mrs. Soffel — Um Amor Proibido, a mãe de dois filhos na comédia O Pai da Noiva, e muitos outros papéis, sempre mostrando uma enorme versatilidade.

Sua visão sobre o casamento

Elizabeth Goodenough/Everett Collection/East News

Após o fim de alguns relacionamentos nos anos 80 e 90, Diane optou por não correr atrás de novos romances. Em uma discussão pública com Lisa Kudrow alguns anos atrás, a famosa atriz se abriu sobre a decisão de nunca se casar.

Embora Diane tenha um grande apreço por seu pai, ela revelou que o casamento de sua mãe a influenciou a nunca se casar. “Sinto que ela colocou a família na frente dos seus sonhos. Ela era simplesmente a melhor mãe do mundo, mas acho que ela é a razão pela qual eu não me casei. Eu não queria abrir mão da minha independência”.

Adoção e mãe solo aos 50 anos

Diane decidiu se tornar mãe aos 50 anos e adotou sua filha, Dexter, em 1996. Seu filho, Duke, veio cinco anos depois. Como Diane nunca encontrou o amor de sua vida, ela aceitou que seria mãe solo e criou seus dois filhos sozinha.

“A maternidade me mudou completamente,” revelou Diane em uma entrevista. “É a experiência mais humilde que já tive na minha vida”.

“Não tenho um encontro há mais ou menos 35 anos”

Apega / WENN.com/agefotostock/East News

Diane Keaton reconhece que se sente muito feliz porque pôde se concentrar na carreira e nos filhos, que hoje são adultos. Em uma entrevista de 2019, a atriz revelou que parou de namorar há mais de três décadas. “Eu não tenho um encontro há mais ou menos 35 anos”, disse Diane em uma revista. E ela acrescentou: “Tenho muitos amigos homens. Tenho muitos amigos, mas nenhum encontro”.

Alguns anos atrás, quando Diane já vivia uma vida de solteira, ela disse: “Os amores da minha vida são meus filhos e minha mãe. Não sinto que preciso de um homem. Não me entendam mal, eu amo os homens... Mas tenho filhos e meu trabalho. E tudo bem pra mim”.

Qual é o seu filme favorito de Diane Keaton? E como você analisa a opinião dela de priorizar a carreira e os filhos e não um relacionamento?

Imagem de capa Image supplied by Capital Pictures/EAST NEWS, Elizabeth Goodenough/Everett Collection/East News
Incrível/Gente/Aos 76 anos, Diane Keaton revela por que nunca quis se casar e por que decidiu ser mãe solo
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos