20 Leitoras do Incrível nos revelaram seus motivos para não desejarem ser mães

Antigamente, as mulheres estavam destinadas, em sua grande maioria, a somente cuidar da casa e dos filhos. Mas com o passar do tempo essa cultura mudou. Hoje em dia, alguns casais trabalham fora e dividem os trabalhos domésticos e, por outro lado, algumas pessoas vivem sozinhas sem sentir a necessidade de um companheiro, de uma companheira ou de herdeiros... e está tudo certo, é a escolha de cada um.

Nós, do Incrível.club, gostamos de trazer a você questionamentos sobre o direito das pessoas de escolher o que é melhor para suas vidas. Por isso, selecionamos 20 comentários de algumas de nossas seguidoras que abriram o coração e contaram porque decidiram não ter filhos.

A sociedade sempre me cobrou isso... eu e meu marido decidimos não tê-los porque se está apertado só eu e ele, e mais os cães que temos, com uma criança junto seria mais complicado. ©Amanda Ribeiro/Facebook

Tenho 32 anos e não tenho filhos, não quero! Minha meta de vida e planos futuros não incluem uma criança. Mas sempre me deparo com tais questionamentos: “Poxa, dá um neto pra sua mãe”, “Você logo não vai ter mais idade para ter filho”, “Você só será completa depois de ser mãe” (oi?). As pessoas precisam aceitar que nem todo mundo nasceu para tal coisa. Nem todo mundo coloca filho como plano e meta de vida. ©Pamela Duarte/Facebook

Filhos são heranças! Eu não tive, pois meu marido era estéril. Mas, com toda certeza, não fiquei frustrada por não ter tido. Tenho lindos sobrinhos que me amam e me respeitam! ©Rogéria Reis/Facebook

Já desejei ter filhos, mas hoje não quero mais. Mesmo não sendo casada, já me incentivaram a ser mãe solteira (adotando ou tendo da forma convencional), para que eu tivesse alguém para cuidar de mim na velhice e não tivesse uma vida solitária. Sempre respondo que filhos não devem ser garantia de uma velhice amparada. ©Sueli Silvestre Novais Vilela/Facebook

Hoje tenho 49 anos e uma das decisões das quais não me arrependo é a de não ter tido filhos, amo crianças (dos outros), mas nunca me vi mãe e sempre tive a certeza de que nunca seria. Essa foi uma opção minha e nunca ninguém me cobrou por isso, mas se cobrasse eu iria mandar a pessoa cuidar da vida dela. ©Silvana Galvão/Facebook

Eu estou cansada de ouvir os meus familiares, e os do meu esposo, praticamente exigirem um filho nosso. Eu sempre pensei que não é prioridade na minha vida ser mãe, eu nunca desejei ser e gosto da minha liberdade. Caso aconteça de engravidar “por acaso”, com certeza serei uma boa mãe porque gosto de crianças, mas não é uma coisa que eu quero agora não. ©Adelayde Regis Diniz/Facebook

Acho muito importante a sociedade aceitar que existem pessoas que não nasceram para a maternidade! Conheço pessoas que não querem ter filhos e estão constantemente sendo criticadas por isso. É preciso promover a diferença e aceitar, nem todas as mulheres nasceram para ser mães e não há mal nenhum nisso! ©Rute Alexandra/Facebook

Desde criança eu já sabia que não queria ter filhos. Sou a mais velha de seis irmãos e tive que ajudar a cuidar deles desde pequenos até a adolescência. Sei bem o trabalho que as crianças dão, além das despesas financeiras. Gosto de ficar sozinha, adoro meu sossego, meu silêncio, não consigo imaginar minha casa com crianças e cheia de brinquedos espalhados. ©Alzeni Lopes/Facebook

Eu e o meu marido optamos por não ter filhos. Muitas pessoas questionam nossa decisão dizendo que sentiremos falta, mas eu não consigo sentir falta de algo que nunca tive. As pessoas acham que ter filhos é o ápice da felicidade conjugal, discordo totalmente. Somos felizes com nossos “filhos” peludos e pronto!!! ©Isadora Carvalho Martins/Facebook

Também escolhi não ter filhos, tenho 50 anos e não me arrependo. Isso exige uma responsabilidade que não me interessa, as pessoas precisam entender que não é porque você é mulher que tem a obrigação de ter filhos. Ser mãe é uma escolha, simples assim! ©Cristina Moraes/Facebook

Eu tenho 30 anos e até hoje optei por não ser mãe, tenho os meus motivos e acho que ninguém é obrigado a seguir padrões exigidos por uma sociedade. Acho engraçado quando as pessoas me falam: “Não vai arrumar filho?”, “Já é casada há tanto tempo...” ©Paula Hass Araripe/Facebook

Eu admiro muito as mulheres que decidiram não ter filhos. Se não quer, é melhor se cuidar e não deixar vir mesmo. Muitas se realizam com os sobrinhos e filhos das amigas... não precisa necessariamente ser mãe para se sentir feliz, a felicidade está dentro de cada um. ©Sheylla Sales/Facebook

Eu optei por não ter filhos e sou muito feliz pela minha decisão, decidi adotar uma peludinha de 4 patas. Não que seja igual, mas penso muito nesse mundo de hoje em que vivemos, muito diferente da infância que eu tive, que foi maravilhosa e que meu filho nunca iria conhecer. ©Raquel Carolina Bagio/Facebook

A sociedade ainda cobra muito, são pequenos comentários em forma de brincadeira do tipo: “Daqui a pouco você não vai conseguir mais”, “Vai ficar difícil depois dos 35 anos”. Admiro muito a mulher que sonha ser mãe, a que larga a carreira e fica em casa se dedicando ao filho. Mas admiro também as pessoas que hoje refletem bastante antes de colocar uma criança no mundo. Filhos são benção sim, eu sou uma, você é uma. Não sou mãe, mas acredito que esse mundo precisa é de mais soluções para as crianças que já existem. ©Sandra Souza/Facebook

Eu preciso dar motivos? Eu nunca quis e acho normal não querer. O que eu não acho muito normal é essa romantização da maternidade. Ainda bem que temos o direito de escolher, né? ©Joice Cunha/Facebook

Legal ver que temos a liberdade para escolher ser ou não ser mãe. Nenhuma mulher é menos realizada por não ter filhos. Uma pessoa feliz e realizada é aquela que sabe o que quer, que vive seus sonhos, seja com filhos ou não. ©Eliane Ramos/Facebook

Eu tenho uma colega de trabalho que não aceita a minha decisão de não querer filhos. Eu não quero não é porque ainda sou nova, eu sempre pensei assim e no momento vou manter. As pessoas têm que entender que o sonho de um pode não ser o sonho de outro e está tudo bem, o mundo não vai acabar por isso. ©Adriane Dalpiaz/Facebook

Sou adepta a essa decisão de não ser mãe. Hoje tenho 42 anos e nunca tive filhos. Na verdade, é a sociedade, a família e os amigos que acabam cobrando isso da mulher, sem deixar que ela tome as suas próprias decisões. ©Precyla Biavatti/Facebook

Eu nunca tive vontade de ser mãe e sabia que isso nunca mudaria em mim. As pessoas falavam que quando eu fosse mais velha, esse meu pensamento mudaria e eu desejaria ter filhos. Estou com 36 anos e nada mudou. ©Juliana Oliveira/Facebook

Desde a adolescência eu sempre disse que não queria ter filho. Hoje tenho 32 anos e sou casada há 11. Continuo com o mesmo pensamento, optei por não tê-los. ©Karoene Da Silva Cunha Lobato/Facebook

Você tem ou conhece alguém que pense da mesma forma? Qual a sua opinião sobre esse tema um tanto polêmico? Conte para nós nos comentários.

Imagem de capa Pamela Duarte/Facebook
Compartilhar este artigo