Incrível
Incrível

17 Mulheres disseram adeus à depilação e se encantaram com seu corpo

Há anos as mulheres têm o hábito de se depilar para parecerem mais delicadas e arrumadas. Ao contrário dos homens, deixar os pelos crescerem era quase uma vergonha social. Bem, aparentemente as coisas mudaram e hoje centenas de garotas decidiram romper com as técnicas de depilação para deixar o pelo crescer naturalmente. Além disso, sentem-se muito orgulhosas de poder mostrar seu corpo ao natural ao mundo.

Nós, do Incrível.club, reunimos várias imagens de mulheres que se sentem felizes por não precisarem mais sofrer com depilação (principalmente com cera). Confira!

“Hoje me casei e usei meus pelos naturais como um lindo acessório”

“Por muito tempo tive vergonha de usar regatas na rua”

As pernas também estão um pouco aliviadas da pressão

“Dia de praia”

“Também não depilo as pernas”

“Quando você não aguenta mais críticas e alguém faz um comentário sobre seus pelos nas axilas”

“Pernas de abelha macias e fofinhas”

“Os pelos nas axilas ficam bem”

“Como mãe, sinto que é importante ser um exemplo para meus filhos (e para seus amigos e os pais de seus amigos) de que é normal e natural uma mulher não se depilar”

“Já não temo o que as pessoas dizem sobre o meu corpo”

“Ele tem mais, mas estou feliz assim. Casal que deixa o pelo crescer junto permanece junto”

Além de colocar flores nos pelos, também é possível combiná-los com vestidos coloridos

“Ao natural me sinto melhor”

“Fiz pedicure ontem. Finalmente estou aprendendo a me sentir confortável indo ao salão com as pernas peludas”

“Eu me sinto uma rainha”

“Almocei com a minha mãe ontem e ela acabou de me enviar esta foto”

“Adoro esta foto. É uma das minhas expressões favoritas de amor próprio”

Qual sua opinião sobre as mulheres que decidiram deixar seus pelos corporais crescerem? Você se atreveria a aderir a essa tendência? Por quê?

Incrível/Gente/17 Mulheres disseram adeus à depilação e se encantaram com seu corpo
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos