O que são “pernas de morango” e como se livrar das manchas vermelhas e dos pontinhos pretos

Muitas pessoas sofrem com a presença de cravos e de poros dilatados na zona T do rosto e nas pernas. Essa condição, frequentemente chamada de “pernas de morango” (pele vermelha com manchas escuras e pequenos pontos escuros que lembram sementes), deixa manchas que são folículos capilares ou poros dilatados que contêm uma mistura de óleo, bactérias e pele morta. Quando raspamos a perna, a pele fica exposta, o ar entra em contato com o óleo e a região acaba ficando escura.

A condição não costuma causar dor ou coceira, mas não é esteticamente bonita e por isso pode causar vergonha. O Incrível.club fez uma pesquisa para descobrir o que pode causar o problema e como se livrar dele.

Raspar as pernas

Embora as pernas de morango sejam uma condição genética e o problema seja mais frequente em pessoas com pelos grossos, alguns comportamentos podem acelerar o aparecimento das manchas vermelhas. Raspar as pernas é um exemplo de hábito que, se mal executado, pode ser agressivo para a pele. Ao usar uma lâmina velha ou ao raspar os pelos sem o uso de um creme adequado, a lâmina pode “queimar” e irritar a pele. Como resposta, a região em volta do folículo piloso escurece e os pontinhos pretos começam a aparecer.

Foliculite

A foliculite, condição muitas vezes chamada de pelo encravado, é uma doença de pele causada pela infecção nos folículos pilosos. Ela se manifesta de diferentes formas e costuma causar as “pernas de morango”. Uma forma leve de foliculite costuma aparecer como reação ao toque da lâmina. Quando isso acontece, os pelos ficam encravados e as pernas ficam vermelhas.

Pele seca

Embora a pele seca não cause o escurecimento dos poros, ela os deixa mais vulneráveis a irritações. A secura da pele também faz com que as manchas escuras fiquem mais visíveis. Ou seja, quando a pele não está suficientemente hidratada, é mais fácil que ela fique vermelha e com pontos pretos.

Queratose pilar

A queratose pilar é uma doença de pele em que surgem pequenas manchas secas e pequenas saliências na parte superior do braço, nas coxas, nas bochechas ou nas nádegas. Ela é causada pelo acúmulo de queratina que bloqueia a abertura do folículo piloso e pode deixar a pele parecida com um morango. A condição aparece quando a pele está muito seca e é mais comum em pessoas que vivem em climas secos ou que nadam com frequência em piscinas com muitos produtos químicos.

Formas de se livrar das “pernas de morango”

Raspar da maneira correta

Antes de raspar as pernas é importante hidratar a pele e deixar os pelos macios com um gel ou com creme de barbear. Não se esqueça de enxaguar a lâmina após cada movimento, minimizando assim a irritação. Raspe os pelos na direção em que eles crescem, para evitar que a pele fique irritada e que as pernas fiquem vermelhas e com pontos pretos.

Esfoliação regular

A esfoliação ajuda a remover a pele morta e facilita o crescimento do pelo. Além disso, ajuda a prevenir o pelo encravado e portanto diminui a probabilidade de que você fique com “pernas de morango”. Nesse sentido, a esfoliação regular é uma ótima sugestão e uma maneira de manter a pele sempre bonita e saudável.

Tratamento profissional

Se você não conseguir reverter a situação com métodos caseiros, pode tentar tratamentos médicos como a eletrólise e a terapia a laser. A eletrólise usa eletricidade para atingir os folículos pilosos irritados e assim parar o crescimento do pelo. Ela ajuda a prevenir o pelo encravado e diminui a probabilidade de manchas com pontos pretos. Já o tratamento a laser é um método seguro de remoção de pelo que atinge vários folículos capilares ao mesmo tempo.

A sua perna já ficou com manchas vermelhas e pontos pretos? Você conhece outros métodos para eliminar essa condição? Conte nos comentários.

Imagem de capa avereon / Reddit
Compartilhar este artigo