Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Mitos e verdades sobre como cuidar da saúde dos cabelos

Todo mundo vive lutando para encontrar uma fórmula mágica que consiga deixar o cabelo mais saudável e brilhante. A quantidade de conselhos é tanta que é normal ficar perdido.

Encontramos alguns mitos sobre o cuidado do cabelo e decidimos pesquisar um pouco mais sobre quais são verdadeiros e quais são falsos. Confira!

Mito #1: queda de cabelo sempre é um mau sinal

Mais ou menos de 150 a 200 fios de cabelo devem cair de nossas cabeças todos os dias. Além disso, duas vezes ao ano - normalmente na primavera e no outono - o nosso cabelo entra na fase telógena (chamada também de fase de repouso), quando ele para de crescer. Por isso, ele parece cair em maiores quantidades. Na fase anágena, ele apresenta um crescimento mais acelerado.

Se a fase de queda de cabelo durar mais de um mês, você pode procurar um médico.

Mito #2: shampoos que aceleram o crescimento

Nenhum shampoo ou remédio, mesmo o que contenha hormônios, pode acelerar a atividade das células, por isso não existem remédios mágicos que façam com que o cabelo cresça mais rápido. A velocidade do crescimento é determinada geneticamente.

Mito #3: aplicar shampoo e condicionador em todo o cabelo

Na realidade, o shampoo serve para limpar o couro cabeludo, não para todo o cabelo. Por isso, é importante aplicá-lo nas raízes. Para limpar as pontas, a espuma é suficiente.

O condicionador deve ser aplicado nas pontas porque a raiz, em geral mais gordurosa, não requer tratamento hidratante.

Mito #4: secador faz mal ao cabelo

Na verdade, o secador, assim como a chapinha e outros aparelhos, prejudica apenas o cabelo seco, ou seja, quando é usado sem nenhum produto. Se você aplicar algum produto antes de secar, não há problema.

Mito #5: cortar dentro do período de 1 ano deixa o cabelo mais grosso

O cabelo dos bebês mais parece uma pelugem. A partir do primeiro corte, ele começa a parecer ao cabelo dos adultos, com a mesma estrutura e pigmento. Cortar mais vezes, nesse caso, não deixa o cabelo mais espesso, isso acontece naturalmente, independente da frequência de corte.

Mito 6: o alisador de queratina faz bem ao cabelo

Claro que a composição do alisador de queratina melhorou muito com o passar dos anos. No começo, ele trazia substâncias que faziam muito mal ao cabelo. Hoje, a mistura traz substâncias que também podem destruir a estrutura capilar. Portanto, esse produto não é uma ferramenta para melhorar a saúde dos fios, é apenas uma ferramenta estética.

Mito #7: loiras têm menos cabelo que morenas

Na realidade, é ao contrário. As loiras têm mais cabelo que as morenas ou as ruivas, mas o cabelo costuma ser mais fino. Por isso que loiras naturais parecem que têm menos cabelo. As que têm menos cabelo são as ruivas, mas os fios costumam ser mais grossos, o que dá um aspecto mais volumoso e saudável.

Mito #8: quem sempre usa rabo perde mais cabelo

Se o rabo não estiver preso muito forte, não há mal nenhum. Além disso, um rabo pode proteger o cabelo.

Mito #9: caspa é 'contagiosa'

A caspa é um indício de excessivo trabalho das glândulas, por isso, no couro cabeludo, aparecem partículas de pele exfoliada. Ou seja, caspa não é 'contagiosa' e não precisa entrar na categoria de problemas que requerem uma higiene pessoal para que não seja passada para outra pessoa.

Mito #10: o cabelo do homem é diferente do da mulher

A estrutura do cabelo do homem e da mulher é igual. A única coisa que costuma ser diferente é que homens e mulheres cuidam do cabelo de maneiras diferentes. O que torna o cabelo da mulher aparentemente mais fino são os penteados e os cortes.