Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

9 Truques para adotar o estilo minimalista em casa e na vida pessoal para deixar tudo mais prático e leve

439-
401

Todos os dias, milhões de promoções aparecem na internet. Comprar itens supérfluos vira uma luta constante em meio a tantos anúncios e lojas. Indo na contramão do consumismo, uma parcela da sociedade tem buscado viver com cada vez menos objetos. Essas pessoas se consideram “minimalistas” e levam essa filosofia não só para a vida material, mas também para questões pessoais.

Neste post, o Incrível.club vai mostrar como você pode aplicar o minimalismo dentro de casa e também na sua vida pessoal, deixando tudo à sua volta mais prático e leve. Confira com a gente.

1. Desapegue já!

De acordo com o filme “Minimalismo: Um Documentário Sobre Coisas Importantes”, um dos preceitos básicos da filosofia minimalista é priorizar apenas o que é funcional e livrar-se dos excessos. Para abandonar esse excedente, é necessário praticar o desapego.

Em casa, isso se reflete na hora em que nos deparamos com armários cheios de roupa ou uma sala repleta de objetos. Na hora do desapego, a primeira pergunta que devemos fazer é: “Será que eu preciso de tanto?”. Se a resposta for um sonoro “não”, bem, já sabe por onde começar.

2. Menos é mais!

Imagine uma sala cheia de quadros, tapete, sofás, televisores, vasos... parece uma bagunça, não é mesmo? Usando o lema “menos é mais”, a decoração minimalista vai te ajudar a destacar seus cômodos! Além de ser visualmente mais agradável, o uso de móveis e objetos essenciais faz com que o foco fique nos detalhes!

De acordo com a pesquisadora e personal trainer Cheryl Moreau, precisamos mudar a nossa ideia de que os espaços vazios são necessariamente ruins. Para o autora, esse minimalismo representa uma liberdade. Procure deixar apenas o essencial à vista, e foque em objetos que possuem alguma função naquele ambiente.

3. Meu lar, meu templo

Com menos objetos em casa, é mais fácil manter o ambiente organizado. Por isso, aproveite essa nova decoração para não descuidar da limpeza e deixar tudo em seu devido lugar. Uma boa organização otimiza o seu tempo e facilita a vida de todos os habitantes da casa. A dica é investir em estantes e organizadores!

Aproveite para trocar esse tempo que você gastava para dividir com pessoas que ama ou praticar o autocuidado! Uma das essências do minimalismo é aproveitar seu tempo com o que lhe faz bem!

4. Foque no que importa!

Além de se preocupar menos com a limpeza e melhorar a organização, a decoração minimalista também vai te ajudar a focar mais. Sem distrações no ambiente, é mais fácil se concentrar no que realmente importa. Isso vai deixar o seu trabalho e o lazer bem mais práticos!

A dica é começar com pequenos passos: organize sua mesa, sua geladeira e os espaços de uso mais comum. Aliás, essa lição também é importante para a vida pessoal: preste atenção no que tem um significado para você!

5. Menos não significa pior!

Poucos móveis, menos roupas e menos objetos. Que tal aproveitar essa redução de gastos e investir em produtos de qualidade? Uma boa decoração é aquela que resiste ao tempo e continua bela mesmo com o passar dos anos. Com um guarda-roupa enxuto, fica bem mais simples se vestir com suas roupas favoritas!

Na hora de escolher os móveis ou a decoração da sua casa, preze sempre pela qualidade. Um bom produto hoje pode impedir uma dor de cabeça no futuro.

6. Compra com propósito

Você já saiu de casa querendo comprar apenas uma fruta e voltou com cinco sacolas de supermercado? Muitas vezes, levamos algo de que nem precisávamos só pelo prazer de comprar. Para os minimalistas, as compras devem vir com um propósito e uma utilidade.

Além de economizar dinheiro, você também melhora a sua relação com os objetos e valoriza o que tem. Pense bastante antes de pegar alguma coisa e reflita se precisa daquele produto. Por via das dúvidas, sempre confira se não pode reaproveitar algum item que já possui.

7. Use a tecnologia a seu favor!

Uma forma de manter a memória sem usar os espaços físicos é digitalizando fotos e arquivos. Isso evita o acúmulo de caixas de fotos ou documentos que podem se perder. Use e abuse de aparelhos tecnológicos com comandos convergentes. Por exemplo, uma televisão com home theather pode ter apenas um controle, em vez de dois.

Minimalismo significa evitar excessos, não se abster da tecnologia. Então que tal usar esses serviços a seu favor?

8. Mais plantas, por favor!

Seja na cidade ou no campo, uma planta faz toda a diferença na decoração! E no minimalismo não é diferente. Se você mora em espaços pequenos, prefira as pequenas e opte por um jardim vertical. Para espaços maiores, você pode espalhar vasos por toda a casa. Lembre-se de combinar as necessidades das plantas com o local onde elas ficarão.

Levar a natureza para dentro de casa vai deixá-lo mais leve e melhorar a saúde de todos os habitantes desse lar!

9. Cor é um acréscimo

Minimalismo não é sinônimo de pouca cor! Muitas pessoas acreditam que casas minimalistas são aquelas apenas com paredes brancas ou cinzas. O que ocorre é que para essa filosofia as cores claras têm um papel essencial na decoração de iluminar o ambiente, mas isso também pode incluir mais paletas, como os tons pasteis ou terrosos. No exemplo acima, misturamos tinta e purpurina. Simples e elegante.

Aproveite para combinar móveis e tintura em uma decoração harmônica, mas que também traga vida ao ambiente do lar.

Muito além do “menos é mais”, o minimalismo é uma filosofia que pode ser aplicada tanto para a casa quanto para a vida. Ele pede para desacelerarmos da agitação e desfrutarmos a vida de forma mais simples.

E você, já sabe qual vai ser a primeira dica que vai aplicar em sua casa? Já fazia alguns desses truques de decoração? Conte pra gente nos comentários quais outras dicas de arrumação usa em casa!

439-
401
Compartilhar este artigo