13 Hábitos que podem fazer a bagunça em casa crescer exponencialmente

O ruído visual, ou seja, aquilo que incomoda nosso olhar, costuma nos cercar por todos os lugares: nas ruas, lojas e até mesmo em nossos celulares. Entretanto, é importante que uma pessoa esteja em um ambiente visualmente calmo para restaurar a vitalidade. Idealmente, tal lugar deveria ser nosso lar, mas muitos acabam impedindo que suas casas atinjam o máximo de conforto.

Nós, do Incrível.club, descobrimos que pequenos hábitos podem ser erradicados para que você possa se livrar da sensação constante de bagunça na sua residência. Confira!

Erro № 1: comprar espontaneamente

Fazer compras é divertido. Mas antes de adquirir algo, é melhor planejar onde vai colocá-lo. Tente comprar somente o que estiver em uma lista, que tenha feito antecipadamente. Isso é válido especialmente para o interior da casa, pois a abundância de coisas propicia o ruído visual. Dessa forma, você também diminuirá gastos desnecessários.

Erro № 2: permanecer com coisas que não usa

A ordem do lar é mais facilmente alcançada por meio de um sistema de arrumação bem planejado e espaçoso. Mas, se guardar coisas que nunca usa na sua casa, não haverá espaço suficiente para o que realmente precisa, e elas começarão a se acumular ao redor e formarão uma bagunça. De vez em quando, tente revisar seus pertences e se livrar do que possui somente “por precaução”, como roupas, utensílios de cozinha etc.

Marie Kondo, autora de um método único de organização de espaços, sugere fazer da pergunta “Isso me faz feliz?” o principal critério para decidir o destino do próximo pertence. Muitos nem imaginam quanto tempo, espaço e energia podem ser poupados ao descartar os itens desnecessários.

“Tirei das gavetas dos banheiros tudo o que guardava lá. Descobri ter sete loções faciais idênticas que nem uso, porque vêm de graça com os estojos de maquiagem, que, aliás, também não uso.”

Erro № 3: deixar tudo em sua embalagem original

“Estou tão orgulhosa desse cantinho da minha cozinha”

Frascos, embalagens e potes de cores variadas criam ruído visual em casa, tornando o interior desarrumado e incômodo. Para todos os produtos de higiene, é aconselhável ter frascos com um mesmo estilo. Ao substituir as embalagens plásticas por recipientes de vidro, é possível criar uma atmosfera mais relaxante e semelhante a de um spa.

“Removi o ’ruído visual’ no armário de temperos”

Erro № 4: manter as coisas à vista

Há quem acredite que é possível poupar tempo quando os itens necessários estão sempre ao alcance da mão. E quem pensa assim, geralmente tem muitas coisas espalhadas pela casa: objetos sobre a cômoda, utensílios de cozinha sobre a bancada e roupas jogadas na poltrona (embora depois de usadas, as peças deveriam ir diretamente para o cesto ou ser guardadas novamente no armário). Esse hábito é incompatível com a ordem. Para evitá-lo, é preciso elaborar uma forma prática de armazenar os itens.

“Construí um pequeno armário de armazenamento para abrir espaço na minha cômoda”

A propósito, se mesmo assim você prefere manter as coisas pequenas na superfície, junte-as em uma bandeja. Dessa forma, tudo parecerá mais organizado.

Erro № 5: limpar a casa menos de uma vez por semana

Muitas pessoas costumam fazer a faxina da casa nos finais de semana, porém, com essa frequência, a limpeza do lar geralmente dura poucos dias. Uma alternativa é estabelecer tarefas diárias: em um dia limpar o banheiro, no outro todos os espelhos na casa, e em um terceiro dia passar o aspirador. Com o tempo, dedicar 30 minutos diário à limpeza tornar-se um hábito, que manterá sua residência sempre limpa e em ordem.

“Antes e depois de uma limpeza de 15 minutos”

Erro № 6: ignorar as instruções de uso dos produtos de limpeza

“Limpei o banheiro todo com apenas um produto. Consegui limpar a torneira, mas estraguei a ducha.”

Certos produtos de limpeza podem ser ideais para algumas superfícies e arruinar completamente outras, devido ao forte efeito das substâncias químicas em sua composição. Mas também acontece de você comprar um produto que, aparentemente, não faz efeito algum. Como a maioria das soluções de limpeza precisa ser deixada agindo na superfície por um determinado período, é melhor dedicar um minuto para ler as diferentes instruções de uso dos produtos.

Erro № 7: esquecer de limpar as janelas e o parapeito

As janelas e os parapeitos limpos criam uma sensação de espaço e organização. Portanto, vale a pena encontrar outro lugar na casa para colocar coisas aleatórias e vasos de plantas. Além disso, as correntes de ar frias da janela podem ser prejudiciais para algumas plantinhas. Lembre-se de que um parapeito limpo e livre de objetos é mais uma das formas de evitar o ruído visual no cômodo, e sobre as plantas, é melhor apoiá-las em um estande ou colocá-las em uma prateleira.

Erro № 8: acumular papéis e documentos desorganizados

Os papéis tendem a se acumular e ocupar espaços livres. Para evitar que isso aconteça, é melhor organizá-los em pastas ou descartá-los assim que pegá-los em mãos. Além disso, recibos e cupons de garantia devem ser guardados separadamente e revisados ​​periodicamente para descartar os que já passaram do prazo.

“As revistas que meu marido guarda vs. seus artigos publicados nas revistas, motivo pelo qual ele as mantêm.”

Erro № 9: deixar de retornar as coisas ao seu devido lugar

“Finalmente tudo limpo e organizado, após anos deixando as coisas ’só por um minutinho’ sobre a cômoda.”

Tente tornar um hábito devolver um item ao seu lugar imediatamente após o uso. Isso leva pouco tempo e você sempre saberá onde encontrá-lo na próxima vez que precisar.

Erro № 10: empilhar coisas

“Ajudei minha irmã a arrumar sua despensa de toalhas e lençóis. Fizemos um ótimo trabalho, apesar de ela ainda ter mantido muitas coisas desnecessárias.”

As coisas empilhadas ocupam muito espaço útil. Uma alternativa para as toalhas, por exemplo, é enrolá-las em rolos e depois empilhá-las. Também é possível organizar as roupas e outros itens posicionando-os lateralmente. Esse método te ajuda a encontrar rapidamente as peças que precisa, retirá-las facilmente e devolvê-las ao local.

“Como isso me deixa feliz! Quando as toalhas estavam empilhadas, era muito difícil puxar apenas uma.”

Muitas pessoas arrumam as coisas nas prateleiras, mas não utilizam o espaço restante no alto. Para aproveitá-lo da melhor maneira, tente usar caixas empilháveis, cabides multifuncionais e ganchos.

“Quanta alegria quando abro meu armário”

Erro № 11: permitir animais de estimação nos estofados

Permitir que seu animal de estimação suba nas mobílias estofadas inevitavelmente deixará pelos e sujeira. Para evitar que isso aconteça, é melhor providenciar ao animal um local próprio para dormir e descansar, ou proteger o estofado com um pano.

  • “O pelo do meu cachorro fica preso entre as fibras dos móveis estofados. Os pelos que não saem com o aspirador, tenho de remover um por um com as mãos”. © Mlcoulthard / Reddit

Erro № 12: usar aspirador apenas no chão

Com um aspirador de pó é possível livrar-se da poeira não só do chão, mas também das cortinas, dos sofás, das mesinhas de centro, do parapeito de janelas etc. Afinal, a poeira se instala por toda parte. E não é à toa que a maioria dos aspiradores vem com diferentes acessórios substituíveis.

Erro № 13: guardar revistas e livros no banheiro

Algumas pessoas gostam de ler algo enquanto usam o banheiro. No entanto, manter revistas e livros nesse espaço é anti-higiênico e aumenta visualmente a desordem. É melhor reservar outro lugar na casa para guardá-los, e levá-los ao banheiro apenas quando for fazer a leitura.

Que outros hábitos você acha que atrapalham na organização e limpeza de uma casa? Comente!

Compartilhar este artigo