Incrível
Incrível

11 Dicas para definir nossas sobrancelhas em casa como profissionais

As sobrancelhas são um dos traços mais importantes do nosso rosto. Podem ser consideradas até mais marcantes do que qualquer outra característica da nossa face porque, quando estão bem-feitas, realçam nossa beleza natural e até nos dão um pouco mais de personalidade.

E para deixá-las sempre lindas, há cada vez mais especialistas para dar a melhor forma e simetria às nossas sobrancelhas. Mas o preço pode não ser tão acessível para algumas pessoas ou podemos não ter tempo suficiente para ir a um salão de beleza.

Para facilitar sua vida, vamos compartilhar algumas dicas para ajudá-la a começar a cuidar das suas sobrancelhas em casa. Mas caso já faça isso, estes conselhos serão eficazes para você refinar um pouco mais seu método. Confira!

1. Conheça a estrutura das sobrancelhas

Segundo a especialista em sobrancelhas Lauren Hogsden: “Ao dar forma às sobrancelhas, cometemos um erro comum de não saber onde devem começar, arquear e terminar”. Por isso, é importante conhecer suas partes, antes de começarmos a arrumá-las:

1. Início ou canto inferior;
2. Arco;
3. Final.

2. Identifique os tipos de sobrancelhas

Embora as sobrancelhas sejam únicas em formato e cor, costumam ser classificadas por tipos, como na imagem anterior. Isso pode nos ajudar a determinar qual é a forma correta de defini-las, removendo os pelos extras ou até preenchendo os espaços necessários para deixá-las com um aspecto mais harmônico.

3. Lembre-se de que são parecidas, não idênticas

É importante mencionar que nossas sobrancelhas não são exatamente iguais entre si, por isso, mesmo que tentemos, dificilmente conseguiremos deixá-las totalmente uniformes ou proporcionais. Segundo Tonya Crooks, maquiadora de celebridades, isso ocorre porque cada sobrancelha tem “diferentes movimentos musculares causados ​​pelo lado do rosto em que dormimos ou pelas expressões que fazemos”.

4. Conheça o formato do seu rosto

Para determinar nosso tipo de rosto, devemos primeiro levar em consideração três critérios: qual é a parte mais larga da nossa face (testa, bochechas ou mandíbula); como é a linha do nosso maxilar (redondo, quadrado ou pontudo); e, por fim, o comprimento total do rosto (curto ou longo). A maquiadora Leiah Scheibel recomenda usar uma fita métrica para medir cada parte da face e identificar seu formato.

5. Identifique que tipo de sobrancelha combina com cada rosto

Não é uma tarefa fácil determinar que tipo de sobrancelha melhor se adapta ao formato do nosso rosto, sem a ajuda de um profissional. A especialista em sobrancelhas, Lauren Hogsden, compartilhou algumas das razões pelas quais certas sobrancelhas combinam melhor com nossas características, seguindo a regra de optar por aquelas que são o oposto do formato do nosso rosto:

  • Rosto redondo. Caracteriza-se por um comprimento e largura mais ou menos iguais. Por isso, é melhor optar por sobrancelhas com um “arco elevado”, que ajudem a “dar estrutura e comprimento” ao nosso rosto, fazendo com que pareça um pouco mais comprido.
  • Face ovalada. Esse rosto se caracteriza por ser muito equilibrado, por isso “não é necessário brincar com o formato das sobrancelhas” para lhe dar uma forma diferente. É melhor seguir o formato natural delas, mantendo-as levemente arqueadas, com “ângulos suaves” e nivelados.
  • Rosto retangular. Esse tipo de rosto é um pouco “longo e com maxilar forte” e definido. O ideal é optar por um formato de sobrancelhas “mais cheio e desestruturado”, para “reduzir o tamanho da testa”. Os “arcos suaves e ligeiramente mais curvos” ajudam a suavizar a linha do maxilar.
  • Rosto de coração. Esse rosto é mais largo na testa, mais estreito nas bochechas e pontudo no queixo. Para equilibrar, opte por sobrancelhas com um “arco mais suave e arredondado”.
  • Rosto quadrado. Nesse tipo de rosto, todas as partes são mais ou menos iguais. Para ajudar a suavizar a linha da mandíbula, “eleve as sobrancelhas em arcos suaves” e dê a elas um acabamento geral “indefinido”, evitando sempre sobrancelhas “pontudas” e em ângulo reto.

6. Sempre respeite o formato natural da sobrancelha

Nos anos 2000, muitas celebridades nos inspiraram a usar sobrancelhas bem depiladas e finas, mas esse estilo nem sempre esteve em alta, pois a moda muda constantemente.

Mas não há nada melhor do que seguir o formato natural das nossas sobrancelhas. Para isso, basta dar forma aos pelos, se ela for espessa, ou desenhar alguns para preencher os espaços e deixar as sobrancelhas uniformes. Seguem algumas dicas para diferentes tipos de sobrancelhas:

  • Espessas. Essas têm muitas vantagens, pois, na realidade, não requerem muitos ajustes além de penteá-las, fixá-las e delineá-las.
  • Finas ou ralas. Essas são as sobrancelhas que mais requerem manutenção, porque, apesar de terem pouquíssimos pelos para caracterizá-las, logo aparece um ou outro fora do lugar e é preciso removê-lo.

7. Deixe os pelos das sobrancelhas crescerem naturalmente antes de lhes dar forma

Muitas vezes, ao seguir tendências, adotamos práticas que não combinam com nosso estilo ou silhueta, e as sobrancelhas não são exceção. Por isso, se em algum momento depilamos demais as sobrancelhas, é melhor aceitar seu crescimento natural antes de lhes dar uma forma e aperfeiçoá-las.

8. Utilize os aparelhos certos para defini-las

Na hora de delinear as sobrancelhas, é muito importante ter à mão algumas ferramentas que devem ser usadas de acordo com nosso objetivo, mas também não deixe faltar essas seguintes condições:

  • luz natural;
  • espelho sem aumento;
  • um objeto plano que sirva de régua geométrica grande o suficiente para ir da ponta do nariz até a sobrancelha;
  • um lápis para sobrancelha;
  • pinças para tirar sobrancelhas;
  • uma escova de sobrancelha ou rímel limpo;
  • tesouras exclusivas para as sobrancelhas.

9. Saiba o que é mapeamento de sobrancelhas

O mapeamento de sobrancelhas é uma técnica de modelagem que usa proporções faciais para obter um pouco mais de simetria e dar a melhor forma às nossas sobrancelhas. Segundo a maquiadora de celebridades Cara Lovello, o processo consiste especificamente em: “um especialista em sobrancelhas fazer medições e marcar a pele e, em seguida, dar forma às sobrancelhas, tingindo-as ou fazendo um microblading” (técnica milenar japonesa usada para pigmentar as sobrancelhas).

Mas também é possível fazer em casa, marcando os três pontos-chave mencionados anteriormente (o início, o arco e o final):

  1. Primeiro, comece segurando algum objeto plano em um ângulo junto ao nariz, no início de ambas as sobrancelhas e marque.
  2. Em seguida, coloque o mesmo objeto em ângulo com o canto do nariz, apoiando-o no arco da sobrancelha e marque.
  3. Posteriormente, coloque o mesmo objeto em ângulo com o canto do nariz, apoiando-o na extremidade de cada olho e marque novamente.
  4. Por último, junte todos os pontos marcados com linhas, seguindo o formato da sobrancelha.

10. Tire os pelos das sobrancelhas sempre na direção certa

especialista em sobrancelhas Jared Bailey comentou: “Todos os pelos do nosso corpo se conectam aos vasos sanguíneos que os mantêm saudáveis ​​e permitem que voltem a crescer, mas se romper esse vaso, o pelo nunca voltará a crescer”.

Para depilar corretamente, Bailey sugere que estiquemos a pele com os dedos e puxemos na direção do crescimento do pelo. O sentido, em geral, é para cima ou em direção à têmpora.

11. Nunca se esqueça da importância da cor das sobrancelhas

Outro aspecto difícil de determinar, sem dúvida, é a melhor cor de sobrancelha para o nosso rosto. Especialistas apontam que esse traço é tão pessoal, que na mesma pessoa as sobrancelhas nunca são dos mesmos tamanhos ou cores. Mas a melhor maneira de descobrir isso é assim:

  • Faça uma análise da cor do seu cabelo e sua textura, bem como do tom da sua pele. A maquiadora Delina Medhin sugere que os dois primeiros aspectos ajudam a “determinar o quanto a maquiagem da sobrancelha deve ser clara, escura, fria ou quente”. E a textura, segundo a designer de sobrancelhas Azi Sacks, ajuda a medir a intensidade. Por exemplo, cabelo escuro e denso combina com sobrancelhas com essas mesmas características.
  • Busque tons ligeiramente mais claros que a cor natural da sua sobrancelha. Os maquiadores Delina e Tommy acreditam que “a cor ideal imita a sombra criada pelos pelos da sobrancelha”. Isso porque o objetivo não é encontrar a mesma cor de cabelo, mas sim imitar a cor da pele sombreada localizada entre cada pelinho. Se a sobrancelha for muito loira ou muito escura e você quiser preencher as lacunas com o mesmo tom, estas “parecerão pigmentadas e desenhadas, mas não preenchidas”, compartilha Tommy. Da mesma forma, a cor da sobrancelha deve criar “densidade ou maior profundidade”, mas não alterar seu tom.
  • Se estivermos em dúvida, é melhor optar por tons neutros ou frios em vez de quentes. Tommy compartilha que o tom de pele ajuda a determinar o quanto a cor quente ou fria complementa a sobrancelha. Por exemplo, se a pele estiver um pouco amarelada, a cor da maquiagem da sobrancelha deve “ter um toque quente para não parecer cinza ou acinzentada”. A única exceção à regra são as ruivas, explica Delina.

Quais dicas de beleza você conhece ou segue que poderiam ajudar a destacar ainda mais o rosto? Você já recorreu a um design de sobrancelhas? Deixe sua opinião nos comentários.

Incrível/Dicas/11 Dicas para definir nossas sobrancelhas em casa como profissionais
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos