Incrível
Incrível

Como a vida retribui o tratamento que damos às nossas mães

Há uma citação que afirma que a vida nos trata da mesma forma como tratamos nossas mães. Embora possa parecer improvável que o tratamento que dispensamos à nossa mãe tenha um retorno correspondente em nosso cotidiano, a realidade é que esse é um fato experimentado por muitas pessoas. Consigo comprovar essa afirmação apenas por meio de minhas próprias experiências que vivi durante todos esses anos.

Eu vivi dias difíceis até que percebi a importância desse fato e aceitei a realidade das coisas. Se a minha vida foi possível graças à minha mãe, pareceu-me óbvio que tudo estava saindo do controle porque eu não conseguia valorizar a fonte que me permitiu estar vivo.

Quando, perante minha mãe, agradeci pelos seus talentos, minha vida mudou para melhor. Esse simples ato de gratidão abriu as portas para o meu sucesso pessoal. Foi como se um novo caminho se revelasse diante de mim, mostrando-me a beleza de valorizar minha mãe exatamente como ela é.

Me libertei quando parei de presumir quem era a minha mãe. Em vez de me concentrar no que eu considerava errado ou na maneira como eu queria ser acolhida, comecei a valorizar suas qualidades e ações por completo. Quando aceitei sua força, me senti forte. Quando adotei seus talentos, pude servir com amor e colhi os bens disso em pouco tempo. Muitos dizem que tive sorte, mas eu acredito que minha sorte é a consequência de meses de esforço árduo.

O trabalho árduo que menciono se tornou mais fácil no dia em que decidi parar de criticar o carinho que minha mãe me ofereceu. Quando a honrei e a aceitei pelo que ela é, deixei de culpá-la por tudo e compreendi que “os pais são culpados inocentes”, pois eles fizeram o melhor que puderam com os recursos e informações disponíveis na época, com base em sua própria criação.

Liberei as expectativas, adquiri uma compreensão mais profunda dos fatos e aceitei meu lugar na ordem familiar. Comecei a enxergar minha mãe como a mulher forte que ela é, sem tentar moldá-la à minha vontade, e pensei: “Isso é o que a torna forte. Aceite com amor!”. E assim fiz.

A nossa relação entre mãe e filha sempre foi complicada e isso refletia em todas as áreas da minha vida. No entanto, as coisas mudaram quando eu mudei minha perspectiva e comecei a tratar ela com gentileza, apreço e consideração.

Você pode pensar: “Mas a minha genitora fez coisas terríveis comigo, não posso aceitar o que ela fez”. Eu entendo completamente. Algumas coisas são tão difíceis de serem perdoadas, especialmente quando são causadas por aqueles que nos geraram e nos trouxeram ao mundo.

A verdade é que se você escrever em uma folha todos os defeitos da sua mãe e colocar a palavra “vida” ao lado, e tivesse que escolher apenas uma opção, qual seria a sua preferência?

Eu fiz a seguinte escolha: a vida e venerar tudo o que ela me deu, da melhor maneira que pude. Foi essa escolha que me trouxe até aqui, ao lugar onde estou hoje.

Tente, portanto, liberar a dor e experimentar o amor que faz parte da sua visão de vida. É esse amor que o trouxe a este mundo e é isso que você precisa valorizar em seu coração.

Abandone as críticas, julgamentos e expectativas de como gostaria que as coisas acontecessem. Abra espaço para enxergar que até a pessoa mais difícil tem qualidades e até a pessoa mais ignorante tem conhecimento. Abrace essas virtudes e conhecimentos de sua mãe, pois elas revelarão a sua força interna nesta vida.

A relação que temos com a nossa mãe pode estar ligada ao emprego. Então, se você não está satisfeito com a sua profissão, se trabalha demais e os ganhos são baixos, se não te reconhecem ou passa por humilhações no local onde trabalha, tudo isso indica que você precisa aceitar a sua mãe em seu interior.

Ao abrir seu coração para acolher sua mãe, muitas oportunidades surgirão. Você encontrará coragem para fazer as mudanças necessárias em sua vida profissional, seja para encontrar uma carreira mais satisfatória ou para se sentir mais valorizado. A vida será mais favorável a você, e aqueles que o cercam podem dizer que você teve sorte. Mas você saberá que não foi sorte, mas sim sua escolha consciente de acordar e aceitar o amor, deixando de lado os julgamentos, desejos egoístas, distorções mentais e carências emocionais.

Incrível/Crianças/Como a vida retribui o tratamento que damos às nossas mães
Compartilhar este artigo