Incrível
Incrível

Por que é melhor não lavar o cabelo no chuveiro

Nos dias ou horários de temperatura mais baixa, poucas coisas são tão relaxantes quanto um banho quente e demorado, não é mesmo? Às vezes, é justamente disso que precisamos, sobretudo após um dia atribulado. E acaba sendo prático aproveitar a oportunidade para lavar o cabelo ali, na hora. No entanto, a temperatura da água costuma ser quente demais para os fios, e o hábito de esfregar as madeixas com shampoo na água quente tende a afetar a saúde e a beleza das madeixas. Na verdade, o ideal, além de lavar o cabelo na pia, é usar água fria nessa tarefa, por ser mais fácil controlar a temperatura.

Nós, do Incrível.club, resolvemos investigar mais a fundo os motivos pelos quais lavar o cabelo no chuveiro pode não ser sua melhor escolha.

1. Seu cabelo pode ficar ressecado

Poucas coisas se comparam ao prazer de relaxar embaixo de uma ducha quente. Mas assim como os acessórios térmicos podem danificar o cabelo, a água muito quente tende a ressecar os fios, deixando-os com uma aparência de palha. O ideal é controlar a temperatura da água ao lavar o cabelo e usar água morna.

2. Pode provocar queda de cabelo

Lavar frequentemente as madeixas com água quente pode enfraquecer as raízes, deixando-as frágeis e com tendência à quebra. Sem falar que a água sob altas temperaturas abre os poros do couro cabeludo, enfraquecendo ainda mais as raízes e levando à queda de cabelo. Além disso, lavá-lo sob a água quente remove sua oleosidade natural, danificando a produção de queratina. O processo, por sua vez, pode causar a quebra dos fios.

3. Pode provocar coceira na cabeça

A água quente é boa para remover sujeira e resíduos de produtos, mas ela tende a retirar também os óleos necessários para os fios, gerando ressecamento. O couro cabeludo conta com uma camada natural epidérmica gordurosa e lipídica, que serve como escudo contra bactérias. Lavar o cabelo na ducha quente costuma acabar com essa camada, provocando coceira e irritação no couro cabeludo.

4. Sua tintura de cabelo tende a sair mais rapidamente

Uma das primeiras coisas ditas pelos cabeleireiros às clientes que acabam de tingir os fios é que evitem lavar a cabeça com água quente. Além de ressecar as madeixas, a prática abre os folículos capilares, permitindo a fuga das moléculas de cor. Então, se você quiser que a cor dos seus cabelos permaneça bonita por mais tempo, use shampoo e condicionador com água morna e faça um enxágue final com a água mais fria que conseguir aguentar.

5. Você pode passar a sofrer com caspa

Se você luta contra a caspa, é melhor resistir à tentação de lavar as madeixas embaixo de água quente, mesmo nos dias frios. Do contrário, pode acabar ficando com a pele do couro cabeludo ressecada, condição que está entre as causas mais comuns para o surgimento de caspa.

6. O efeito frizz costuma aparecer

O famigerado efeito frizz é muito irritante, e geralmente recorremos a produtos específicos para lidar com ele. Mas o hábito de lavar a cabeça em água quente pode ser um dos motivos para seus fios ficarem tão arrepiados. Isso acontece porque o cabelo ressecado tenta absorver a umidade do ar, fazendo a cutícula dilatar e deixando os fios mais rebeldes.

Você costuma lavar o cabelo no chuveiro ou na pia? Participe da discussão sobre o tema!

Incrível/Saúde/Por que é melhor não lavar o cabelo no chuveiro
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos