Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

7 Exercícios recomendados por ortopedistas para normalizar a curvatura do pé e diminuir dores

Entre 20% e 30% da população mundial sofre com deformações nos pés em algum nível. E aqueles que são acometidos pelo problema tendem a apresentar dores nos joelhos, no quadril ou nas costas. Caso você tenha o chamado pé chato, saiba que existem exercícios simples capazes de corrigi-lo, evitando o aparecimento de consequências negativas decorrentes dessa condição.

Nós, do Incrível.club, colhemos orientações dadas por médicos e preparamos uma lista com 7 exercícios que devem ser executados 3 vezes por dia. Ao fim deste post, você encontrará um bônus mostrando como é possível verificar a curvatura do arco do pé.

1. Use uma toalha

  • Sente-se em uma cadeira e coloque uma toalha sob o pé;
  • Comece a agarrar a toalha usando os dedos dos pés. Os calcanhares devem ser mantidos bem firmes no chão;
  • Movimente os dedos de modo a levar a toalha na direção do seu corpo;
  • Execute o exercício tendo em mente que o arco do seu pé está sendo fortalecido;
  • Repita o exercício com o outro pé;
  • Faça 2 ou 3 séries de 10 a 15 repetições.

2. Suba e amasse

  • Coloque uma toalha sobre um step (daqueles de academia) ou banquinho bem baixo;
  • Comece a amassar a toalha usando os dedos dos pés. Em seguida, leve o calcanhar para baixo, em direção ao solo, de modo que ele desça mais que a linha do step;
  • Coloque o outro pé sobre o step e use-o apenas para erguer novamente o corpo;
  • Faça 2 séries de 10 repetições com cada pé.

3. Role uma bola

  • Sente-se em uma cadeira, mantendo as costas eretas. Coloque uma bolinha de tênis embaixo de um dos pés;
  • Comece a rolar a bola para a frente e para trás. Não se esqueça das costas: elas não podem relaxar, permanecendo eretas durante todo o exercício;
  • Realize o exercício por 2 a 3 minutos;
  • Repita com o outro pé.

4. Fortaleça os músculos do arco do pé

  • Sente-se em uma cadeira. Cruze uma perna sobre a outra de modo que um dos pés fique em cima da coxa oposta;
  • Enrole uma tira elástica no pé. Caso não tenha em casa, elas podem ser encontradas em lojas esportivas ou em algumas farmácias. Com o outro pé, pise no elástico de modo a criar uma tensão nele;
  • Use as mãos para puxar para cima o pé que está sobre a coxa;
  • Depois, abaixe lentamente o pé, retornando à posição inicial;
  • Faça 2 séries de 10 repetições com cada pé.

5. Movimente os dedos dos pés ao longo do dia

  • Esse exercício pode ser feito até mesmo enquanto você estiver usando o computador;
  • Sente-se em uma cadeira e coloque os pés no chão;
  • Erga os dedos de modo a formar um arco com os pés;
  • Lentamente, abaixe os dedos ao mesmo tempo em que mantém o arco com os pés. Você deve sentir os músculos da região contraídos;
  • Segure a posição por 5 segundos. Depois, relaxe os pés;
  • Faça 5 repetições com cada pé.

6. Alongue as panturrilhas

  • Posicione-se em frente a uma parede e coloque as duas mãos nela;
  • Alongue a perna que ficar atrás do corpo, mantendo o joelho reto e os dedos dos pés voltados para a frente;
  • Mantendo o calcanhar no solo, incline o corpo para a frente até sentir a panturrilha da perna de trás alongando;
  • Mantenha a posição por 30 a 60 segundos;
  • Repita o exercício 4 vezes com cada perna.

7. Faça ioga com os dedos dos pés

  • Sente-se e mantenha a concentração nos dedos dos pés;
  • Erga o dedão de um dos pés. Ao mesmo tempo, pressione o solo usando os outros 4 dedos. Mantenha a posição por 5 segundos;
  • Em seguida, inverta: pressione o dedão contra o solo e erga os demais dedos. Segure por 5 segundos;
  • Repita 10 vezes com cada pé.

Bônus: Descubra se você tem pé chato

Existe uma técnica simples para verificar a curvatura do seu pé.

  • Molhe os pés;
  • Fique de pé sobre uma superfície reta capaz de mostrar sua pegada. Para tanto, você pode usar um pedaço de papel;
  • Saia do lugar e observe as pegadas. Caso as marcas estejam completas, sem nenhuma parte seca, você provavelmente tem pé chato.

Caso apresente o problema, consulte seu médico antes de tentar resolver por conta própria.

Em sua opinião, qual dos exercícios acima pode ser o mais eficiente? Já apresentou algum problema nos pés? Como resolveu? Não deixe de compartilhar conosco o seu relato!

Imagem de capa depositphotos.com
Compartilhar este artigo