14 Itens de moda que já estiveram no auge, mas saíram de cena

As tendências da moda mudam rapidamente e cada década se destaca por suas próprias características. Algum tempo atrás, por exemplo, eram muito populares roupas “reveladoras” e extravagantes, cores vivas e detalhes incomuns. Em outras fases, a moda foi caracterizada por peças mais discretas. Às vezes, quando olhamos para trás, pensamos com uma certa dose de ironia em coisas que um dia já estiveram no auge da popularidade.

Nós, do Incrível.club, decidimos recordar o que estava em alta anos atrás, mas hoje dificilmente sai dos guarda-roupas.

Diferentes tipos de lenços

Hoje em dia, a funcionalidade de lençosecharpes levanta algumas questões. Anos atrás, no entanto, essas peças eram muito usadas, tanto ​​no calor, como no frio, para qualquer ocasião e por todos, independentemente do gênero. Além disso, as pessoas nem sempre se preocupavam em combiná-las com o resto da roupa.

Calças cargo com muitos bolsos

Parece que, ao comprar essas calças largas, as pessoas se guiavam pela ideia de “quanto mais bolsos, melhor”. Acontece que, inicialmente, essas peças eram usadas por militares, trabalhadores da construção civil e amantes de trilhas para levar equipamentos, ferramentas e kits de emergência nos bolsos. Essas calças não ficavam bem em todos, porque deixavam a parte inferior do corpo visualmente “pesada” (o que era especialmente notável se a pessoa fosse baixa). E, claro, ninguém nunca usou os bolsos para o fim a que se destinavam.

Inúmeras pulseiras

“Escolher apenas uma pulseira? Não, tá fácil demais!” Deve ser isso o que as mulheres pensavam quando colocavam esses acessórios quase até os cotovelos. Pulseiras de silicone também eram populares, tanto entre mulheres como entre homens. Elas foram uma espécie de “coringa”, usadas com absolutamente qualquer estilo de roupa.

Polainas

Essas “meias” versáteis podiam ser usadas tanto nos braços como nas pernas. Embora o item fosse originalmente destinado a atletas e bailarinos, também conseguiu atrair as fashionistas. Muitas garotas pegaram o jeito de combinar as polainas com diferentes estilos de botas, tênis e até sapatilhas.

Legging

A maioria das garotas que viveu o auge da juventude durante os anos 2000 deve ter usado pelo menos uma legging. Elas eram uma alternativa às calças normais e podiam ser combinadas com túnicas, vestidos e shorts. E estavam disponíveis em cores e materiais para todos os gostos: desde coloridas e de malha até as de renda preta. Hoje, nem todas ousam fazer tais experimentos. Além disso, as fashionistas modernas dão preferência a tecidos mais densos e à combinação com blusas ou suéteres largos e fechados.

Cintos em diferentes partes do corpo

Os cintos, assim como os lenços, além de suas funções originais, também eram usados por muitas para adicionar um toque especial ao visual. Quase nenhum top ou vestido ficava completo sem um cinto grande e largo. A localização do acessório também variava: começando pelos quadris e terminando na área abaixo do busto.

Gorros de tricô

Usar um gorro de inverno nos dias frios é uma coisa; combinar chapéus e boinas de tricô com camisetas e vestidos de verão é bem diferente. Uma década atrás, homens e mulheres adoravam essa combinação. Esses acessórios eram usados de formas diferentes: amontoadinhos na parte de trás da cabeça, inclinados para um dos lados ou para a frente. Hoje, são menos populares.

Roupas de veludo

É simplesmente impossível esquecer as roupas de veludo que as seguidoras de moda usavam no início dos anos 2000. Celebridades como Britney Spears, Kim Kardashian e Beyoncé transformaram essa tendência em algo icônico. O tecido se popularizou graças a Paris Hilton, que apareceu mais de uma vez em vestidos e conjuntos de veludo da grife Juicy Couture.

Penas nos cabelos

Se você acompanha as tendências de moda, provavelmente se lembra das extensões ou “mechas” de penas que eram aplicadas nos cabelos. A popularidade do acessório foi promovida, como sempre, por celebridades, bem como por algumas modelos e seguidoras da moda. Foi uma maneira divertida de refrescar o penteado para o verão sem danificar o cabelo.

Colares longos

Colocar esse acessório, muitas vezes, era um verdadeiro desafio, pois ele ficava mais emaranhado do que fones de ouvido. Colares compridos eram enrolados em volta do pescoço e usados como uma espécie de joia “em camadas”.

Roupas de renda

Um tempo atrás, meias, camisas, vestidos, camisetas e até capas de renda eram bastante populares entre os jovens. Mas bastava um pequeno “acidente” e tais roupas se rasgavam e podiam ir diretamente para o lixo. Agora, tais peças parecem mais apropriadas para a praia.

Blusas de bandana

Bandanas e tops curtos foram populares em diferentes épocas. Mas foi nos anos 90 que as duas peças se combinaram em uma e a bandana foi adaptada para ser usada no corpo, e não na cabeça. Essa foi a maneira perfeita de demostrar o piercing no umbigo, assim como exibir as costas, os ombros e as clavículas. Em combinação com jeans de cintura superbaixa, esses tops, às vezes, pareciam um tanto diferentes.

Bainhas desfiadas

Bainhas bizarras e assimétricas, сom pedaços de tecido pendurados, como se tivessem sido cortados com uma tesoura, também já estiveram no auge da popularidade. Mais de uma vez, vestidos e saias nesse estilo foram escolhidos por celebridades e usados até mesmo nos tapetes vermelhos.

Shutter shades

Os chamados shutter shades (óculos de sol com grelha) foram projetados por Alain Mikli, um designer de óculos de sol e armações de renome internacional. Eles surgiram no mundo da moda ainda nos anos 80. No entanto, sua popularidade máxima chegou na década de 2000, quando Mikli criou um modelo novo para o rapper Kanye West.

E você, teve a chance de usar alguma das peças mencionadas? Quais tendências de moda nunca foram a sua cara?


Compartilhar este artigo