Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

8 Características típicas das casas no Reino Unido que dificilmente são encontradas em outros países

5-43
14k

Se você perguntar para a maioria das pessoas o que elas sabem sobre o estilo de vida na Grã-Bretanha, a resposta mais comum provavelmente será a de que os britânicos adoram chá. E isso está completamente correto: diariamente, estima-se que são tomadas 165 milhões de xícaras no país e quase todo mundo bebe com um pouco de leite. Mas a cultura do chá não é a única coisa que difere a região dos demais países.

O Incrível.club conferiu como são as moradias no Reino Unido, e está pronto para compartilhar as principais diferenças com você. Confira!

1. Não há tomadas no banheiro

Por lei, só é permitido instalar tomadas nos banheiros do Reino Unido se a distância entre elas e a banheira ou o box do chuveiro for maior do que três metros. E como os banheiros das casas e apartamentos são geralmente pequenos, praticamente não há tomadas. E é por isso também que a máquina de lavar roupa, por exemplo, costuma ser instalada na cozinha, e não no banheiro como em alguns outros países da Europa.

2. A luz do banheiro é ligada com a ajuda de um cordão

Os interruptores comuns representam um grande perigo quando instalados no banheiro por causa da alta umidade do local. Uma solução ideal, do ponto de vista da segurança, são os interruptores com cordões montados no teto. Para acender e desligar a luz, é preciso apenas puxar o cordão. Claro, os interruptores comuns também são utilizados no país, mas só podem ser instalados do lado de fora do banheiro. Curiosamente, no Reino Unido eles funcionam “ao contrário” de muitas outras regiões: quando pressionamos a chave do interruptor para cima, a luz se apaga, e quando a pressionamos para baixo, se acende.

3. As tomadas são diferentes no Reino Unido

No Reino Unido, assim como no Brasil, são utilizadas tomadas de três pinos (embora, por aqui, muitas ainda sejam de dois pinos). Elas são consideradas as mais seguras do mundo. No entanto, por lá cada tomada tem seu próprio interruptor, o que acaba gerando alguns transtornos para as pessoas. Por exemplo, imagine que você colocou seu celular para carregar, mas esqueceu de colocar a chave do interruptor da tomada na posição ligado — o aparelho simplesmente não irá carregar. Bem, pelo menos até que você se lembre de “ligar” a tomada. A propósito, a tensão elétrica por lá não é de 127 V ou 220 V como estamos acostumados no Brasil, mas de 230 V.

4. Ter ar-condicionado em casa é uma raridade

Como o clima local não costuma incomodar os habitantes com muito calor, o ar-condicionado praticamente não é necessário. Caso seja preciso refrescar o ambiente, os britânicos simplesmente abrem a janela. E se isso não for o suficiente, eles apenas usam um ventilador.

5. Janelas salientes são muito comuns no Reino Unido

Janelas salientes (chamadas em inglês de bay window) possuem algumas saliências retangulares (geralmente três) que se projetam para fora da parede da casa. Elas são consideradas bastante tradicionais no Reino Unido, e uma de suas vantagens é que epermitem a entrada de maior iluminação natural do que as janelas comuns.

6. Carpete por toda a casa

Na maioria das casas e apartamentos britânicos, todos os cômodos — com exceção, talvez, da cozinha — têm o chão coberto por carpete. E, se há uma escada em casa, ela também será coberta por carpete. Nesse caso, o piso é sinônimo de segurança: os degraus cobertos oferecem menos risco de escorregar, portanto a possibilidade de cair da escada é bem menor.

No entanto, o carpete também gera muitos problemas: ele fica sujo muito rápido, é mais difícil de limpar e, nos banheiros, absorve muita umidade, o que causa ainda mais problemas. Além disso, muitos britânicos têm o costume de entrar em casa sem tirar os sapatos, o que pode dificultar mais ainda a limpeza do chão. Mas o carpete é simplesmente uma tradição no Reino Unido.

7. As garagens das casas não são usadas para guardar carros

Tradicionalmente, as garagens no Reino Unido são pequenas (antigamente os carros eram menores), e, por isso, muitas vezes os atuais veículos das famílias simplesmente não cabem em seu interior. Então, muitas pessoas usam as garagens apenas como depósito, armazenando as mais diversas coisas no local.

8. As cartas são entregues exatamente como nos filmes: através de uma abertura especial na porta

Existem, claro, diversos tipos de caixas de correio no Reino Unido: desde caixas isoladas na frente das casas, até caixas de correio agrupadas em prédios e as tradicionais caixas postais. Todos esses modelos também podem ser encontrados em outros países, mas a caixa na porta possui, digamos, uma essência tipicamente britânica.

Quem tem esse tipo mais tradicional de “caixa de correio” em casa, contudo, nota que há mais desvantagens que pontos positivos. Por exemplo, se você tem um cachorro, é mais provável que o pet coma seu jornal antes de você sequer notar que ele foi, de fato, entregue.

Que características das casas britânicas você gostaria de implementar no seu lar? E que características acha que não funcionariam no Brasil? Conte para a gente na seção de comentários.

5-43
14k
Compartilhar este artigo