Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Popeye completou 91 anos (conheça a história do homem que inspirou o personagem e curiosidades sobre o desenho)

6-4-
508

Quase todo adulto que tem hoje de 30 a 50 anos, passou parte da infância diante da TV, assistindo a desenhos animados na TV aberta. E um dos personagens mais emblemáticos desses desenhos era o marinheiro Popeye. Ele e sua turma inspiraram gerações de crianças a comer espinafre e as divertiram com suas histórias. O que talvez poucos saibam é que o personagem foi inspirado em um homem de carne e osso. Esta é sua história.

O Incrível.club conta, neste post, como surgiu a ideia do desenho. Além disso, apresentamos vários dados que pouca gente conhece sobre a animação. Curta conosco e não deixe de conferir o bônus no final com um montão de curiosidades.

1. O autor visionário

O idealizador desse e de outros desenhos não tão conhecidos foi o cartunista americano Elzie Crisler Segar, que aprendeu a profissão fazendo um curso por correspondência. Sua primeira história em quadrinhos foi chamada de Charlie Chaplin’s Comic Capers, uma referência a Chaplin. Algum tempo depois, Segar criou a série de quadrinhos Thimble Theatre (1919), que tinha Olive Oil (Olívia Palito) como personagem.

A ideia de inserir um marinheiro na Thimble Theatre só veio 10 anos depois. A partir daí, o personagem conquistou os leitores e se tornou o protagonista da tirinha. No início da década de 70, a National Cartoonists Society criou o Prêmio Elzie Segar, que homenageia os profissionais que contribuíram para a arte das tirinhas. Em 2006, a editora Fantagraphics Books publicou seis volumes com os trabalhos de Segar.

2. Primeiros personagens e desenhos

De acordo com o livro Popeye: An illustrated Cultural History, de Fred M. Grandinetti, ainda no início do trabalho, Segar mostrava Olive Oil (Olívia) e sua família: o irmão, Castor Oil, seu pai, Cole Oil, e seu namorado, Hamgravy. Nas tirinhas de jornal os personagens faziam comentários sobre teatro, cinema e outros eventos culturais de sua cidade.

3. Quem foi o homem que inspirou o marinheiro Popeye?

Popeye foi inspirado em um morador da cidade de Chester, Illinois, chamado Frank “Rocky” Fiegel. Rocky era um rapaz de origem polonesa que vivia com a mãe, em uma casa próxima do cemitério. De acordo com relatos, era um homem forte, alto e seu olho direito era meio fechado. Ele trabalhava em um bar local chamado George Gozney’s saloon.

Rocky nasceu em 27 de janeiro de 1868 e era uma espécie de “lenda local”. Provavelmente tinha uma força além do normal, já que sempre vencia lutas, inclusive contra mais de um oponente. O jovem, no entanto, era muito gentil e amável com as crianças. Ele faleceu em 24 de março de 1947, sem nunca ter se casado. Em sua lápide está gravado o desenho do personagem Popeye como uma homenagem.

autor do desenho sempre enviava dinheiro para Rocky como uma forma de retribuição pela inspiração. Na cidade de Chester foi construída uma estátua do Popeye. Anos depois, foram colocadas, no mesmo local, outras estátuas dos personagens secundários do desenho.

4. Olívia Palito existiu mesmo?

Olívia Palito (Olive Oil) foi inspirada em uma mulher real que também vivia em Illinois e se chamava Dora Paskel. Ela combinava com o personagem: era uma mulher de estatura alta, magra, seu penteado era um coque enrolado na parte de baixo da cabeça, suas roupas eram semelhantes às da Olívia e calçava sapatos com botões, muito comuns na época.

5. O surgimento do personagem Popeye

marinheiro Popeye se tornou mais um personagem das tirinhas de Segar e rapidamente começou a impressionar os leitores do jornal no qual o desenho era publicado. Eles gostaram do seu jeito um pouco rude e direto na hora de resolver conflitos. Popeye fazia proezas com sua força além do normal, mas não aceitava nenhum tipo de pagamento por isso.

Todo esse sucesso fez com que o marinheiro ganhasse uma projeção meteórica. Em 1931 a tirinha passou a ser chamada de “Thimble Theatre Starring Popeye” e muitos outros personagens surgiram na trama.

Em 1932, a King Features fechou um contrato com a Fleischer Studios para fazer de Popeye uma série de desenhos animados, a princípio, para o cinema. No ano seguinte, a série foi lançada e o personagem foi considerado o desenho mais popular de Hollywood. O enredo sempre girava em torno de uma situação conflituosa resolvida com a força que o personagem adquiria ao ingerir a famosa lata de espinafre.

Em 1960, a King Features criou o desenho para a TV. Foram feitos mais de 200 episódios e, na década de 70, a animação passou a ser produzida pela Hanna-Barbera Productions. No Brasil, o dublador do marinheiro foi o ator Orlando Drummond. Já a voz de Olívia Palito foi dublada pela atriz e dubladora Lina Rossana.

6. Outros personagens do desenho

O surgimento de outros personagens foi acontecendo de forma gradual:

  • Bluto (Brutus): O principal antagonista. Ao longo do tempo seu físico variou entre musculoso e obeso.
  • Wimpy (Dudu): Moradores da cidade de Chester afirmam que William “Windy Bill” Schuchert era um homem acima do peso, gerente da Chester Opera House e pedia sempre para que seus subalternos comprassem a guloseima na taverna Wiebusch’s.
  • Swee’ Pea (Gugu): O bebê órfão que é deixado na porta de Popeye teve sua primeira aparição nas tirinhas “Thimble Theatre” em 1933.

  • Alice: Ela é uma Goon (grupo de monstros criados por Segar) que tem uma certa semelhança física com o protagonista (o estilo dos braços). Sua estreia foi nos quadrinhos “Thimble Theatre” em 1933, em uma história chamada: “Plunder Island”.

  • Outros personagens secundários foram sendo inseridos na trama ao longo do tempo.

7. A ideia do espinafre

Acredite: a ideia original para justificar a força de Popeye não tinha nada a ver com comer espinafre. Na primeira vez que o personagem ganhou esses “superpoderes”, a origem da força estava em um ato inusitado: o marinheiro acariciou a cabeça de uma galinha mágica chamada Bernice. Um tempo depois, o autor decidiu mudar a ideia para a ingestão de espinafre e, com a popularidade do desenho, o consumo da verdura aumentou consideravelmente. O marinheiro acabou virando um exemplo de alimentação saudável.

“Espinafre fresco”

Existem estátuas do personagem em algumas cidades dos Estados Unidos que possuem plantações de espinafre, tais como Crystal City (Texas) e Springdale e Alma (ambas no Arkansas). Algumas fábricas de conservas e de espinafre fresco também usam o personagem em suas embalagens. Existe, inclusive, uma história (não comprovada) de que o espinafre se tornou um símbolo de força por conta de um erro de cálculo de um pesquisador, que teria superestimado a quantidade de ferro presente na verdura, classificando-a, assim, como uma espécie de superalimento.

Bônus: Adaptações

Popeye: o filme

O filme estreou em 1980 e teve como protagonistas os atores Robin Williams e Shelley Duvall. A estreia aconteceu em uma data próxima do aniversário de 86 anos do autor, E. C. Segar. O filme arrecadou 6 milhões de dólares apenas no seu primeiro fim de semana de exibição, já o valor arrecadado com a venda de ingressos em todo o mundo chegou a 49,8 milhões de dólares, equivalente a mais de duas vezes o orçamento gasto na produção do longa.

crítica ficou dividida: alguns chamaram a obra de “tediosa e confusa”; também a consideraram “divertida” e “especial”. O local usado como cenário das gravações se tornou um parque temático chamado Popeye Village, na ilha de Malta. Uma adaptação foi feita para receber lojas e restaurantes, além de inúmeras atrações ligadas ao tema.

Popeye for Kids — YouTube

Popeye ganhou uma versão mais atual no YouTube. Nessa nova versão, o cachimbo, que era uma característica marcante do personagem, foi substituído por um apito e ele só come espinafre orgânico plantado por ele mesmo. Olívia também não é mais uma moça que precisa ser salva: ela se tornou uma inventora que inclusive ajuda Popeye a se livrar de Brutus. Sinal dos tempos.

Outras curiosidades

  • A foto acima é de um Popeye inflável gigantesco que desfilou sobre a Benjamin Franklin Parkway, durante o 68º desfile anual do Dia de Ação de Graças na Filadélfia, Pensilvânia, em novembro de 1987.
  • O Google homenageou o autor E. C. Segar em 2009, no seu aniversário de 115 anos. Segar, aliás, morreu em 1938.
  • Na cidade de Chester, em Illinois, existem várias estátuas em homenagem aos personagens e ao autor.
  • Popeye é ainda muito popular na Itália. Lá, ele é conhecido como Braccio di Ferro.
  • O jogo Donkey Kong foi concebido originalmente tendo Popeye como tema. Mas a Nintendo não conseguiu os direitos do desenho com a King Features. Por conta disso, o jogo contou com outro personagem hoje famoso: Mario.

Você sabia que Popeye foi inspirado em uma pessoa real? E o filme? Já assistiu? Conte para a gente aqui nos comentários quais eram seus momentos favoritos.

6-4-
508