Incrível
Incrível

14 Heróis e heroínas de filmes, inspirados em pessoas reais

Atuar não é um trabalho fácil. E interpretar uma pessoa real, transmitir todos os seus sentimentos, emoções, facetas boas e ruins é uma tarefa ainda mais difícil. Apenas atores realmente talentosos o conseguem.

Nós, do Incrível.club, decidimos descobrir qual era a aparência de 14 pessoas cujas histórias inspiraram filmes. E no bônus, você ainda verá quem foi a mulher que inspirou a personagem Rose, de Titanic. Confira!

Angelina Jolie, A Troca — Christine Collins

A história de uma mulher, cujo filho de 9 anos desapareceu e depois apareceu milagrosamente, foi notícia nas primeiras páginas dos jornais, em 1928. Quando Collins alegou que o menino não era seu filho, a polícia a acusou de estar fugindo do seu dever de mãe e de fazer pouco dos esforços da polícia. Ela acabou internada em um hospital psiquiátrico, onde permaneceu até o próprio rapaz confessar a mentira. Mais tarde, descobriu-se que o verdadeiro Walter Collins pode ter sido vítima de um assassino em série, como se pensava.

Daniel Radcliffe, Fuga de Pretória — Tim Jenkin

Em 2020, Radcliffe apareceu em um papel incomum para o grande público. No entanto, o mais curioso é o filme ser inspirado nas memórias do verdadeiro Tim Jenkin. Em 1978, ele e seu amigo Stephen Lee foram capturados e acabaram em um presídio, na Cidade do Cabo. Jenkin foi condenado a 12 anos de prisão, mas conseguiu escapar, em 1979. Desde então, ele viaja muito pelo mundo para falar sobre a sua história.

Joey King, The Act — Gypsy Blanchard

Gypsy Blanchard é uma garota cuja mãe sofria da síndrome de Munchausen: ela inventava doenças de vários tipos que a filha supostamente teria. Em um dado momento, a garota de 23 anos se rebelou, o que levou a história a um triste fim. Atualmente, Gypsy cumpre pena de 10 anos de prisão.

Robert De Niro, Cassino — Frank Rosenthal

Martin Scorsese produziu um filmaço inspirado em eventos reais. Frank Rosenthal, apelidado Lefty, chegou a Las Vegas no final dos anos 60 e iniciou atividades ilegais na cidade. Ele era casado com Geri McGee, interpretada por Sharon Stone. McGee realmente teve o triste fim mostrado no filme, já Frank sobreviveu à tentativa de assassinato e viveu até os 79 anos.

Selma Blair, American Crime Story — Kris Jenner

Selma Blair interpretou a famosa socialite, na série que conta o escandaloso caso do ex-jogador de futebol americano O. J. Simpson. Sua ex-mulher foi encontrada morta e Simpson era o principal suspeito. Ele foi defendido na corte por seu advogado Robert Kardashian — o primeiro marido de Kris Jenner, pai de Kim e Kourtney Kardashian.

Christian Bale, Trapaça — Mel Weinberg

O personagem de Christian Bale foi inspirado em um vigarista famoso. No final dos anos 70, Weinberg concordou em cooperar com as autoridades e durante vários anos foi um “ator” em uma grande operação para expor os golpistas.

Emma Stone, A Guerra dos Sexos — Billie Jean King

Billie Jean King nasceu em 1943, e em 1965 se tornou a tenista número 1 do mundo. Ela ganhou vários prêmios, foi reconhecida como a Atleta do Ano mais de uma vez e incluída no Hall da Fama do Tênis Internacional. Em 1973, ocorreu uma partida lendária, chamada de “A Guerra dos Sexos”. Billie Jean derrotou o tenista Bobby Riggs, que também já havia sido eleito o melhor jogador do mundo.

Christian Bale, O Vencedor — Dicky Eklund

Eklund foi um ex- boxeador profissional de sucesso. Após se aposentar, ele foi o treinador de seu meio-irmão Micky Ward, interpretado no filme por Mark Wahlberg. Por esse papel, Christian Bale ganhou o Globo de Ouro e o Oscar.

Cate Blanchett, O Aviador — Katharine Hepburn

Katherine foi uma estrela da era de ouro de Hollywood. Ela teve uma vida longa, repleta de acontecimentos e já foi interpretada por várias atrizes. No filme O Aviador, o papel coube a Cate Blanchett. A produção conta a história de Howard Hughes, com quem Hepburn teve um relacionamento sério. Hughes até pensou em se casar com ela, mas a atriz optou pela carreira.

Philip Seymour Hoffman, Capote — Truman Capote

Um dos romances mais conhecidos do escritor é Bonequinha de Luxo, mas o filme sobre Capote relata os eventos ocorridos na criação de outro livro, A Sangue Frio. Durante o processo de concepção da obra, Truman conheceu um verdadeiro criminoso e até desenvolveu uma amizade com o assassino.

Chiwetel Ejiofor, 12 Anos de Escravidão — Solomon Northup

O filme chocante toca o fundo da alma com a injustiça e a crueldade dos acontecimentos mostrados, mas o pior é se tratar de uma história real. O verdadeiro Salomon nasceu em 1807 ou 1808 como um homem livre, e mais tarde foi preso por 12 longos anos. Ao sair do cativeiro, ele escreveu um livro de memórias, que serviu de base para o longa-metragem.

Nicole Kidman, As Horas — Virginia Woolf

A famosa autora britânica já apareceu em vários filmes e livros. No longa As Horas, de 2002, foi a vez de Nicole Kidman dar vida a Virginia Woolf. Curiosamente, para ficar parecida com a escritora, Kidman usou apenas uma prótese de nariz e maquiagem, mas muitas pessoas não reconheceram a atriz quando assistiram ao filme.

Russell Crowe, Uma Mente Brilhante — John Nash

A história de um matemático brilhante lutando com problemas mentais não foi um roteiro inventado por um diretor. John Nash é uma pessoa real, ganhador de um Prêmio Nobel, em 1994. Aos 31 anos, foi diagnosticado com esquizofrenia e passou vários anos em hospitais. Após 11 anos, a condição de Nash melhorou e ele conseguiu continuar suas atividades científicas.

Charlize Theron, Monster: Desejo Assassino — Aileen Wuornos

Para interpretar uma assassina em série, Charlize fez grandes sacrifícios e no filme está praticamente irreconhecível. Os cineastas transmitiram com precisão os acontecimentos da vida da verdadeira Aileen Wuornos, presa em 1991, aos 34 anos. Ela passou 11 anos na cadeia aguardando a execução de sua sentença: foi condenada à pena de morte.

Bônus: Rose DeWitt Bukater (Kate Winslet), Titanic — Beatrice Wood

Embora muitos dos personagens do filme tenham sido inspirados em pessoas reais, Rose e Jack são fictícios. No entanto, ao criar Rose, James Cameron se inspirou em uma pessoa que realmente existiu — Beatrice Wood. Ela nem estava no Titanic, embora em 1912 tivesse mais ou menos a mesma idade de Rose. Porém, Beatrice viveu uma vida tão incrível, foi pintora, escultora e atriz famosa, que Cameron decidiu pegar emprestado seus traços de personalidade para a personagem do longa. Wood morreu logo após a estreia de Titanic, aos 105 anos.

Quais são seus filmes favoritos inspirados em eventos reais? Conte para a gente na seção de comentários!

Incrível/Arte/14 Heróis e heroínas de filmes, inspirados em pessoas reais
Compartilhar este artigo