Incrível
Incrível

14 Celebridades que interpretaram estrelas lendárias do cinema — e nem todas se saíram bem

Milhões de pessoas ao redor do mundo acompanham apaixonadamente a vida dos seus ídolos. No passado, isso era feito através de revistas e jornais; hoje em dia, as redes sociais proporcionam cada vez mais uma intimidade com a vida das celebridades. E, claro, as estrelas de Hollywood também têm uma vida normal como o resto de nós. Só que às vezes acontecem histórias tão surpreendentes em suas vidas, que elas acabam virando um roteiro de filme.

Nós, do Incrível.club, resolvemos relembrar 14 cinebiografias de atores e músicos famosos, e decidimos comparar como ficou o resultado com a aparência real dos atores. E não se esqueça de conferir o bônus no final do post!

Nicole Kidman como Lucille Ball

No final de 2021, foi lançado o drama Apresentando os Ricardos. No longa, Nicole Kidman interpretou a atriz americana Lucille Ball. O papel seria desempenhado originalmente por Cate Blanchett, mas perto do início das filmagens ela foi substituída, o que causou uma onda de comentários negativos contra Kidman nas redes sociais.

Entretanto, após o lançamento do filme, a raiva do público foi substituída pela aclamação. A própria filha de Lucille elogiou o filme, e até disse que a alma de sua mãe tomou o corpo de Kidman por um tempo. A atriz foi elogiada pelo público e pela crítica. E ainda ganhou um Globo de Ouro na categoria de Melhor Atriz e uma indicação ao Oscar também na mesma categoria.

Ben Affleck como George Reeves

O filme de 2006, Hollywoodland — Bastidores da Fama, conta a história do primeiro intérprete do papel do Super-Homem, George Reeves. Ben Affleck conseguiu o papel principal e transmitiu habilmente o comportamento da estrela da Era de Ouro de Hollywood. Os cineastas até procuraram conselhos do biógrafo de Reeves durante a produção. E como resultado, o filme recebeu críticas positivas do público e trouxe várias indicações e prêmios para Ben Affleck.

Johnny Depp como Ed Wood Jr.

Quando foi oferecido a Johnny Depp o papel do ator e diretor da antiga Hollywood, Ed Wood Jr., ele aceitou em apenas dez minutos. Primeiro, Depp era um grande fã dos filmes de Wood. Segundo, filmar com Tim Burton prometia ser interessante e dar à estrela uma oportunidade, em suas palavras, de “se divertir”.

O ator estudou cuidadosamente a personalidade e a maneira de falar de Wood, acrescentando toques próprios ao herói. Como resultado, ele criou um personagem cult. Além disso, foi após o lançamento do filme Ed Wood que Hollywood aceitou Johnny Depp como um grande ator.

Angela Bassett como Tina Turner

Tina Turner é considerada a rainha do rock and roll. A cantora é consagrada como uma das maiores intérpretes de todos os tempos. Não surpreendentemente, sua vida e ascensão à fama serviram de base para o roteiro do filme biográfico Tina — A Verdadeira História de Tina Turner.

Quando Tina foi informada sobre a ideia de fazer um filme sobre sua vida, pediu o máximo de veracidade possível. Além disso, ela se envolveu na escolha da atriz para interpretá-la. Ao ver Angela Bassett, a cantora disse em voz alta: “Ela é perfeita”, embora Janet Jackson, Whitney Houston e Halle Berry também estivessem na lista das atrizes que queriam desempenhar o papel principal.

Jason Scott Lee como Bruce Lee

Quando surgiu a ideia de fazer um filme sobre a vida de Bruce Lee, ofereceram ao seu filho, Brandon, o papel principal. Mas ele recusou. No final, a lenda do Kung Fu foi interpretada por Jason Scott Lee, xará do protagonista.

O ator já era dançarino há muito tempo. Então, os produtores do filme Dragão: A História de Bruce Lee sentiram que essa habilidade poderia ajudar no set de filmagens. O novato ainda teve de aprender mais três artes marciais.

Faye Dunaway como Joan Crawford

O papel principal em Mamãezinha Querida não foi nada fácil para Faye Dunaway. A atriz tinha de acordar todos os dias às 4h da manhã para dar tempo dos cabeleireiros e maquiadores deixarem-na pronta antes do início das filmagens. Todo o processo levava cerca de três horas. Além disso, a atriz quase perdeu a voz por causa do papel: em uma das cenas, Faye gritou até ficar rouca. E pouco depois, descobriu que tinha perdido a voz. O próprio Frank Sinatra ajudou a estrela a recuperá-la.

Faye Dunaway realmente pensava que ia ganhar um Oscar por sua interpretação de Joan Crawford. E quando isso não aconteceu, ficou furiosa. Mais tarde, ela proibiu os jornalistas de lembrá-la até mesmo que ela participou do filme.

Kurt Russell como Elvis Presley

Kurt Russell interpretou o rei do rock and roll Elvis Presley no filme Elvis não Morreu. Curiosamente, o ator conheceu o músico em vida: eles se encontraram no set do filme Loiras, Morenas e Ruivas. Russell chegou a interpretar o cantor mais de uma vez. Por exemplo, ele dublou o jovem Elvis em Forrest Gump: O Contador de Histórias e, no filme 3000 Milhas para o Inferno, interpretou seu dublê.

Dakota Fanning como Cherie Currie

Em 2010, foi lançado o filme The Runaways: Garotas do Rock, que fala sobre a banda de rock americana dos anos 70 The Runaways. Quando Cherie Currie, uma das vocalistas da banda, descobriu que seria retratada nas telonas por Dakota Fanning, ela caiu no chão e chorou de emoção. Fanning era a atriz favorita da cantora. Após o lançamento do longa, Cherie, como um sinal de gratidão pela atuação da atriz, lhe deu um violão feito sob medida.

Beyoncé como Diana Ross

Beyoncé considera Dreamgirls: Em Busca de um Sonho seu primeiro trabalho real de atuação, embora já tenha aparecido em vários filmes anteriormente. A sua personagem foi inspirada na icônica cantora Diana Ross, considerada a artista do século.

O papel exigiu que Beyoncé perdesse peso drasticamente para poder interpretar a personagem mais jovem. O esforço não passou despercebido: o trabalho trouxe várias indicações para a cantora, e os críticos elogiaram sua atuação no longa.

Kelli Garner como Marilyn Monroe

Muitos filmes já foram feitos sobre Marilyn Monroe. Algumas atrizes conseguiram interpretar a diva de Hollywood de forma crível, enquanto outras, decepcionaram o público com suas atuações.

Kelli Garner decidiu tentar a sorte como uma das loiras mais famosas do mundo na minissérie The Secret Life of Marilyn Monroe (sem versão para o português) de 2015. A produção biográfica recebeu críticas mistas. Segundo a imprensa, a atriz não conseguiu surpreender ou inspirar o público com sua atuação. A voz rouca e o cabelo loiro não foram suficientes. A maior das loiras merecia mais, segundo as revistas.

Charlotte Sullivan como Marilyn Monroe

Já a Marilyn Monroe interpretada por Charlotte Sullivan na minissérie The Kennedys (sem versão para o português) foi aclamada pelo público. Os críticos chamaram sua interpretação de “uma loira com ambição”. E segundo a imprensa, Monroe e Sullivan têm muito em comum: ambas passaram a maior parte de suas carreiras provando ao mundo que são muito mais do que apenas uma cara bonita. Os críticos consideram esse o melhor trabalho de Sullivan em sua filmografia.

Laetitia Casta como Brigitte Bardot

No filme Gainsbourg, o Homem que Amava as Mulheres, que conta a vida do músico e poeta francês Serge Gainsbourg, Laetitia Casta interpretou o papel da musa inspiradora do cantor — Brigitte Bardot. O filme ganhou vários prêmios César e várias outras indicações em festivais de cinema, e esse papel é considerado uma das melhores performances de Laetitia Casta.

Madonna como Evita Perón

O talento de Madonna como atriz já foi objeto de discussão entre os críticos de cinema várias vezes. Ela já ganhou o Prêmio Framboesa de Ouro diversas vezes. Mas quando se trata de sua interpretação de Evita Perón, não há dúvidas: Madonna interpretou muito bem a ex-primeira-dama.

Quando a artista soube que o diretor Alan Parker iria fazer um cinebiografia sobre a atriz Evita Perón, que mais tarde se tornaria esposa do famoso presidente argentino, lhe enviou uma carta argumentando por que ela deveria fazer esse papel.

Madonna foi até Buenos Aires para se aproximar da atmosfera em que a heroína cresceu. A cantora também conversou com pessoas que conheciam Evita pessoalmente. Depois de todo o esforço, ela disse que o papel significava muito mais que apenas um trabalho para ela.

Scarlett Johansson como Janet Leigh

Scarlett Johansson tem muitos papéis que cativaram o público. Mas, no caso de Hitchcock, ela não obteve o mesmo sucesso.

Nesse filme, a atriz interpretou a diva da antiga Hollywood Janet Leigh. Para atuar da maneira mais crível possível, ela se encontrou com a filha de Leigh, que contou histórias sobre a mãe. E mesmo após esses esforços, a interpretação da atriz pareceu pouco interessante para os espectadores. Tanto é que o filme não foi muito bem recebido pelo público.

Bônus: Austin Butler como Elvis Presley

Outro filme sobre a vida do lendário cantor deve ser lançado em 2022. Um musical biográfico sobre Elvis Presley, dirigido por Baz Luhrmann, está em produção. Luhrmann já dirigiu filmes como O Grande Gatsby e Moulin Rouge: Amor em Vermelho. E convidou para o papel principal o ator e o modelo Austin Butler. O filme contará a história do rei do rock and roll desde os primeiros dias até o auge de sua carreira.

Qual ator da nossa seleção, na sua opinião, transmitiu com mais precisão a imagem do biografado nos cinemas? Que outras biografias e celebridades você adicionaria a lista? Conte para a gente na seção de comentários.

Incrível/Arte/14 Celebridades que interpretaram estrelas lendárias do cinema — e nem todas se saíram bem
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos