Casal brasileiro passou 20 anos plantando uma floresta inteira, e milhares de animais selvagens voltaram para casa graças a isso

Gente
há 4 anos

A cada ano, a Terra perde cerca de 7,3 milhões de hectares de florestas, o que equivale ao tamanho do Panamá. Tais mudanças significativas no meio ambiente afetam não apenas os seres humanos, mas também inúmeras espécies de animais, que precisam abandonar seus habitats e buscar refúgio em outros lugares.

Atualmente, o que devemos fazer é interromper a destruição do nosso Planeta por qualquer meio possível. E um casal brasileiro, Sebastião e Lélia Salgado, mostrou que qualquer pessoa pode causar um impacto positivo no meio ambiente, tornando o desmatamento um problema mais ameno.

No Incrível.club descobrimos exatamente como esse casal dedicado conseguiu atingir resultados tão bons e transformou uma paisagem desoladora em um paraíso para a vida selvagem.

Tudo começou com o simples sonho de levar uma vida tranquila

Em 1994, o fotojornalista brasileiro Sebastião Salgado voltou da África Oriental, onde documentava os horrores do genocídio de Ruanda. Depois dessa experiência traumática, buscou a paz na exuberante mata verde de sua terra natal, Minas Gerais.

No entanto, o que viu foi ainda mais devastador: em poucos anos, uma rica floresta tinha se tornado uma paisagem severamente deteriorada e empoeirada, com rios secos e nenhum traço de vida selvagem. A terra estava coberta por apenas 0,5% de árvores. Salgado ficou muito decepcionado com o que presenciou.

Naquela época, sua esposa Lélia fez uma proposta quase impossível. Ela acreditava que essa terra poderia recuperar sua antiga glória, se ambos colocassem todo o esforço nisso. Sebastião apoiou a ideia e o casal decidiu replantar toda a área com uma espécie que florescia lá. Desde então, uma transformação milagrosa começou a acontecer.

O sonho de plantar uma floresta foi dividido com outros

Salgado plantou sua primeira semente em 1998, mas duas pessoas não seriam suficientes para fazer um trabalho tão grande. A fim de restaurar o deserto de 709 hectares de floresta, o casal contratou 24 pessoas que trabalharam dia e noite com os proprietários, colhendo ervas daninhas invasoras, plantando novas mudas e regando a área.

Ao mesmo tempo, Salgado começou a construir uma rede de voluntários e parceiros entusiastas, que financiariam e sustentariam seu imenso projeto. Para atrair a atenção para a missão, o casal criou uma organização ambiental chamada Instituto Terra.

O principal objetivo do Instituto Terra era restaurar o ecossistema na área, com a produção de mudas da Mata Atlântica. Eles também tinham uma campanha educacional ambiciosa, que envolvia estudantes, professores, fazendeiros e autoridades locais. Para aumentar a conscientização sobre o problema, o instituto chegou a aconselhar agricultores, garimpeiros e outros que trabalhavam na região da floresta.

O trabalho árduo da organização deu resultados: as árvores tropicais, nativas da região, começaram a florescer rapidamente, apesar de a área ter sofrido grave desmatamento durante décadas. Hoje há uma floresta exuberante que renasceu completamente e está prosperando de novo.

Os resultados são realmente impressionantes

Desde 1998, o casal plantou mais de 4 milhões de árvores jovens de 293 espécies e restaurou 1.502 acres de floresta tropical. O que antes era uma terra árida, transformou-se em um paraíso tropical.

Graças à nova floresta, todo um ecossistema foi reconstruído a partir do zero. Esse reflorestamento resultou no renascimento de um microclima tropical, que causou um aumento da precipitação e encheu os córregos de água.

Surpreendentemente, o ecossistema saudável da nova floresta salvou mais do que a paisagem local, uma vez que também estimulou os animais selvagens a retornarem à área.

O retorno dos animais é o aspecto positivo mais importante da nova floresta. Como agora há comida e proteção suficientes para eles, mais de 172 espécies de pássaros, 33 tipos de mamíferos e 15 espécies de anfíbios e répteis voltaram para casa, e muitas dessas criaturas estão em perigo de extinção.

A determinação de Salgado mostrou que as maiores conquistas podem ser alcançadas mesmo com os menores passos, e que qualquer um de nós pode contribuir para a proteção de nosso Planeta de maneira pessoal.

O que você acha do projeto desse casal? Você já plantou uma árvore? Conte-nos na seção de comentários!

Comentários

Receber notificações

Encantada com a iniciativa desse casal de brasileiros. Também cuido myito de preservar e cultivar a natureza, ainda que num espaço bem menor. Efusivos parabéns!

-
-
Resposta

Parabéns a esse casal e a todas as pessoas que estiveram envolvidas na reconstrução dessa floresta , que isso sirva de exemplo para outras pessoas a doarem um pouco de seu tempo em prol da nossa natureza, que deus abençoe abundantemente as vidas dessas pessoas incríveis!

-
-
Resposta

Já sou fã do Sebastião Salgado pelas suas fotos, que considero fantásticas. Está atitude do casal me deixou perplexa! Amei!

-
-
Resposta

Artigos relacionados