Nossa Jornada com Três Filhos com Nanismo: Como Zach e Tori Roloff Superaram Obstáculos e Construíram uma Família Forte

Crianças
há 1 mês

Zach Roloff e Tori Roloff, astros de A Pequena Grande Família, são considerados por muitos como modelo de relacionamento. Sua história de amor percorreu um longo caminho desde o primeiro encontro, e eles enfrentaram muitas críticas e opiniões negativas. No entanto, essa feliz união continua forte, e os dois provam que o amor não conhece julgamentos e preconceitos.

Uma história de amor que já dura mais de 12 anos

Zach e Tori Roloff são claramente apaixonados há algum tempo.

Eles estão juntos desde 2010, quando se conheceram na fazenda da família de Zach. “Nós dois éramos muito tímidos para nos aproximarmos um do outro, mas ambos dissemos a um colega de trabalho que achávamos o outro bonito!” contou Tori anteriormente em uma entrevista. Um dia, Zach finalmente teve coragem de convidá-la para sair, e o casal tem sido inseparável desde então.

Após quatro anos de namoro, Zach pediu Tori em casamento em abril de 2014. Eles se casaram em julho de 2015, diante de 200 convidados, na fazenda da família de Zach. Desde então, o feliz casal teve três filhos.

Tori ainda é extremamente apaixonada por seu marido, que tem uma condição médica rara chamada acondroplasia. Ela diz: “Sou muito grata pela personalidade orientadora de Zach e por sua paciência comigo e com nossos filhos. Ele é o melhor líder para nossa família e nos torna melhores a cada dia. Não há ninguém que me faça rir mais, sorrir mais. Eu te amo muito, querido. E vamos continuar assim”.

Todos os seus filhos herdaram a condição do pai

O casal confirmou em sua entrevista que seus filhos têm a mesma doença que o pai: “Nosso terceiro filho também tem nanismo.” “É muito normal para nós”, disse Tori em sua entrevista, falando sobre os membros da família Roloff que têm acondroplasia.

Ela acrescentou: “Temos muitos recursos, mas há muitos pais por aí que não têm esses recursos nem a mesma confiança em tudo que Zach e eu temos”.

Tori diz que ela e seu esposo planejam ser sempre ativistas do nanismo. Ela contou que a família seguirá usando sua plataforma para ajudar outras pessoas que pareçam estar na mesma situação.

Embora muita gente tenda a acreditar que as histórias de casais com deficiência não têm um final feliz, há mais uma prova sólida de que essas uniões podem ser felizes e prósperas. A jornada de outro casal, Shane e Hannah Burcaw, tem cativado milhares de pessoas com o amor puro e os sentimentos sinceros que o casal demonstra em tudo o que faz. Isso demonstra, mais uma vez, que o amor verdadeiro não tem fronteiras.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados