Jovem caixa do Walmart surpreendeu uma mãe adotiva com ato de amor que emocionou a todos

Gente
há 1 mês

Quando falamos de heróis, geralmente pensamos em figuras com capas esvoaçantes e superpoderes, certo? Mas e se te dissermos que encontramos um herói em um lugar bastante inusitado: um caixa de supermercado? Isso mesmo! Conheça a história inspiradora de Nicholas Tate, um jovem de apenas 20 anos, que transformou uma noite comum de trabalho no Walmart em uma verdadeira lição de vida e bondade. Prepare-se para se emocionar!

Noite agitada no Walmart: um jovem caixa e uma fila que não para de crescer

Era uma noite de sexta-feira e Nicholas Tate estava quase no fim do seu turno no Walmart quando a fila no seu caixa começou a crescer. O jovem caixa de 20 anos de Newcastle, Oklahoma, esperava pacientemente enquanto cada cliente colocava seus itens na esteira. Uma mulher rodeada por três crianças pediu desculpas ao se aproximar do balcão. “É um daqueles dias?” Nicholas perguntou, sorrindo enquanto as crianças pulavam atrás dela.

A mãe adotiva e a fórmula infantil que não passou

A mulher explicou que estava acolhendo um bebê e tinha que usar o WIC, parte de um programa federal que fornece assistência para famílias de baixa renda com crianças, para pagar por alguns dos itens. Ela havia configurado o WIC naquele dia e nunca o havia usado antes. “Ela tinha uma boa quantidade de itens e a maioria deles passou, mas aparentemente ela não tinha a fórmula certa e não passou”, disse Tate à CBS News.

No caso, a fórmula (suplemento alimentar infantil) que a mulher estava tentando passar no caixa era de um tipo que não estava coberta pelo programa assistencial. “Tivemos que fazer uma transação separada para o resto”, como explicou Nicholas. E, enquanto o jovem caixa registrava o resto das compras, a fila foi ficando mais longa.

“Havia mais clientes, mais reclamações e olhares feios enquanto eles se mudavam para a outra fila e eu estava frustrado e tentando não chorar”, escreveu a cliente, que deseja permanecer anônima, em uma postagem no Facebook. “Neste ponto, uma senhora que conhecemos se aproximou e perguntou por que eu estava causando tantos problemas. Eu disse a ela que estava apenas falhando como mãe adotiva porque não conseguia entender o WIC e quase comecei a chorar ali mesmo.”

Nicholas, o caixa que fez a diferença

Mas Nicholas permaneceu calmo e chamou um gerente para ajudar, pronto para tentar a transação novamente. “Eu já tinha meu cartão naquele momento. Eu senti que Deus estava me dizendo para pagar por isso”, explicou Nicholas. “No segundo em que não funcionou, passei meu cartão.” “O que você está fazendo?” a mulher perguntou, com os olhos cheios de lágrimas. Nicholas pagou R$ 295 em compras dela — e ele diz que valeu cada centavo.

“Não me lembro de tudo o que ele me disse depois disso, mas sei que ele me disse que eu não estava falhando e que o que estávamos fazendo era uma coisa incrível”, explicou a mulher. Nicholas diz que estava apenas fazendo a coisa certa. “Quando sentimos que Deus está nos dizendo para fazer algo — quantas vezes dizemos não? Naquele momento, sem dúvida, ele estava me dizendo para pagar, me dizendo que essas pessoas estavam em necessidade, para ajudá-las”, disse ele.

A gratidão de uma mãe e o coração feliz de um jovem caixa

A mulher nem sequer viu o crachá de Nicholas Tate e se arrependeu de não poder agradecê-lo pessoalmente. Então, ela foi ao Facebook para compartilhar a história emocionante na esperança de encontrá-lo. Centenas de pessoas compartilharam a mensagem e, eventualmente, a mãe adotiva e Nicholas conseguiram se conectar.

“Consegui entrar em contato com esse jovem... e agradecê-lo novamente, bem como a sua mãe, e dizer a ela o quanto fomos abençoados por seu filho e agradecê-la por criar um jovem tão excepcional”, ela escreveu.

“Além disso, vários gerentes do Walmart entraram em contato comigo sobre essa questão para descobrir quem era, querendo ajudar a corrigir e ajudar como puderem. Assim como alguém do WIC.” Nicholas disse que nunca esperava que sua história se tornasse famosa, mas ele está feliz por isso. “Isso fez meu coração muito feliz”, disse o rapaz. “Confirmou que estou fazendo o que Deus quer que eu faça.”

Atos de gentileza são realmente emocionante e, às vezes, vêm de pessoas que nunca imaginamos. Como essa história de dois garotos que viram um homem rude e antissocial demonstrar um coração cheio de bondade.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados