Internautas nos contaram sobre seus “sonhos premonitórios” e ficamos de boca aberta com algumas histórias

Gente
há 11 meses

Enquanto dormimos e o corpo descansa, nosso cérebro ainda está acordado. Durante este tempo, ele nos ajuda a lidar com o estresse diário por meio dos nossos sonhos. Por isso que muitas vezes sonhamos com coisas sem sentido, mas em outras podemos ter os chamados “sonhos premonitórios”, que seriam, em principio, concretizados na vida real. Este é um dos fenômenos mais surpreendentes da nossa psique, e os cientistas ainda não conseguem explicar a fundo como isso funciona.

Incrível.club tem certeza de que o misticismo é algo para o qual a ciência ainda não encontrou uma explicação por causa da falta de dados, equipamentos apropriados de estudo ou hipóteses corretas. Estávamos interessados, no entanto, em ler histórias sobre sonhos que se tornaram realidade, que foram compartilhados por usuários da rede. Confira!

  • Meu pai me contou uma história um pouco estranha: “Eu estava dirigindo, e meu amigo dormia no banco do passageiro. Eu estava começando a ficar um pouco sonolento, mas não podia dormir, e faltavam apenas uns 40 quilômetros pela floresta. A estrada está vazia, não havia ninguém perto e ninguém para atrapalhar o caminho. Mas daí vejo um policial de trânsito, agitando um bastão, dizendo: ’Vá em frente’. E de repente surge um carro por trás dele e vai de encontro a uma árvore. O automóvel fica com toda a parte dianteira destruída e tem somente as portas traseiras e uma mala intactas. Me aproximo do veículo e vejo que a mala é minha! Os números e a cor do carro são meus! Nesse momento, balanço a cabeça, assustado, e percebo que estava sonhando. Adormeci a 90 km/h. E um segundo depois, ao longo da estrada, vejo a mesma árvore na qual o carro tinha batido no sonho”. © Olololol0
  • Tive um sonho de que nosso gato preto, que morreu há muito tempo, tinha voltado. Ele chegou e se sentou na entrada, miando sem parar, como normalmente fazia. Acordei, então desci as escadas e vi que havia um gatinho preto na caixa do nosso outro gato. Ele me olhou e começou a miar. Dizer que fiquei em estado de choque é pouco. Agora ele vive aqui em casa, e o chamamos de Ugolek (que pode ser traduzido como “Cantinho”). © LeroX
  • Os deslumbrantes anos 90. Tive um sonho, em um inverno, de que andava por uma rua com minha filha. Eu usava um vestido branco com acessórios de prata e um cinto largo, e minha filha usava um lindo vestido chinês com um bordado encantador. O sol brilhava, estava quente e minha filha queria um sorvete. Fomos ao quiosque, escolhemos um sorvete e continuamos o passeio.
    De repente, o sol se escondeu atrás das nuvens negras, o vento começou a bater forte, parecia que uma tempestade estava prestes a começar, e era difícil respirar. Começou a chover e, assim, corremos para procurar abrigo. Enquanto corríamos, nos molhamos, chegamos à uma árvore grande e nos protegemos embaixo dela. Neste momento, notei que havia manchas marrons no vestido da minha filha em vez de gotas da chuva. Olhei para o meu lindo vestido e vi que o meu peito estava manchado com uma cor avermelhada, como sangue. O sonho passou e acabei esquecendo dele.
    Passados seis meses, no entanto, meu marido fez uma viagem de negócios à Polônia e trouxe presentes para nossa filha — brinquedos e um lindo vestido chinês com bordado. Para mim trouxe um vestido branco com detalhes prateados e um cinto largo. Decidimos que iríamos ao zoológico no fim de semana seguinte com as novas roupas. Enquanto descíamos a rua, minha filha reclamava do calor e pediu para comprarmos um sorvete. E, naquele momento, a imagem veio à tona como num filme!
    Lembrei-me do sonho até os mínimos detalhes! Reconheci que nele estávamos andando pela mesma rua, usando as mesmas roupas, tudo igual! Peguei minha filha nos braços e corri para o beco mais próximo, saindo daquele ambiente. Nas minhas costas, ouvi gritos e sons de tiros. Mais tarde, quando já estávamos em casa, vimos o noticiário, que dizia que houve um tiroteio entre duas gangues criminosas naquele mesmo local, com muitos feridos (ninguém morreu). © Assantel

  • Tive um sonho no outro dia em que procurava um tesouro na floresta ou na selva. Encontrei uma caixa com um pedaço de papel que dizia: “Sonho de duas horas”. Pela primeira vez na minha vida não ouvi o despertador e acordei 2 horas atrasado para o trabalho. © Pafnut1
  • Moro longe dos meus pais e os visito muito raramente. Trabalho bastante e tenho apenas um dia de folga. Na semana passada estava tão cansado que, ignorando meus objetivos e ambições, decidi me demitir. Depois acabei me arrependendo. Mais tarde, naquela noite, minha mãe me ligou perguntando como eu estava. Expliquei a situação no trabalho e disse que estava muito cansado. Minha mãe, então, riu e me contou do sonho que teve na noite anterior. Era como se eu tivesse ido à casa dos meus pais, mas minha mãe só viu minha mala e meus sapatos na entrada. Então, ela recebeu um telefonema de uma mulher dizendo: “Por favor, não brigue com seu filho e não se preocupe. Deixe ele descansar um pouco na sua casa, ele vai encontrar um outro trabalho. Vai dar tudo certo. Ele só está um pouco cansado”. É assim que os pais sentem seus filhos. © FaraFawler

  • No outro dia sonhei que a minha amiga estava grávida. Na manhã seguinte, contei a ela sobre o sonho. Hoje ela mandou uma foto com os dois pauzinhos do teste. Agora está me perguntando qual o sexo da criança. © Gusellka
  • Cerca de um mês antes de ter sido recrutado para as Forças Armadas da URSS, tive um sonho de que já havia sido recrutado para o exército. E no sonho perguntei a alguém que tipo de tropa iria servir, e a pessoa disse: “Companhia de Segurança”. Nunca tinha ouvido falar de tais tropas e nem sequer de tal frase antes. Naquele mesmo dia, no trabalho, contei do meu sonho para os outros colegas militares, e eles explicaram que era uma unidade de guarda especializada que vigiava a infraestrutura da base. Após a chamada, nossa equipe foi levada para uma unidade militar, de onde seriamos enviados para a Alemanha dentro de alguns dias. Mas eu não queria ir para a Alemanha. Um dia, porém, nos organizaram e o coronel disse que se alguém não quisesse ir para Alemanha, devia ir para outro departamento, que iria servir na “Companhia de Segurança”. Eu preferi não ir para a Alemanha. © g.ts

  • Tive um sonho, cerca de seis meses atrás. Nele, minha amiga morava em outra casa, tinha outros móveis, outro gato. Lembro-me exatamente do que ela estava vestindo e sobre o que conversávamos. Eu contei a ela sobre meu sonho, e recentemente tudo dele começou a se tornar realidade, como um déjà vu: minha amiga se mudou para uma casa nova, tinha uma gata nova e, quando nos encontramos, ela estava usando as mesmas roupas do sonho e falávamos da mesma coisa! © lisbethborden
  • Como jovem, servi nas Forças Armadas russas como recruta. Quando fui convocado, tive que dizer adeus a todos os meus amigos próximos, e me despedi também da minha namorada, dizendo: “Não me espere, é muito tempo. Você está livre”. Mas ela jurou lealdade em lágrimas, dizendo que um ano não era nada, que esperaria e que seríamos felizes. Um dia, então, tive um sonho no quartel, no qual ia para a casa dela para encontrar algum documento do exército que havia esquecido lá. Descubro, no entanto, que meu amigo estava lá, jogando algum jogo. Nos cumprimentamos e, quando estava prestes a sair, chamei meu amigo para ir comigo, e ele respondeu que ficaria mais um pouco. Quando voltei para casa depois de um ano, descobri que a mesma garota estava namorando meu amigo havia mais de seis meses, e eles até moravam juntos. Contei a história, rimos bastante, bebemos pelo reencontro e cada um foi para o seu lado. © progsss

  • Quando a minha mulher estava no 9º mês de gestação, sonhei que minha filha já estava com 5-6 anos e um amigo me perguntou: “Quando é o aniversário da sua filha?” No que eu respondo sem pensar: “Dia 25, claro!” Acordei e pensei que o parto estava realmente marcado para o final de março — por que eu responderia isso no sonho, né? Passou o dia 25 de março e já era início de abril. Minha mulher estava deitada na maternidade havia muito tempo, à espera do nascimento. No final, ela ligou do hospital e disse que parecia que as contrações tinham começado. Eu não podia ir. Olhei para a data e me lembrei do sonho: 25 de abril! Mas agora já era dia 26, e não tinha recebido mais nenhuma ligação desde então. Estava muito cansado e acabei dormindo. Recebi uma ligação pela manhã. Minha mulher dizia: “Está tudo bem, 3.500 g, 56 cm! Ela nasceu às 23h45 de ontem...”. Depois entrei em nirvana. © TomLark

  • Deixei meu carro no conserto. O rapaz me liga de manhã e, com uma voz nervosa, diz que o veículo foi roubado. Pedi para chamar a polícia. Fui até lá e já havia pessoas de uniforme perto do local, e o funcionário responsável estava escrevendo um relatório de ocorrência. Um dos representantes das autoridades em uma conversa comigo imediatamente deu a entender que o próprio funcionário tinha escondido o carro. Escrevi um relatório sobre o roubo e esperei. Demorou 3 ou 4 dias. O rapaz do conserto me ligou e disse que tinha encontrado o carro. Ele alegadamente sonhou que o carro estava numa feira de carros, foi até o lugar e, realmente, lá estava o veículo parado. Enquanto eu estava a caminho do local, a polícia já havia tirado meu carro do vendedor e preenchia a papelada. Parece que dois adolescentes levaram o automóvel até essa feira para ser vendido. © TeRmeet24

  • Sonhei que desci do ônibus no ponto e então, imediatamente, um jovem correu na minha direção, tirou uma nota de dinheiro embaixo dos meus pés e me entregou. Tá, foi só um sonho. Não pensei mais naquilo. E então, cerca de duas semanas depois, eu vou para o ponto de ônibus perto da universidade, um rapaz se aproxima de mim, pega a mesma nota debaixo dos meus pés e me entrega. Fiquei em choque. © Maculata
  • Tive o seguinte sonho na véspera da prova: recebo uma pergunta e, além de ser a de número 13, ainda é sobre um tema do qual eu sabia pouco. Acordo suando frio, pego meu resumo e decido ler tudo sobre aquele assunto. Fiquei aliviada de ter revisado tudo que precisava. No dia seguinte, recebo a pergunta de número 13, que é sobre o mesmo tema que havia lido pela manhã. © Sexmet11

Você já teve algum sonho como esses? Ou algum que já se tornou realidade?

Imagem de capa LeroX / pikabu

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados