Estudou durante o parto e se formou com a filha no colo: a inspiradora história de uma mãe solteira em Harvard

Crianças
há 3 meses

Briana Williams é a pura definição de inspiração! Com apenas 24 anos, ela desafiou as adversidades da vida e nos mostrou que, com uma pitada de determinação e uma boa dose de coragem, não há obstáculo grande o bastante para nos impedir de alcançar nossos sonhos. Essa é uma surpreendente história de superação, que deixa uma valiosa lição para todos nós.

A inspiração de Briana

Briana lembra que, quando engravidou durante o segundo ano da Faculdade de Direito de Harvard, muitas pessoas duvidaram de suas capacidades. Ela sentiu os olhares críticos e as hesitações de colegas, instrutores e até mesmo de possíveis empregadores. Todos se perguntavam como ela conciliaria suas responsabilidades profissionais com a maternidade iminente.

Briana estava cercada por perguntas cautelosas sobre se ela deveria esperar até conseguir um emprego pós-graduação para revelar sua gravidez ao escritório de advocacia. E, para sua surpresa, algumas pessoas chegaram ao ponto de questionar sua escolha de não fazer um aborto. “Bem, o motivo pelo qual decidi continuar minha carreira e formar-me em direito em Harvard enquanto fazia a transição para a maternidade é muito simples: eu podia”, ela escreveu.

Quebrando barreiras: ser mãe e estudante de Harvard

A dicotomia entre a mulher profissional e a dona de casa ainda persiste na sociedade. A ideia de que uma mulher só pode ser bem-sucedida em sua carreira ou ficar em casa como dona de casa “ideal” é um estereótipo profundamente enraizado. Essa ideia coloca obstáculos à progressão das mulheres com filhos no mundo profissional, e muitas vezes desvaloriza o trabalho doméstico.

O equilíbrio entre a maternidade e a carreira

Pois Briana se recusou a aceitar essa mentalidade limitante e provou que é possível equilibrar a maternidade com o sucesso profissional. Ela não se curvou aos estereótipos de gênero e não permitiu que outros lhe impusessem ultimatos irreais. “Eu sabia que se me permitisse acreditar que minha escolha de ser mãe sufocaria meus outros objetivos, então era exatamente isso que aconteceria”. Briana estava decidida a concluir a faculdade de Direito e a perseguir seus sonhos a qualquer custo.

Exemplos de um comprometimento inabalável

Em um vídeo amador, podemos ver Briana fazendo um trabalho da faculdade em uma cama de hospital: ela estava em trabalho de parto, mas não abriu mão do seu compromisso com os estudos. No vídeo, ela brinca que, se um dia for professora, diria aos seus futuros alunos que não há desculpa para não entregar um trabalho escolar, pois ela mesma o fez durante o trabalho de parto. Bem humorada, depois ela muda de ideia e diz que vai dar A para todo mundo.

A jornada não foi fácil. Exigiu determinação, pedir ajuda quando necessário e equilibrar obrigações acadêmicas com a maternidade. Após o parto, Briana não hesitou em levar sua filha Evelyn para a faculdade e reuniões com professores, mesmo que isso significasse fazer malabarismos com horários. “Tinha que haver uma solução para cada problema e eu era capaz de encontrá-la. Nesta jornada, as lições que aprendi foram infinitas.”

Lição de vida: não deixe opiniões te definirem

“Se fiquei sobrecarregada, não sentia pena de mim mesma. Em vez disso, reservava um dia para recalibrar e depois seguia em frente. Nunca aceitei o desânimo”. Briana se formou em Direito em maio de 2018, realizando seu sonho e provando a si mesma que ser mãe não representou um obstáculo intransponível. “Carreguei minha filha ao palco comigo, um ato que pretendia afirmar que escolher ser mãe não poderia me impedir de receber meu diploma”.

Ela lembra que, com essa conquista, ela não pretendia provar algo para ninguém, mas sim provar a si mesma que podia superar qualquer desafio. Sua jornada ensinou lições inestimáveis, como manter a fé e a compostura em situações estressantes, praticar a empatia e priorizar metas em vez de gratificações imediatas.

Mas, acima de tudo, Briana aprendeu que as opiniões e os estereótipos não podem defini-la, e que a maternidade foi sua maior fonte de aprendizado. Atualmente, A história de Briana Williams é um lembrete poderoso de que, tendo vontade e determinação, é possível superar qualquer desafio. Ela quebrou barreiras e inspirou todos ao seu redor com sua resiliência e coragem. Atualmente, Evelyn está com 5 anos e já ganhou um irmãozinho, o Marlon.

Se você também achou a jornada da Briana inspiradora, espere só até conhecer a história do brasileiro Celso Simon. Esse morador de Chapecó, Santa Catarina, enfrentou um desafio diferente da Briana para conseguir o tão sonhado diploma, mas não menos inspirador.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados