A história do homem que abandonou um ótimo emprego para mudar o mundo

Histórias
há 11 meses

O americano Adam Braun tinha tudo o que precisava: um trabalho promissor e bem remunerado, um ótimo lugar onde morar e a oportunidade de viajar ao redor do mundo. Uma vida aparentemente perfeita. Mas algumas viagens por países pobres mostraram a Adam muita gente não tem acesso a metade das coisas que ele possui e ele resolveu arregaçar as mangas e fazer algo para ajudar essas pessoas. Assim, depois de conhecer uma criança pobre na Índia que só sonhava em ter um lápis, os desejos de Adam mudaram completamente.

Incrível.club descobriu a história deste homem que renunciou a seu prestigioso trabalho para criar uma fundação sem fins lucrativos e que conta sua experiência no livro ​​​​​​ The Promise of a Pencil, um best seller elogiado até mesmo pelo bilionário britânico Richard Branson.

Adam se graduou pela Brown University, uma universidade que faz parte da chamada Ivy League (o grupo que congrega as melhores universidades dos Estados Unidos) e conseguiu um ótimo emprego na consultoria internacional Bain & Company. Seu guarda-roupa vivia lotado de ternos caros e bem cortados e ele fazia contato com executivos cada vez mais graúdos.

Mas, mesmo com tudo isso Adam sabia que não era feliz. Ele sabia que, no fundo, seu destino era sair pelo mundo e ser feliz de outra maneira. Você já teve essa sensação?

O primeiro passo que ele deu foi abandonar a zona de conforto. Viajou para Índia, África e Vietnã. De maneira inesperada, no primeiro lugar em que visitou, a Índia, sua vida começou a mudar. Foi onde conheceu um menino que nunca havia ido a escola. Seu único desejo era ter um lápis.

-“O que é que você mais gostaria de ter no mundo?” -“Um lápis”.

Adam se surpreendeu pelo fato de a criança nunca ter ido à escola.

E logo percebeu que outras crianças estavam na mesma situação. Segundo dados da Unesco, cerca de 263 milhões de crianças e jovens no mundo não têm acesso à educação.

Poderia algo tão pequeno como um lápis ser a base de uma educação e ativar todo o potencial de uma criança?

Adam voltou aos Estados Unidos e criou uma fundação sem fins lucrativos, a Pencils of Promise, que daria origem ao livro. Ele sonhava com construir a primeira escola, na África do Sul.

Para poder dedicar-se completamente no desenvolvimento do novo projeto, Adam decidiu pedir as contas do trabalho.

“O maior dos sonhos quase sempre começa com pequenos e irracionais atos”.

Essa decisão, como é de se imaginar, não foi fácil de ser tomada. Ele estudou o processo, avaliou quanto precisaria de dinheiro para se sustentar durante o período em que iniciaria os trabalhos da instituição. Então, com apenas 25 dólares, criou a primeira escola. O projeto cresceu e hoje são cerca de 400 escolas em diversos países em desenvolvimento e que beneficiam mais de 70 mil crianças.

Não se pergunte do que o mundo necessita. Pergunte-se o que faz você se sentir vivo e corra atrás. Porque o mundo precisa é de mais gente que se sinta viva".

Em seu livro, Adam fala de maneira clara sobre todos os desafios que enfrentou. Descreve em detalhes todo o ciclo de vida de sua organização, até a construção da primeira escola, a criação de uma grande equipe internacional e ajudas valiosas dos principais doadores que mantêm o projeto em andamento.

Durante os últimos anos, Adam fez parte da lista das “50 pessoas que mudaram o mundo”, da revista americana Wired, e também fez parte de uma lista da revista Forbes.

Ele é um palestrante super requisitado e já participou de grandes eventos na ONU, na Casa Branca e do Forum Econômico Mundial!

A história de Adam Braun o inspirou? Compartilhe suas reflexões conosco nos comentários! Todos nós podemos mudar o mundo, basta começar (:

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados