16 Relatos que comprovam os altos e baixos de quem convive com uma grávida

Histórias
há 4 meses

É difícil encontrar um estado mais natural e, ao mesmo tempo, incomum do que a gravidez. Toda mamãe acumula um arsenal inteiro de memórias do período que gerou o que há de mais valioso: uma nova vida.

“Eles são inseparáveis ​​desde que minha esposa engravidou. O parto será hoje. Acho que nosso gato sabe”

Quando o desejo por alimentos em conserva é forte

  • O auge do meu desejo frenético por alimento em conserva veio em um momento em que todas as latas haviam sido compradas nos mercados. Para saciar minha vontade, meu sogro ia nas festas que havia sido convidado e pegava escondido os picles marinados ou em conserva. E eu os comia com doces© Renée Sukis / Facebook

“A moça da pizza me deu uma pizza ’bebê’ após eu ter falado que estava grávida. Como agradecimento, fiz uma versão mini em lã, e ela adorou!”

“Ela também compartilhou comigo conselhos maternais muito valiosos, já que perdi minha mãe”

“Quando sua esposa grávida descobre que finalmente pode comer ostras”

Gravidez pode desencadear um desejo irresistível por conhecimento

  • No quinto mês de gestação, decidi que precisava urgentemente aprender a cortar cabelo. Pratiquei até começar a empurrar os clientes com meu barrigão. A propósito, tenho 1,54 m de altura. Quando não pude continuar minhas aulas, porque minha barriga já estava imensa, fiquei muito chateada. © Alina CashYou / Facebook

“Fiz este misto quente especial para minha esposa grávida”

“Na receita vai: ovo, bacon, cebola caramelizada, fatias de maçã, queijo cheddar, pão de uma padaria próxima e muito amor

As mulheres grávidas têm seus próprios deleites

  • Durante a gravidez, eu gostava de comer aqueles queijos processados baratinhos, que ninguém compra. Costumava comprá-los e comê-los enquanto voltava para casa a pé. Agora me pergunto, por que simplesmente não comprava um monte deles de uma só vez? Mas não, meu prazer estava no hábito de ir ao mercado todos os dias para comprá-los! © Olena Enich / Facebook

“Quando sua esposa, grávida de 41 semanas, pedir para que você faça um banquinho para vaso sanitário, basta fazer isto”

“Estava faminta e resolvi pedir comida. De brincadeira, em vez do meu nome, escrevi ’graviduxa’ no pedido, já que estou de 24 semanas. E meu sanduíche veio com esta mensagem fofa”

“Parabéns, graviduxa”

Gravidez às vezes desperta amor por materiais de construção

“Minha esposa está grávida. Ela tem desejos por vinagre, chips com ketchup e isto”

“Estou grávida de gêmeos, com 29 semanas, e tive um dia difícil. Meu gatinho pulou em cima da mesa, e colocou a pata e o focinho na minha barriga”

“Ele ficou assim um tempão ouvindo os bebês chutando”

Quando o desejo de uma grávida é inconsciente

  • Estava no mercado com meu marido, quando avistei um salgadinho com sabor de peixe. Peguei duas embalagens. Comecei a perceber que as pessoas olhavam para mim e riam. A mulher do caixa gargalhava. Então meu marido perguntou onde foram parar os salgadinhos, e nesse momento entendi o motivo de todos ao nosso redor estarem achando graça. Com a boca toda suja de salgadinhos, entreguei as duas embalagens vazias a ele. © Irina Mouzi / Facebook

“Sou uma ameaça à sociedade. Meu cérebro de grávida disse ao meu marido para comprar um burrito sem tortilha”

Quando alguém te perguntar o que pode acontecer em uma gravidez, lembre-se: “Minha esposa grávida me trocou por isto”

Alguns maridos estão dispostos a tudo por suas esposas grávidas

  • Na gravidez, eu sentia muito calor e falta de ar. Uma vez abri a janela, em pleno inverno rigoroso, e dormi contente. Enquanto isso meu marido tremia de frio sob dois cobertores. © Irina Vyshegorodtseva / Facebook

A gestação pode proporcionar muitas histórias boas e engraçadas, no entanto, exige também grande cuidado, incluindo uma lista do que podemos e não podemos comer.

Imagem de capa Irina Mouzi / Facebook

Comentários

Receber notificações

Artigos relacionados