12 Coisas que eram comuns durante a infância e hoje não fazem mais sentido

Crianças
há 11 meses

Já dizia Toquinho, “É bom ser criança, ter de todos atenção. Da mamãe, carinho. Do papai, a proteção. É tão bom se divertir e não ter que trabalhar. Só comer, crescer, dormir, brincar”. Mas, o tempo passa, crescemos e deixamos de lado o modo infantil, passamos a ter responsabilidades, pagamos boletos, e assim, vivemos.

Já imaginou como seria se os adultos continuassem a agir como crianças? Pensando nisso, o Incrível.club resolveu recriar algumas situações comuns na infância, mas que hoje em dia seriam verdadeiros pesadelos. Venha conferir!

1. Chorar em qualquer lugar quando tiver vontade

Qual criança nunca esperneou por querer algum brinquedo ou ir a algum lugar naquela exata hora, mas acabou ouvindo de sua mãe a inesquecível frase: “Na volta a gente compra”, e isso jamais aconteceu? Seria bem inusitado ver um adulto chorando no chão por querer alguma coisa.

2. Dormir em qualquer lugar

Ser criança significa poder dormir onde e quando quiser, afinal ninguém irá se incomodar, pelo contrário, acharão a coisa mais fofa do mundo ver aquele serzinho dormindo sem nenhuma preocupação. Mas, imagina se um adulto pegar no sono em qualquer lugar e horário, principalmente quando deveria estar acordado?

3. Falar tudo o que pensa

Apesar de soar constrangedor quando alguma criança diz na cara que algo em você não está legal, os adultos ainda relevam, afinal “é só uma criança, não é?!” — e acabam culpando os pais pela criação dos pequenos. Porém, quando é um adulto que fala na lata tudo o que vem à mente, a situação fica ainda mais incômoda, não é mesmo?

4. Se sujar inteiro

Fazer bagunça e se lambuzar todo só é permitido aos mais novinhos. Fora isso, nada de se sujar ao comer, nem limpar as mãos sujas na sua roupa. É provável que você receba olhares tortos se isso acontecer.

5. Falar sozinho em público

Se você já viu alguma criança falando sozinha, é provável que tenha pensado “está conversando com algum amiguinho imaginário”, não é mesmo? Porém, ver um adulto falando sem ter ninguém por perto pode ser um pouco assustador para quem está assistindo a essa situação.

6. Anunciar quando quer ir ao banheiro

É comum que adultos levem menores ao banheiro e os ajudem, por isso as crianças avisam quando estão apertadas e isso pode acontecer em qualquer lugar. Mas, depois de grandinhas, não é mais tão necessário avisar ou pedir permissão para usar o banheiro.

7. Gritar por qualquer coisa

A forma mais rápida e “eficiente” para uma criança ganhar a atenção de um adulto normalmente é na base do grito. Elas gritam e gritam e quando finalmente conseguem ser ouvidas, nem sempre têm assunto para falar. Entretanto, se uma pessoa um pouco mais velha faz isso, é muito provável que receba uma advertência.

8. Comer o que quiser sem sentir culpa

Comer sem culpa é o sonho de muitas pessoas, afinal parece que depois que crescemos até o ar que respiramos nos faz engordar. Saborear uma batatinha frita já nos deixa inchados. Mas para as crianças é tranquilo, afinal, quem se importa que a nossa comida favorita vai parar direto no culote?!

9. Fazer careta para as pessoas

Outra coisa bem comum na infância é fazer caretas, seja por brincadeira ou para demostrar um sentimento, algumas crianças simplesmente gostam de se expressar dessa forma. Mas já imaginou continuar com esses gestos depois de adulto? Imagina que você não está contente com o seu chefe, e, quando menos espera, já está fazendo careta para ele. Por mais que tenhamos vontade algumas vezes, é mais recomendável se controlar.

10. Sair correndo para pular na poça d’água

Por que as crianças não podem ver uma poça d’água que já saem correndo para pular e fazer aquela bagunça? Deve ser divertido demais ver a água ou ainda lama se espalhar para tudo quanto é canto. Mas seria bem esquisito e até mesmo engraçado ver um adulto brincando numa poça. Será que vale a pena sujar a roupa toda por isso?

11. Usar da fofura para fugir das broncas

Método infalível para fugir das broncas: usar toda a fofura possível — afinal quem resiste a um serzinho tão pequeninho e meigo? Mas vale ressaltar: essa técnica só funciona com crianças. Então nada de gastar a sua fofurice para se safar das repreensões.

12. Usar todas as maquiagens possíveis ao mesmo tempo

Quem nunca pegou toda a maquiagem da mãe e passou no rosto como se não houvesse amanhã? Um batom que vai parar de uma orelha a outra, parecido com o Coringa, uma sombra toda borrada e a criança toda feliz, afinal ouviu algum parente dizendo que estava linda. O tempo passa e vamos aprendendo a nos maquiar, mas e se isso não acontecer e acabarmos usando a mesma técnica da infância? Nesse caso, é melhor sair de cara lavada.

O que você gostaria de fazer, mas não pode porque não é mais uma criança? Conte a sua história para a gente na seção de comentários!

Comentários

Receber notificações

Artigos relacionados