Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Nova lei obriga alunos das Filipinas a plantar pelo menos 10 árvores para poderem se formar

Para lutar contra um dos grandes problemas das Filipinas, o desmatamento ilegal, as autoridades aprovaram uma nova lei que obriga estudantes a plantar pelo menos 10 árvores antes de sua formatura. Essa decisão pode contribuir para que mais de 500 milhões de árvores formem parte da paisagem do país no futuro. A medida é também uma força extra contra os problemas do aquecimento global que o nosso planeta vem enfrentando.

O Incrível.club admira muito as iniciativas que têm como principal objetivo transformar a Terra em um lugar melhor para viver. Hoje, queremos que você conheça um pouco mais sobre a iniciativa das Filipinas.

O grande problema do desmatamento

Há algumas décadas o desmatamento vem sendo um dos maiores problemas nas Filipinas. Embora o Estado tome algumas medidas para lutar contra esse problema, a situação continua em perigo. O mais grave é a taxa de desmatamento, que já não é um tema de consciência, mas um delito ambiental.

Algumas consequências do desmatamento são:

  • Falta de proteção em inundações e deslizamentos de terra provocados por ventos;
  • Aumento da erosão do solo, que também afeta a agricultura;
  • Problemas ambientais que afetam o ecossistema e que levaram muitas espécies ao risco de extinção;
  • Contaminação da água como consequência do excesso de limo resultante do desmatamento.

O projeto

Entretanto, existem boas notícias que nos fazem acreditar que nem tudo está perdido. A cabeça por trás da nova lei é Gary Alejano, do Partido Magdalo. Segundo a lei, os estudantes devem plantar pelo menos 10 árvores para poderem se formar. A notícia ficou muito famosa em todo o mundo e foi aplaudida por ambientalistas. Eles acham que esse exemplo deveria ser implementado em outros países que passam pelos mesmos problemas.

Gary Alejano afirma que, mesmo com a taxa de 10% de sobrevivência, graças ao projeto “525 milhões de árvores estarão disponíveis para os jovens no futuro”. É possível dizer que a ideia não apenas contribui para reduzir o desmatamento, mas ajuda a criar uma mentalidade ecológica necessária para enfrentar os desafios atuais do nosso planeta.

A implementação

A lei inclui estudantes de 3 níveis: primeiro grau, segundo grau e universitário. Foi determinado que cada grupo deve cuidar de uma espécie específica, para assegurar a diversidade no futuro.

Os lugares destinados a receber as árvores são florestas e bosques abandonados após a exploração da indústria da mineração. Além disso, cada espécie funciona em uma determinada área, sempre de acordo com estudos e análises científicas.

A esperança

Embora a medida seja recente, os possíveis resultados já despertam um grande entusiasmo. Se o projeto mostrar sucesso, muito provavelmente se transformará em um exemplo não apenas para países que também sofrem com o desmatamento ilegal, mas para todo o mundo, já que as novas árvores irão impactar positivamente na luta de todos contra o aquecimento global.

O projeto é, portanto, uma boa notícia e um grande avanço que permitirá que as pessoas entendam a importância de cuidar da natureza para garantir o futuro da humanidade.

Qual é a sua opinião sobre essa lei? Você gostaria que o mesmo fosse feito na sua cidade? E o que você já faz para cuidar do nosso planeta? Por favor, compartilhe a sua opinião nos comentários.